COMBATE À COVID-19

Prefeitura de Fortaleza já aplicou quase 610 mil doses de imunizantes na Capital

Por Marcelo - Em 26 de abril de 2021

A Prefeitura de Fortaleza informou, nesta segunda-feira (26), que desde o dia 18 de janeiro a campanha de vacinação contra a Covid-19 na capital cearense já aplicou 609.193 doses dos imunobiológicos disponíveis foram administradas entre os grupos prioritários contemplados, de acordo com a secretária Municipal da Saúde, Ana Estela Leite.

Vacinação em Fortaleza tem seguido um ritmo muito eficiente                       Foto: Divulgação

Desse total, 87.240 doses da já foram aplicadas nos trabalhadores da área de saúde, o que representa 71% da meta estabelecida. Já entre os idosos acima de 75 anos, 101.888 pessoas foram imunizadas, representando 116% da meta que havia sido estabelecida para o município.

Em execução, a segunda fase da campanha de vacinação contra a Covid-19 revela que 87,6% das pessoas entre 60 e 74 anos já chegou a 224.254 pessoas contempladas com a primeira dose da vacina. “Dentre as quais muitas já foram beneficiadas com a segunda dose, cumprindo o intervalo adequado à característica de cada imunobiológico”, garantiu Ana Estela.

E também já foi iniciado o processo de vacinação dos profissionais das forças de segurança e salvamento, incluindo as Forças Armadas, que até agora, alcançou um total 1.914 pessoas na Capital. E a SMS aguarda a chegada de novas doses, para dar continuidade à vacinação desses profissionais e dos outros grupos prioritários.

Flexibilização

José Sarto esteve avaliando os números da pandemia junto com o Comitê Municipal

Na tarde de hoje, o prefeito José Sarto esteve reunido com o Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento da Covid-19, para discutir sobre as ações de avanço da flexibilização do decreto de isolamento, a fim de acompanhar atentamente a evolução da pandemia.

“Enquanto isso, vamos vacinando os públicos prioritários do plano de imunização. Mas lembro que é fundamental que todos mantenham os cuidados, seguindo as orientações das autoridades sanitárias. Evitem aglomerações, higienizem sempre as mãos e usem máscara”, completou Sarto.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection