13 de março de 2020

PRÉ-CANDIDATO

Carlos Matos quer geração de trabalho e a valorização da iniciativa privada

Carlos Matos quer novas políticas para Fortaleza                            Foto: Portal IN News

O pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSDB, Carlos Matos, trabalha há muitos anos no setor empresarial, tendo presidido a AJE Fortaleza e também o Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), da FIEC, onde realizou uma aproximação entre a indústria e a Academia. Ele foi o primeiro entrevistado do ciclo de debates do In Connection, conduzido por Pompeu Vasconcelos e que contou com a participação do jornalista Guto Benevides (veja o vídeo ao final desta matéria).

Carlos acredita que o motor de uma sociedade é a geração de trabalho e é preciso valorizar a iniciativa privada, pois o desenvolvimento ocorre de uma combinação de esforços entre o poder público e o setor empresarial. “Tive a felicidade de atuar nos dois vetores, como ainda hoje continuo com a Trainer DG, na formação de líderes, realização de eventos e inovação – desenvolvimento e gestão as empresas. Algo que me anima muito, pois vejo que o futuro de uma sociedade depende da capacidade de formação de novos empreendedores”, disse. Ele atua, ainda, na área de energias renováveis (solar) e no setor imobiliário.

“É um setor importantíssimo, pois 25% dos empregos da indústria são gerados pela construção civil. E Fortaleza tem uma capacidade empresarial muito forte, construtoras renomadas, que vêm puxando e qualificando a cidade. Temos uma liderança classista, a partir do Sinduscon-CE, que tem o Patriolino Dias à sua frente, uma liderança jovem, talentosa e acho que o Sinduscon-CE tem demonstrado uma capacidade de identificar líderes que têm feito um trabalho exemplar, referência para o País”, destacou.

Carlos Matos disse que o poder público precisa destravar e acelerar os processos que criem uma boa ambiência de negócios, como o que a Prefeitura de Fortaleza fez na Seuma, com relação à liberação de licenças e alvarás de forma online.

“O trabalho feito na Seuma, pela secretária Águeda Muniz, foi extraordinário, é referência no País e precisa ser levado para outras áreas. Precisamos entrar com plataformas digitais na educação, que possam fazer reforço escolar, potencializar a educação. Na área de saúde temos a telemedicina, com uma possibilidade de redução de custos tremenda. A simplificação para criar ou mudar uma empresa. E a necessidade de haver uma portabilidade de profissões”, lembrou.

Caa5abe8 A508 4dd4 8c27 A5571942b7e5

Carlos Matos

Sobre o Hub Tecnológico que o Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza estão implantando aqui, aproveitando a infraestrutura de cabos submarinos de fibra óptica que chegam à capital cearense, conectando-a com a África, a Europa e os Estados Unidos, afirma que pode gerar grandes oportunidades.

“Temos de pegar esses vetores de tendências internacionais, conectar Fortaleza com grandes centros de comércio e serviços no mundo. E tirar a expectativa que muitas vezes se alimenta de serviço público, estabilidade e salários, pois os estados não vão mais contratar. É preciso apostar no empreendedorismo e aumentar o salário médio do trabalhador”.

Pompeu Vasconcelos, Carlos Matos e Guto Benevides após a entrevista

Ressaltou que Fortaleza tem o sexto maior parque de universidades do País, com a UFC, a UECE, o IFCE, que na sua opinião está brilhante, com o reitor Virgílio Araripe fazendo uma revolução ali, caminhando para 60 mil alunos, tendo saído de 10 mil.

“Temos universidades privadas excelentes. Somos referência na qualificação de jovens para o ITA e outras instituições importantes, mas tudo isso precisa ser mais socializado, chegar à base. Pretendemos criar o Mentor do Trabalho, para conectar as empresas e as instituições de ensino para atender às demandas do trabalho, em especial por meio de startups, pela inovação”.

Aproveitando o potencial turístico da capital cearense e o Hub Aéreo aqui instalado, o pré-candidato destacou que é preciso fazer com que os turistas permaneçam na cidade, e não apenas seja um ponto de conexão.

“Cleveland é uma cidade que se credenciou com serviços de saúde de altíssima qualidade com um peço bom. Temos de estimular esse turismo da saúde, pois aqui existem grandes profissionais. Podemos potencializar o polo de educação e o ecossistema de inovação já existentes”.

O turismo de negócios e o familiar, na sua opinião, são muito qualificados e agregam valor à cadeia, por isso é preciso potencializar o de eventos, pois há uma infraestrutura boa na cidade com hotéis, restaurantes e o Centro de Eventos do Ceará.

Para desenvolver ainda mais o turismo na cidade ele acredita que preciso garantir cinco pilares estruturais: a segurança pública, pois sem ela não se consolida o turismo e o desenvolvimento da cidade. O segundo é a família, que tem sido degradada e é preciso ser preservada, pois é a célula vital de uma comunidade saudável.

Carlos Matos crê ser preciso garantir cinco pilares estruturais para desenvolver o turismo

“O terceiro pilar é a saúde e o quarto é a educação, que são relevantes para o desenvolvimento da qualquer sociedade. O último é o trabalho, o mais importante de todos. Porque sem ele desestrutura a família, a segurança, a saúde e a educação, pois tem um patamar que a própria pessoa vai investir nela. Paralelamente, devemos facilitar o acesso ao crédito, para as pessoas desenvolverem seus negócios”, afirmou.

E revelou estar pensando em criar o IPTU Verde e o IPTU Inteligente. “O primeiro tem uma pegada ambiental, para premiar o fortalezense que der uma contribuição para melhoria do meio ambiente na cidade, construindo-se critérios e na medida que ele for atendendo ao mesmo, terá uma redução no IPTU. Já o segundo seria dado entre as politicas que forem definidas, como a questão das calçadas. Aqueles que se adequarem com relação a isso serão premiados, ao invés de serem multados. Quer dizer, se eles mantiverem as calçadas corretamente, seus terrenos limpos e cercados, o IPTU pode receber um rebate de até 50%”, completou Carlos Matos.

Veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6O9Z27DmKw8

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection