10 de agosto de 2020

INVESTIMENTO DE R$ 3,4 BI

BNB expande em 34,8% as contratações no primeiro semestre e o Ceará é líder

O Banco do Nordeste segue ampliando seus investimentos no setor empresarial, tanto que no primeiro semestre foram R$ 3,4 bilhões, o que representou uma expansão de 34,8% na comparação com o mesmo período de 2019. E o Ceará liderou as contratações, com R$ 654,3 milhões, em 762 operações.

Romildo Rolim destacou a capacidade do empreendedores                            Foto: Divulgação

Do volume total contratado, R$ 247,9 milhões correspondem especificamente a operações financiadas no âmbito do Proinfra. Os recursos são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste.

“O incremento das aplicações no segmento evidencia a capacidade dos empreendedores e também do Banco de superarem as dificuldades de um ano atípico, reforçando a ideia de que, como parceiros, empresas e BNB acreditam na retomada breve da economia no contexto pós-pandemia”, afirmou o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Em valores, o segundo colocado o ranking foi Pernambuco, com R$ 634,3 milhões, equivalentes a 638 operações, enquanto, em termos de contratações, o Maranhão destacou-se na segunda posição, com 699 operações, totalizando R$ 205,4 milhões.

O BNB conta, ainda, com o FNE Emergencial, que oferece crédito com juros de 2,5% ao ano, além da redução das taxas para produtos como Giro Especial e FNE Giro, criando possibilidades para as empresas superarem as dificuldades provocadas pela pandemia.

O Banco do Nordeste também disponibiliza para o segmento de empresas com faturamento anual de R$ 4,8 milhões até R$ 400 milhões – recursos com fonte de poupança rural que permitem a contratação de operações com taxas competitivas para os produtos Custeio, Comercialização e no âmbito do Finagro.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business