26 de janeiro de 2021

INFRAESTRUTURA ORGANIZADA

Prefeitura de Aracati acelera a vacinação após a chegada de novas doses à cidade

Após a chegada do novo lote de vacinas contra a Covid-19 ao município de Aracati, no fim da tarde desta segunda-feira (25), sendo parte da CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac e, também, da Covishield, da Universidade de Oxford e do laboratório AstraZeneca, que no Brasil será produzida pela Fundação Oswaldo Cruz, a Prefeitura da cidade se prepara para mais uma etapa da imunização.

Prefeitura de Aracati já iniciou a vacinação de pessoas idosas                       Foto: Divulgação

Ao todo, são 233 unidades destinadas para os profissionais de saúde e mais 480 vacinas para a população idosa acima de 75 anos e idosos acima de 60 anos que vivem em abrigos e casas de repouso. E a Prefeitura de Aracati já preparou toda uma estrutura de logística para que os grupos desta segunda etapa de vacinação sejam imunizados o mais rápido possível.

Toda a distribuição das vacinas ficará a cargo do Hospital Municipal Eduardo Dias (HMED), sob orientação técnica da Secretaria de Saúde municipal, seguindo os mais rigorosos protocolos de conservação e manuseio. Além disso, o prefeito Bismarck Maia garantiu estoques próprios de seringas e EPIs para profissionais de saúde suficientes para que, tão logo novas doses da vacina cheguem, toda a população seja imunizada.

Ter uma infraestrutura organizada previamente para a vacinação certamente foi decisivo para que a cidade recebesse a vacina já neste primeiro lote. “Receber um segundo lote de vacinas uma semana depois de iniciarmos a vacinação em Aracati é prova do reconhecimento de que a cidade tem demonstrado organização e proatividade no combate à pandemia de Covid-19”, destacou Bismarck Maia.

O calendário com as datas de imunização da população em geral será distribuído em breve, de acordo com o cronograma que está sendo implementado pelo Governo do Ceará, com base na chegada de novos carregamentos de vacinas, enviadas pelo Ministério da Saúde.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection