10 de junho de 2020

PANDEMIA

Camilo diz que aglomerações colocam em risco o plano de retomada econômica

O governador Camilo Santana lembrou, na noite desta terça-feira (9) em suas redes sociais, que o Ceará continua em isolamento social e, portanto, é proibido às pessoas saírem às ruas como se tudo tivesse voltado à normalidade. E que apenas Fortaleza ingressou na Fase 1 do plano de retomada econômica.

Camilo diz ser preciso responsabilidade para o plano avançar                       Foto: Divulgação

Afirmou ser obrigatório o uso de máscara nas ruas em todo o Estado e que algumas cidades da região Norte, inclusive, seguem em lockdown. Por isso, a população e os comerciantes precisam ter responsabilidade, a fim de que não seja necessário cancelar a implantação das fases seguintes do plano.

“Continuamos em fase de isolamento, apenas iniciamos a abertura do comércio com 30% da ocupação dos espaços físicos, 40% da quantidade de funcionários dos estabelecimento. É preciso ter isso muito claro, a importância de obedecermos essas fases, para que a gente possa seguir as fases subsequentes”, disse.

Asseverou que será realizado um monitoramento dos indicadores da saúde, para avaliar se será dada, ou não, sequência às outras fases no Ceará e também em Fortaleza. E pediu a colaboração das pessoas na fiscalização do cumprimento do decreto governamental.

“Portanto, é fundamental que você denuncie no 190 se houver aglomerações, estabelecimentos descumprindo ao decreto. Tudo isso tem sido feito para proteger vocês, para que a gente possa volta voltar de forma responsável, sustentável, a retomada da economia e do emprego aqui em Fortaleza e em todo o Estado do Ceará. Só saiam de casa se for necessário”, solicitou o governador.

Disse ter ficado impressionado com algumas imagens de aglomerações em lojas do Centro e em shopping centers da Capital, e que as fiscalizações serão intensificadas nos próximos dias, pelas equipes da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Ceará.

Saúde pública

E ressaltou que a ampliação da rede pública de saúde continua sendo ampliada no interior do Ceará, onde os índices seguem em elevação. ”Abrimos um Hospital de Campanha com mais 42 leitos no Hospital Regional Norte, em Sobral. Já são 114 leitos de enfermaria e 104 leitos de UTI. Estamos ampliando o atendimento do Samu, que tem um papel fundamental na transferência de pacientes e atendimento de urgência à população”, destacou Camilo Santana.

Veja o vídeo completo:

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection