ENERGIAS RENOVÁVEIS

Assembleia aprova, por unanimidade, projeto de lei do deputado George Lima

Por Marcelo - Última Atualização 18 de julho de 2021

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade, na sessão desta quinta-feira (1), o projeto de lei N.º 182/2021, de autoria do deputado George Lima (PV), que institui o Programa de Atração e Apoio à Geração de Energias Renováveis do Ceará.

A iniciativa visa promover a melhoria da qualidade de vida da população cearense, diversificando a matriz energética, descentralizando e interiorizando o desenvolvimento socioeconômico, tornando o ambiente de negócios mais competitivo, seguro e sustentável. O Programa possui seis eixos de atuação, sendo eles: instrumentos regulatórios, incentivos tributários, P&D, acesso à rede, desenvolvimento regional, financiamentos e geração de empregos.

George Lima acredita que Hidrogênio Verde pode dobrar o PIB estadual          Foto: Divulgação

Bem acolhido na Casa, George Lima comemorou a aprovação: “O meu projeto é um programa bem abrangente, que dá autonomia ao Governo do Ceará para fazer parcerias, negociações, abrir caminhos e diretrizes para esses investimentos, diminuindo as desigualdades regionais. É um marco no governo Camilo Santana, pois ele vai transformar a economia do Estado, com a atração de energias renováveis. O Hidrogênio Verde é um potencial para transformar o PIB cearense, posso dizer até dobrar, em três ou cinco anos”.

O programa prevê a divisão de três objetivos centrais. Ampliar a sustentabilidade ambiental e a redução das emissões de gases de efeito estufa na geração de energia elétrica, promovendo melhoria da qualidade de vida da população; diversificar e descentralizar a matriz energética estadual, interiorizando o desenvolvimento socioeconômico, com vistas a reduzir as desigualdades regionais, e promover a inserção e reforçar a competitividade do Ceará no mercado nacional e internacional de energia renovável.

“Os investimentos esperados são na casa de US$ 10 bilhões nos próximos cinco anos. Quem tá dizendo isso não sou eu. Eu escutei do próprio governador, do presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Maia Júnior. Eles estão muito motivados. Já tem empresas fechando acordo no Ceará e o investimento já está sólido”, destacou o parlamentar.

O deputado também ressaltou as qualidades naturais do Estado, principalmente na região sul. “O que mais me vislumbrou a fazer esse programa, foram as qualidades naturais do nosso Ceará: o sol, o solo e o vento. Vamos unir a energia eólica e solar com a água, e daí vai sair Hidrogênio Verde em condições de ser exportado. O governo vai ter uma grande oportunidade de desenvolver a economia do Estado do Ceará”, completou George Lima.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection