NÚMEROS DE 1º DE JULHO

Estimativa do IBGE revela que população brasileira é de 213,3 milhões de pessoas

Por Marcelo - Em 27 de agosto de 2021

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou nesta sexta-feira (27) as Estimativas da População dos Municípios do Brasil, que em 1º de julho último chegou a 213,3 milhões de pessoas. O município de São Paulo continua sendo o mais populoso, com 12,4 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,8 milhões), Brasília (3,1 milhões) e Salvador (2,9 milhões).

São Paulo é o município mais populoso do País,  12,4 milhões de pessoas        Foto: Divulgação

Os 17 municípios do país com população superior a um milhão de habitantes concentram 21,9% da população brasileira, ou 46,7 milhões de pessoas. Mais da metade da população brasileira (57,7% ou 123 milhões de habitantes) está concentrada em apenas 5,8% dos municípios (326 com mais de 100 mil).

Segundo o IBGE, apenas 49 municípios do país com mais de 500 mil habitantes concentram cerca de um terço da população brasileira (31,9% ou 68 milhões de habitantes). Já 3.770 municípios (67,7%) que possuem menos de 20 mil habitantes, concentram 31,6 milhões de habitantes, o que corresponde a apenas 14,8% da população.

São Paulo segue como o estado mais populoso, com 46,6 milhões de habitantes, concentrando 21,9% da população do Brasil, seguido de Minas Gerais (21,4 milhões) e do Rio de Janeiro (17,5 milhões). E só três estados têm menos de um milhão de habitantes: Acre (906,9 mil), Amapá (877,6 mil) e Roraima (652,7 mil).

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPE e FPM), e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos.

Os efeitos da pandemia da Covid-19 no efetivo populacional não foram incorporados nesta projeção, devido à ausência de novos dados de migração, além da necessidade de consolidação dos dados de mortalidade e fecundidade, fundamentais para se compreender a dinâmica demográfica como um todo.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection