5 de agosto de 2020

PESQUISA DE SOROPREVALÊNCIA

Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza afirmam que circulação do coronavírus na Capital está baixa

O Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza divulgaram nesta quarta-feira (5) o resultado da segunda fase da pesquisa de soroprevalência epidemiológica que detalha o real quadro de infecção pelo coronavírus na capital cearense, revelando que 13,1% das pessoas tiveram resultado positivo para a Covid-19 nos testes rápidos.

Camilo disse que Ceará já testou quase meio milhão de pessoas              Foto: Divulgação

De acordo com o governador Camilo Santana, foram coletadas mais 3.300 amostras em 117 bairros. No total, até o momento o ‘Inquérito Sorológico’ realizou 6.600 testes em Fortaleza, que estabelecem o percentual de pessoas que foram ou estão contaminadas pelo vírus.

Já o RT-PCR revelou que 1,1% é positivo. “Além da pesquisa de soroprevalência, avaliamos a situação viral no município com o teste de RT-PCR. A informação da circulação viral associada com os dados epidemiológicos e assistenciais apontam que o município de Fortaleza está ainda em epidemia, mas com baixa circulação viral”, afirmou a secretária de Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

O trabalho de testagem vai continuar sendo realizado, não na Capital, mas em cidades do interior. “Os resultados são muito importantes para as estratégias e tomadas de decisão no enfrentamento à pandemia. O Ceará é um dos estados que mais testam no Brasil, com 486.696 exames realizados até o momento”, destacou Camilo Santana.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection