30 de junho de 2020

NEM FOI EMPOSSADO

Carlos Alberto Decotelli pede exoneração da titularidade do Ministério da Educação

Carlos Decotelli pediu para sair do cargo no MEC                            Foto: Divulgação

O ministro da Educação Carlos Alberto Decotelli pediu a sua exoneração do MEC nesta terça-feira (30), cargo para o qual foi anunciado na quinta-feira passada pelo presidente Jair Bolsonaro, mas para o qual sequer chegou a ser oficialmente empossado.

Uma série de denúncias de que os títulos que ele teria apresentado – principalmente de doutorado e pós-doutorado, que teria sido realizados na Argentina e Alemanha, respetivamente – mas desmentidos pelas universidades em questão, além de uma denúncia de plágio na dissertação de mestrado na FGV, teriam sido os motivos do pedido.

Tantas inconsistências no currículo do oficial da reserva da Marinha do Brasil, levaram Decotelli a solicitar sua exoneração do posto mais alto do MEC. O presidente Bolsonaro ainda não se pronunciou oficialmente sobre o pedido, mas o anúncio da saída deve ocorrer ainda hoje.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection