COMBATE À PANDEMIA

Prefeitura de Fortaleza promove a ampliação da capacidade de atendimento em toda a rede municipal de saúde

Por Marcelo - Em 24 de fevereiro de 2021

A Prefeitura de Fortaleza tem ampliado a capacidade assistencial das unidades de saúde do município para o tratamento de pacientes com Covid-19. E com o aumento do número de casos e de internações pelo novo coronavírus, novos leitos de enfermaria e de terapia intensiva vêm sendo gradualmente implantados.

Nesta terça-feira (24), o prefeito José Sarto visitou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jangurussu e acompanhou a logística em implantação. Desde o início da manhã, 30 leitos de observação, implantados em estrutura anexa, estão operando na Unidade para otimizar o atendimento diante de casos moderados da doença.

Sarto acompanha a ampliação da rede municipal de saúde                               Foto: Divulgação

Segundo ele, até a próxima sexta-feira, dez outros leitos adicionais irão fortalecer a assistência oferecida pelo equipamento, totalizando 40 vagas específicas para pacientes contaminados. “A ampliação de leitos é muito importante neste momento em que a pandemia toma um caráter quase exponencial. Acompanhamos os dados diariamente e, nos últimos dois dias, houve um crescimento ainda maior”, alertou.

Ao todo, as UPAs municipais deverão abrigar, ao longo dos próximos dias, 170 leitos de observação específicos para quadros sugestivos e confirmados. O aprimoramento da capacidade de resposta do município inclui, ainda, a ampliação da assistência hospitalar.

“Ontem, atingimos 88 leitos de internação para enfermaria Covid no Hospital da Mulher. No último sábado, visitamos o Frotinha de Messejana, onde iremos entregar, até a próxima segunda-feira, 62 novos leitos da enfermaria. Já o IJF vem operando, desde a última segunda-feira, com dez novos leitos de UTI, perfazendo 50 leitos Covid”, detalhou Sarto, antecipando que, em uma semana outro dez novos leitos irão fortalecer a estrutura garantida pelo IJF.

Até o momento, mais de 115 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 em Fortaleza. No entanto, de acordo com o prefeito, a imunidade coletiva será alcançada, apenas, mediante a vacinação de 60 a 70% da população. Diante dos indicadores vigentes, o atual quadro pandêmico requer responsabilidades compartilhadas.

“Enquanto a vacina não chega para todos, é essencial o cumprimento das medidas previstas nos decretos da Prefeitura e do Governo do Estado. A população precisa seguir evitando aglomerações, usando máscara, higienizando adequadamente as mãos e cumprindo o isolamento o quanto possível”, solicitou José Sarto.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection