24 de março de 2021

BRASIL DE LUTO

Camilo classifica pandemia de tragédia sem precedentes e critica a insensatez daqueles que sempre negaram a ciência

O governador Camilo Santana lamentou na tarde desta quarta-feira (24), o trágico número de 300 mil mortes, superado pelo Brasil, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, que continua avançando por todo o território nacional, sufocando os serviços público e particular de saúde.

“Mais de 300 mil vidas perdidas para a Covid no Brasil. Uma tragédia sem precedentes, diante da brutal insensatez daqueles que sempre negaram a ciência, ignoraram a dor das famílias e fizeram da tragédia um palco de intrigas, mentiras e perseguições. O Brasil inteiro está de luto”, afirmou Camilo.

Camilo Santana tem tomado inúmeras medidas, algumas mal interpretadas, para conter o avanço da Covid        Foto: Divulgação

Desde o início da primeira onda da pandemia, há um ano, o chefe do Poder Executivo cearense adotou uma série de medidas sanitárias, de restrição da movimentação de pessoas, ampliação do número de leitos da rede estadual de saúde, dentre outras.

Também implementou ações sociais para as famílias em situação de vulnerabilidade social, como a instituição do Vale Gás, o pagamento das contas de água de mais de 500 mil famílias na Capital e no interior e, mais recentemente, as contas de energia para quem consome até 100kW/h.

Adotou medidas de incentivo ao setor produtivo, como os setores de bares, restaurantes, eventos, dentre outros, para que a economia cearense não entrasse em colapso. Foram adiados e parcelados os pagamentos de dívidas com o Fisco estadual, para dar um alívio nas contas dos empresários.

Sem falar na ampliação do total de leitos de enfermaria e de UTI em todas as regiões do Ceará, como forma de garantir uma melhor qualidade de atendimento aos cearenses infectados pelo novo coronavírus. Aquisição de insumos, EPIs, medicamentos e até mesmo vacinas, por meio do consórcio formado por praticamente todos os estados brasileiros.

“A pandemia está em seu pior nível, com uma velocidade de disseminação do vírus elevada. Por isso, implantamos o lockdown em todo o Estado e pedimos que as pessoas fiquem em casa e só saiam em extrema necessidade, mas sempre usando máscaras e higienizando corretamente as mãos. Juntos, vamos vencer esta batalha”, solicitou Camilo Santana.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection