9 de julho de 2020

FUTURO DA CAPITAL

Roberto Cláudio afirma que o candidato deve ser comprometido com Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio destacou durante a Live IN Connection realizada com o empresário e jornalista Pompeu Vasconcelos, nesta quinta-feira (9), que a tradição das eleições em Fortaleza tem muitos candidatos no primeiro turno e que isso é importante para o debate democrático.

Roberto Cláudio tem boas expectativas com as Eleições 2020      Foto: Portal IN News

“Vamos ouvir os pré-candidatos do PDT, analisar suas propostas, mas o fundamental é sairmos com um candidato comprometido com a nossa cidade, com as propostas mais bem avaliadas, assumir um compromisso com a população de Fortaleza de que não haverá risco de retrocessos naquilo que é bom e naquilo que precisa ser feito. E também sinalizar com novas ideias para problemas que ainda persistem na cidade”, disse.

Ele destacou que a pandemia do novo coronavírus gerou uma série de reprogramação de prioridades, orçamentos, ações, mexendo completamente com a rotina administrativa da capital cearense, trazendo um foco diferente do que seria o fechamento da gestão.

E no fim do ano passado foi fechado um pacote de investimentos que chega a R$ 2 bilhões, o Mais Ação, impondo uma rotina administrativa de muito zelo, monitoramento, preocupação com prazos, desembolsos, orçamento e prazos desses compromissos.

“E para completar, no meio de tudo isso ainda tem uma eleição, que até a semana passada ninguém sabia nem a data dela. Para demonstrar esse furacão de sentimentos que tem acontecido de uma vez só, não só aqui em Fortaleza, e com a responsabilidade de entregar para o futuro uma cidade mais organizada, mais estruturada, com projetos, fiscalmente muito mais sólida do que aquela que recebemos”, salientou.

Lembrou da nova Avenida Beira Mar, que deverá ser entregue em outubro, com muitas novidades na mobilidade urbana, com piso intertravado, bolsões de estacionamento, quiosques padronizados, banheiros público. E o Polo Gastronômico da Varjota que terá calçadas largas, iluminação diferenciada, bem como o calçadão da Avenida Desembargador Moreira, ligando a Praça Portugal à Avenida Beira Mar.

“Serão espaços públicos para as pessoas utilizarem, movimentando os corredores comerciais, seguindo modelos internacionais de mobilidade urbana. Também estamos fazendo a maior obra de saneamento da história de Fortaleza, pois envolve água, esgotamento sanitário, macro e microdrenagem em diversas áreas da cidade”, disse.

Lembrou que se o turismo fosse uma indústria, o nosso maior parque industrial seria a orla da capital cearense. É onde muitas pessoas conseguem tirar o seu sustento no dia a dia. E que o programa Mais Ação Fortaleza tem a capacidade de gerar 10 mil empregos, pois as obras estão sendo realizadas em todas as áreas da capital cearense gerando inúmeras oportunidades.

Roberto Cláudio conversou abertamente com Pompeu Vasconcelos

Sobre a parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará, explicou a Pompeu Vasconcelos que tem sido fundamental para que o sucesso da gestão municipal. E, antes, havia um discurso de que as duas gestões deveriam ser de partidos opostos.

“Isso não é verdade. Aqui a gente vivenciado uma outra realidade, de planejar juntos. Às vezes há diferenças, mas quando a gente planeja junto, somamos recursos e esforços e a cidade sai ganhando. Nessa pandemia, se eu, o Camilo e nossas equipes não tivéssemos sentado juntos e adotado as medidas que tomamos, não teríamos o menor índice de óbitos, mesmo com a reabertura”, explicou.

Lamentou o fato de não ter sido possível liberar o funcionamento de barracas de praia, além de bares e restaurantes no período noturno, na Capital. “Infelizmente, tudo que a gente não tem nessa pandemia é a previsibilidade. Dependemos dos dados da saúde e teremos uma reunião amanhã para saber se poderá ser retomado o funcionamento destes estabelecimentos”, salientou.

Feiras de rua, inclusive a de artesanato da Beira Mar, estão inseridas na Fase 4 do plano de retomada econômica. “Mas deveremos retomar com algumas novas infraestruturas, como banheiros químicos, segurança, se tudo andar bem, em agosto”, informou.

Com relação à abertura das escolas, ressaltou que está havendo um estudo de diversos protocolos. “A Prefeitura e o Governo estão analisando com todo rigor os dados sanitários, para que possamos retomar com total segurança”.

Roberto Cláudio destacou que o investimento na educação deve ser o ponto mais marcante de sua administração, que apresentará resultados positivos num futuro muito próximo para a capital cearense. E que um dos maiores desafios de Fortaleza é reduzir as desigualdades.

Assista à Live IN Connection:

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection