CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Camilo assegura recursos do FIT para pesquisa de vacina da Uece contra a Covid

Por Marcelo - Em 14 de maio de 2021

O governador Camilo Santana esteve na manhã desta sexta-feira (14) na Universidade Estadual do Ceará, para anunciar o aporte de recursos do Fundo de Inovação Tecnológica (FIT) para o desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19 que está sendo realizado na Uece. Ele conversou com a equipe de doutores, pesquisadores e doutorandos da Uece que trabalham nessa pesquisa, utilizando um coronavírus aviário, não infectante para o ser humano, mas que produz anticorpos neutralizantes do Sars-CoV 2.

Equipe do laboratório da Uece desenvolve o novo imunizante                           Foto: Divulgação

O trabalho realizado no Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular da Uece (LBBM), comandado pela professora Izabel Florindo Guedes, já teve sua solicitação enviada à Anvisa no sentido de obter a autorização para iniciar a primeira fase de testes em seres humanos. Trata-se de um imunizante barato e que tem demonstrado eficácia contra o vírus Sars-CoV 2, que é o causador da Covid-19.

Batizado de HH-120-Defenser, o imunizante cearense propõe uma nova forma de uso de um coronavírus aviário atenuado, que não causa infecção em seres humanos. “É através da pesquisa, da ciência e da tecnologia, que se desenvolvem soluções para salvar vidas. É com pesquisas como essa, a exemplo do desenvolvimento do Elmo, que o Governo do Ceará investiu fortemente e hoje já está sendo utilizado amplamente no combate à pandemia”, destacou Camilo.

O reitor da Uece, Hidelbrando Soares, disse que o Ceará tem um Hub de talentos, da inteligência e da engenhosidade. “Estamos apresentando a equipe do laboratório de onde surgiu a ideia de uma vacina para ser usada em humanos, além de um ventilador respiratório de baixo custo. E o senhor já garantiu apoio a essas iniciativas da Uece, neste enfrentamento à pandemia de Covid-19”, afirmou.

Já a professora Izabel Guedes, coordenadora da equipe que está desenvolvendo a nova vacina contra a Covid. “Aqui temos diferentes projetos de pesquisa em andamento para enfrentar a pandemia. Essa vacina representa todo o nosso esforço e, em breve teremos a possibilidade de produzirmos o imunizante. Este é um momento especial para todos que fazem a Uece”, salientou.

Atualmente, a vacina encontra-se na fase pré-clínica e, após aprovação da Anvisa, deverá ser dividida em três etapas. Na primeira, os testes serão realizados com cerca de 100 pessoas adultas, de 18 a 60 anos, sem comorbidades. Na segunda será a vez de pessoas acima de 60 anos, com comorbidades. Na terceira, os testes serão aplicados em milhares de pessoas, com perfis diversificados, visando confirmar a eficácia do imunizante.

Também participaram da visita os secretários de Saúde e Ciência e Tecnologia do Ceará, Dr. Cabeto e Inácio Arruda. Caso a eficácia seja devidamente comprovada em humanos, como demonstrou ser em cobaias do laboratório da Uece, representará um grande avanço no combate à pandemia de Covid-19 que vem atingindo o mundo inteiro, além de ser mais um produto Made in Ceará que deverá ser utilizado para salvar vidas.

Veja o vídeo:

https://www.facebook.com/camilosantana/videos/522755458725469

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection