6 de abril de 2021

MELHORIA DA CONFIANÇA

Arrecadação estadual chega a R$ 2,5 bi em fevereiro, a sétima alta consecutiva

O levantamento realizado pela Secretaria da Fazenda do Ceará revelou que a arrecadação total do Estado chegou a R$ 2,5 bilhões em fevereiro, representando uma alta de 11,9% na comparação com o mesmo mês de 2020. Além disso, a receita própria foi de R$ 1,37 bilhão, uma expansão de 14,3%.

Arrecadação de ICMS gerou quase 90% da receita própria do Ceará                 Foto: Divulgação

Trata-se do sétimo mês seguido de expansão no recolhimento aos cofres públicos. A arrecadação total – que inclui as receitas próprias e as transferências constitucionais – em elevação, dá maior confiança à expectativa de retomada e uma melhora na expansão da atividade econômica em todo o território cearense, o que anima os investidores.

Dentre os itens que compõem a receita própria, o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços foi o destaque. “Ressaltamos a arrecadação do ICMS, no valor de R$ 1,21 bilhão, que representa 88,07% do total, com acréscimo nominal de 16,14%, e de 10,40% em valores atualizados, em relação ao mesmo período do ano anterior”, explicou a Sefaz-CE.

Outro item que teve uma participação mais relevante na composição da arrecadação própria em fevereiro último foi o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores, que chegou a R$ 150 milhões. O recolhimento do IPVA aos cofres do Tesouro Estadual tiveram uma expansão de 7,4% frente a fevereiro do ano passado.

No primeiro bimestre deste ano a arrecadação total do Ceará ficou em R$ 4,79 bilhões (+11,33%). “Em valores reais, a arrecadação própria acumulou uma variação positiva de 5,12%, enquanto as transferências constitucionais tiveram um acréscimo de 8,03%”, salientou o estudo da Sefaz-CE.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection