INVESTIMENTO DE R$ 500 MILHÕES

Camilo Santana assina contrato para a construção da usina de dessalinização

Por Marcelo - Em 20 de julho de 2021

No dia em que a Cagece completou os seus 50 anos de criação, o governador Camilo Santana assinou nesta terça-feira (20), o contrato da construção da Usina de Dessalinização do Ceará, que terá capacidade para produzir um metro cúbico de água por segundo, a partir da captação no Oceano Atlântico.

O equipamento será instalado na Praia do Futuro e visa garantir a segurança hídrica da capital cearense e sua Região Metropolitana, com um aumento de 12% na oferta deste produto vital para a população, beneficiando a cerca de 720 mil pessoas em Fortaleza e municípios vizinhos. E a capacidade da usina pode até ser duplicada.

Contrato da usina de dessalinização foi assinado no Palácio da Abolição         Foto: Divulgação

“O Ceará tem sofrido ao longo do tempo muito com seca. Fortaleza não produz água, toda água que a abastece vem de fora, inclusive lá do Castanhão. A gente vem sofrendo muito com a dificuldade de recargas dos nossos reservatórios no Ceará e temos buscado alternativas para suprir essa deficiência, como reuso de água, perfuração de poços, adutoras, Cinturão das Águas, Transposição do São Francisco”, disse.

Acompanhado do secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque, e do presidente da Cagece, Neuri Freitas, o chefe do Executivo estadual explicou o processo realizado e salientou a importância desse projeto para garantir o fornecimento de água potável para a população.

Uma área com 2,4 hectares já foi adquirida na Praia do Futuro, para a instalação da usina de dessalinização, cuja água depois de tratada será levada para os reservatórios no Morro Santa Terezinha e na Praça da Imprensa, de onde será distribuída aos consumidores de diversos bairros da Capital. Trata-se de um investimento de R$ 500 milhões, que vai gerar centenas de postos de trabalho.

O Consórcio Águas de Fortaleza, liderado pela Marquise Infraestrutura – com a participação da PB Construções Ltda e a Abegoa Água S/A -, será o construtor e operador da maior usina de dessalinização de água do mar do Brasil e da América do Sul. E vai garantir o fornecimento constante de água potável para a população de toda a RMF.

O titular da SCidades destacou a importância desse equipamento, para garantir o abastecimento de água não só na Capital, mas em todo o Ceará. “Pois dessa forma vai sobrar água para o agricultor do Celeiro de Russas, em Morada Nova, muita gente vai usar na agricultura, dando mais empregos”, ressaltou Zezinho Albuquerque.

Esboço do projeto da usina dessalinizadora de água marinha de Fortaleza

Já o presidente da Cagece fez um resumo do projeto, iniciado em 2015, que garantirá o fornecimento de água tratada para o consumo humano, que é inédito no continente sulamericano, tendo em vista a sua capacidade de produção diária.

Durante o anúncio da usina de dessalinização, ele informou que com os investimentos de R$ 1,8 bilhão da Cagece deve ser garantido o saneamento básico para 75% da população de Fortaleza e, com as PPPs que estão sendo realizadas, serão 100%. “Dentro dos investimentos que estão em andamento, alguns em licitação, temos mais de R$ 600 milhões só para Fortaleza, além de outros municípios. E até 2025 serão R$ 3,4 bilhões”, salientou Neuri Freitas.

O presidente do Consórcio Águas de Fortaleza, Renan Carvalho, e o representante Marcos Borges, também participaram da assinatura do contrato, autorizando a elaboração do projeto, construção, operação e manutenção da planta de dessalinização de água marinha na capital cearense.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection