30 de abril de 2021

COMPROMISSO CUMPRIDO

Camilo sanciona lei que reestrutura os salários dos professores da rede estadual

O governador Camilo Santana sancionou, na manhã desta sexta-feira (30), a lei que reestrutura o sistema remuneratório dos professores da Rede Estadual do Ceará, honrando um compromisso firmado anteriormente, que vai auxiliar também num aumento da qualidade do ensino fornecido aos estudantes cearenses. Trata-se de um reajuste de 12,84% nos salários destes profissionais, que garantirá no início da carreira um ganho de 17% e ao final da carreira de 24%, fundamentado na luta pelo Fundeb.

Izolda Cela, Camilo Santana, Eliana Estrela e Anízio Melo                                  Foto: Divulgação

A lei já foi aprovada pela Assembleia Legislativa, permitindo uma melhoria não só salarial, mas a valorização dos professores cearenses. “A educação é o que liberta e gera oportunidades para as pessoas. A lei também vai universalizar o benefício de alimentação para todos os professores da rede estadual do ensino médio, por meio da quebra do teto”, explicou.

Também participaram do anúncio dessas medidas a vice-governadora Izolda Cela, a secretária de Educação, Eliana Estrela, e o presidente da Apeoc, Anízio Melo. E Camilo destacou que tem trabalhado para inserir os professores nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19, para garantir o retorno seguro das aulas presenciais.

“Nosso estado tem hoje a melhor carreira do magistério do País. Essa é mais uma ação do Governo do Ceará para a valorização dos nossos profissionais da educação. E temos feito um grande esforço para garantir o acesso aos alunos da nossa rede ao ensino remoto, por causa da pandemia”, explicou o chefe do Executivo cearense.

Águas do São Francisco

Camilo assinou um pré-acordo para garantir a sustentabilidade do PISF

Ainda na noite de ontem, Camilo participou de uma extensa reunião online, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que estava em Brasília, com o objetivo de discutir diversos assuntos relacionados à obra de transposição das águas do Rio São Francisco.

“Também participaram do encontro virtual os governadores dos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco, que foram igualmente beneficiados pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco”, salientou. O PISF vai garantir a segurança hídrica em estados que têm grande parte de seus territórios inserida no semiárido.

“Na ocasião, assinamos um pré-acordo que garantirá a sustentabilidade do projeto e a conclusão de todas as obras complementares do PISF, como os ramais do Salgado (CE) e do Apodi (RN), entre outras. A Integração do São Francisco é uma obra sonhada há muitas décadas”, completou Camilo Santana.

Camilo

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection