4 de agosto de 2020

REUNIÃO VIRTUAL

FIEC discute pontos da reforma tributária que está em tramitação no Congresso

Ricardo Cavalcante falou da campanha “Compre do Ceará”                Foto: Portal IN News

Durante a reunião virtual de diretoria da FIEC, realizada nesta terça-feira (4), o presidente Ricardo Cavalcante abriu as discussões sobre a reforma tributária que está em tramitação no Congresso Nacional e deve gerar impactos significativos para o setor produtivo nacional.

Participaram da reunião, como convidados, o gerente de Políticas Fiscal e Tributária da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Mário Sérgio Telles; e o superintendente do Banco do Brasil no Ceará, Kamillo Tononi.

O representante da CNI abordou os projetos da reforma tributária, em especial a PEC 45, com a qual a CNI mais está alinhada. Segundo ele, a proposta é substituir cinco tributos por apenas um: o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e criar o Imposto Seletivo para produtos específicos como cigarros e bebidas alcóolicas.

Essa mudança deve acontecer gradualmente, em dez anos. A CNI defende, ainda, a criação de um Fundo de Desenvolvimento Regional para que os recursos sejam aplicados localmente no fomento direto para desenvolvimento produtivo e infraestrutura.

Reunião Virtual de Diretoria da FIEC, realizada nesta terça-feira

Kamillo Tononi participou da reunião para se apresentar aos empresários, pois está no cargo a menos de um mês. “O crédito tem sido a mola de retomada da economia. Pode haver a sensação de que o crédito não está chegando, mas realmente temos tido alta procura”, disse.

Ele revelou que o BB teve mais de R$ 15 bilhões em créditos prorrogados, sendo quase R$ 200 milhões no Ceará. E que em três dias, no Brasil, por meio do Pronampe, foram concedidos mais de R$ 5 bilhões em crédito. No Ceará, esse montante chegou a R$ 150 milhões.

Outros assuntos

Também foram pauta da reunião da diretoria a campanha “Compre do Ceará” e o Fórum de Transformação Digital do Sistema FIEC, que tem início hoje, às 19h30, e será transmitido pelo Youtube e Facebook do Sistema FIEC.

Ricardo Cavalcante sugeriu que os empresários entrem no site da campanha, façam download do material e usem nas indústrias e sindicatos. Sob o slogan “Movimente a Economia. Compre do Ceará, compre da sua gente”, o objetivo é motivar a sociedade para preferir produtos e serviços cearenses, fortalecendo a nossa economia.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business