5 de dezembro de 2019

CRESCIMENTO

Ceará deve receber 1,2 milhão de turistas durante a alta estação

Orla de Fortaleza é um dos cartões postais do Ceará                                                                            Foto: Divulgação

Um levantamento realizado pela Setur mostra que o Ceará deve receber 1,2 milhão de turistas nesta alta estação, que vai até fevereiro de 2020, um crescimento de 6% na comparação com igual período do ano passado. A movimentação deve gerar uma receita de R$ 3,1 bilhões na cadeia do turismo, alta de 10% na mesma base de comparação.

Desse volume de visitantes, cerca de 100 mil são estrangeiros, uma alta de 6% frente a 2018. A pesquisa também apontou que a taxa de ocupação hoteleira deve ficar em 82% no período. “São números muito bons e refletem nosso trabalho na busca por novos voos nacionais e internacionais. E, também, na promoção do Ceará ao longo do ano nos principais mercados emissores de turistas”, analisa o titular da Setur, Arialdo Pinho.

A movimentação do Fortaleza Airport deve ser de 2,2 milhões de passageiros, índice 8% maior que o do ano passado. Serão 564 voos extras nesse período vindos de Belém, Natal, São Paulo, Goiânia, Manaus, São Luiz, Rio de Janeiro, Juazeiro do Norte, Salvador, Brasília, Belo Horizonte e Campinas.

E para melhorar ainda mais o volume de visitantes, no próximo dia 20, terá início a operação de duas frequências semanais entre Madri e Fortaleza pela companhia Air Europa. O voo já está com média de ocupação inicial de 80%. Essa movimentação de turistas deve gerar aumento de 15% nos empregos temporários ao longo da orla cearense. Segundo com o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), o Ceará deve gerar 5 mil vagas temporárias no setor de serviços, nesse período.

 

 

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram