AMPLIAR A IMUNIZAÇÃO

Ceará receberá 97.110 novas doses da Pfizer nesta terça-feira, anuncia Camilo

Por Marcelo - Em 7 de junho de 2021

O Ceará receberá nesta terça-feira (8), um novo carregamento com 97.110 doses da vacina da Pfizer, de acordo com documento do Ministério da Saúde enviado aos estados. A previsão é que o voo com esse lote pouse no Fortaleza Airport às 21h40, e seja recolhido ao depósito, para início de distribuição para os municípios cearenses nas primeiras horas de quarta-feira.

Vacinas serão entregues aos municípios no início da quarta-feira                     Foto: Divulgação

A informação foi repassada pelo governador Camilo Santana, que na noite de hoje participou junto com os demais integrantes do Consórcio Nordeste, de uma reunião com a diretoria da Anvisa, para discutir a liberação parcial do lote comprado pelo Governo do Ceará do imunizante Sputnik V. “Seguimos na luta diária para conseguir mais vacinas a todos os cearenses”, destacou.

O Ceará já adquiriu 5,87 milhões de doses da vacina russa, mas a princípio só poderá importar quase 190 mil unidade. Mas, para isso ocorrer, terá de assinar o Termo de Compromisso, que trata das condições estabelecidas pela Anvisa para a importação e o uso da vacina. Uma das principais necessidades é o delineamento do estudo de efetividade e do monitoramento, também conhecido com o estudo da vida real, que deve ser acordado entre a agência reguladora e os governos estaduais.

Até agora o Ceará já aplicou cerca de 3 milhões de vacinas contra Covid-19 desde o início da campanha de imunização, em janeiro deste ano. Ao todo, 4.002.190 doses desembarcaram no Estado, conforme a ferramenta de transparência Vacinômetro, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

A diferença entre doses recebidas e aplicadas é resultado da reserva técnica – que deve existir para assegurar as segundas doses e suprir eventuais ocorrências que comprometam a disponibilidade dos imunizantes, como já ocorreu uma vez com a CoronaVac.

A cada remessa aos estados, o Ministério da Saúde especifica a quantidade destinada como 1ª Dose (D1) e aquela reservada para a 2ª Dose (D2). Os imunizantes AstraZeneca e Pfizer têm o reforço agendado para 12 semanas após a D1. O Ceará está entre os estados com maior aplicação proporcional da D1 do Brasil e é o primeiro do Nordeste em taxa de aplicação da D2.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection