ABERTAS 13.420 NOVAS VAGAS

Ceará lidera a geração de postos de trabalho celetista, em julho, no Nordeste

Por Marcelo - Em 26 de agosto de 2021

O Ceará foi o destaque da Região Nordeste, liderando a geração de postos de trabalho com carteira assinada, em julho, com a abertura de 13.420 novas vagas, confirmando a retomada da economia cearense. Em segundo lugar ficou a Bahia (11.373) e Pernambuco (8.931), segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados nesta quinta-feira (26).

Setor de serviços foi o que mais abriu postos de trabalho no mês passado        Foto: Divulgação                    

“Os números são excelentes para o Estado, uma vez que foi o primeiro do Nordeste na geração de empregos. Em julho, a faixa etária que mais contratou foi a de 18 a 24 anos e o grau de instrução foi de ensino médio completo. Em todo o ano de 2021, o destaque foi o setor de serviços que obteve um saldo positivo de mais de 23 mil empregos, seguido do comércio e da indústria”, disse o secretário-executivo do Trabalho e Empreendedorismo da Sedet, Kennedy Vasconcelos.

Segundo o Caged, no mês em análise o resultado decorreu de 43.072 admissões e 29.652 desligamentos e o nível do emprego formal subiu 1,11%, atingindo o total 1.219.234 trabalhadores com carteira assinada. Neste contexto, os números foram puxados principalmente pelos setores de serviços (5.040), comércio (3.190) e indústria (3.037), embora todos os setores tenham registrado saldos positivos.

No acumulado de 2021, o Ceará apresenta 46.129 empregos celetistas gerados, bem diferente do que foi registrado no mesmo período do ano passado (extinção de 42.323 empregos com carteira assinada). Já em termos territoriais, a geração de empregos continua concentrada em Fortaleza (6.034 empregos ou 45,0% do total), seguida de Juazeiro do Norte (1.060 ou 17,9%), Eusébio (737 ou 5,5%), Caucaia (548 ou 4,1%) e Sobral (534 ou 4,0%).

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection