Iguatemi

Começou a Copa do Mundo Feminina

08 de Junho de 2019 . Por Gabriela Rocha

A Copa do Mundo Feminina já está gerando grandes expectativas. Pela primeira vez sendo transmitida na televisão aberta e em importantes emissoras, o evento esportivo também ganhou lugar na programação de bares e restaurantes por Fortaleza.

Amanhã (9), às 10h30, é a primeira partida do Brasil, que joga contra a Jamaica. Em campo, as veteranas Marta, Formiga e Cristiane prometem dar um show de habilidades. Destaque para a camisa 10, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo, a maior vencedora do prêmio entre homens e mulheres.

A Copa Feminina, segundo a Fifa, terá um aumento de 100% no valor total em prêmios, um recorde de US$ 30 milhões (R$ 116 milhões). O vencedor levará US$ 4 milhões (R$ 15 milhões).

Outro marco: esta foi a edição do evento, desde sua criação em 1991, que mais movimentou as bilheterias. Até o dia 7 de julho, será possível ver as 24 seleções que disputam o título de campeã. Vale a pena acompanhar!

Equipe de futebol feminino do Brasil participa da Copa neste domingo (9)

Foto: Reprodução

A Copa do Mundo Rússia 2018 está se aproximando e, para sacudir a torcida verde e amarela, o Iate Clube vai armar um evento especial para transmitir o jogo entre Brasil e Suíça. Escalando um time de atrações, o local vai receber uma turma das boas para torcer e vibrar com o Brasil rumo ao hexa.

Salve Simpatia, Jonas Esticado, É o Tchan e São 2 foram convocados para, no próximo dia 17 de junho, a partir das 12 horas, fazer a alegria dos torcedores no local. Vai ficar de fora? Os ingressos ainda estão à venda no site efolia.com.

Brasil

Foto: Balada In

São Luiz

Arena Colosso vai fervilhar na Copa do Mundo. Vem saber!

04 de Junho de 2018 . Por Gabriela Santiago

O Colosso Fortaleza preparou uma programação cheia de atrações para receber os mais diversificados torcedores durante as transmissões dos jogos do Brasil na Copa do Mundo Rússia 2018. A Arena Colosso terá uma estrutura com um big telão de led, TVs espalhadas por todo ambiente e uma decoração em clima de copa, assinada por Cláudio Silveira.

Animação, emoção e um time de atrações de peso serão um dos motivos para juntar a galera e torcer na paradisíaca Lagoa do Colosso. O local também vai contar com uma área de lounge com atendimento personalizado e o Zoi Restaurante estará aberto para quem quiser de apreciar o melhor da gastronomia e um ambiente aconchegante.

17/06 Brasil x Suíça

No primeiro jogo da Seleção Brasileira contra a Suíça, dia 17 de junho, atrações como Carrossel de Emoções, que toca o melhor do funk carioca, Sax in The House, Marcinho, Balanço Social e Thiago Camargo vão deixar a festa ainda mais animada.

22/06 Brasil x Costa Rica

Já no segundo jogo da seleção, contra a Costa Rica, o Colosso recebe os torcedores com um café da manhã especial e, na sequência, o público aproveita a famosa feijoada do local. Dentre as atrações que farão a animação por lá estão o Fica Comigo, Superbanda, São 2, Coletivo Pôr do Samba, Balanço Social e Thiago Camargo.

27/06 Brasil x Sérvia

Com a expectativa do Brasil passar para a segunda fase, o local prepara uma programação especial com o melhor do forró das antigas com as atrações Cavalo de Pau e Noda de Caju. Com a sua malemolência, Balanço Social e Thiago Camargo darão continuidade as comemorações.

Líder global em pesquisa online de passagens aéreas, hospedagem e aluguel de carros, o Skyscanner acaba de divulgar uma pesquisa sobre os viajantes que mais buscaram passagens aéreas para o Rio de Janeiro durante as Olimpíadas. De acordo com o levantamento, os paulistanos são os que mais devem viajar rumo à Cidade Maravilhosa. Já entre os internacionais, os britânicos são os mais interessados em assistir aos Jogos Olímpicos, seguidos pelos americanos e italianos.

A partir dos resultados, percebe-se que a chama e o espírito olímpico não se apagam rápido, já que os britânicos, últimos anfitriões dos jogos nas Olimpíadas de Londres, em 2012, lideram o ranking com cerca de 20% nas buscas de passagens para esta edição. Logo em seguida, aparece o país mais hegemônico no esporte olímpico, os Estados Unidos, com 10%. Na sequência estão os italianos, alemães, espanhóis, holandeses, franceses, russos, australianos e portugueses.

Um dado curioso é que sete dos dez países que mais buscaram passagens para o evento estão entre os maiores medalhistas olímpicos da história. Desde os jogos de Sydney, no ano de 2000, esses países também aparecem entre os primeiros do ranking de medalhas, provando que a presença da torcida é fator importante para o sucesso nas competições.

Quanto aos brasileiros, os paulistanos representam quase metade das buscas no país, com 48,4% do total. Em seguida, Brasília com 12,15% das pesquisas e, em terceiro, surpreendentemente, Foz do Iguaçu com 7,7%. Completando a lista de cidades, temos: Porto Alegre, Recife, Salvador, Curitiba, Campinas, Manaus e Fortaleza.

O secretário de Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, será um dos condutores escolhidos para carregar a chama dos Jogos Olímpicos Rio 2016 no Brasil. A previsão é que o símbolo passe por 12 cidades no estado do Ceará,  com o percurso iniciado em Aracati no dia 06 de junho, passando pela capital no dia seguinte.

De acordo com o Ministério do Turismo, a tocha deve passar por mais de 300 cidades brasileiras, em uma jornada de 20 mil quilômetros por terra e 10 mil quilômetros pelo ar. Cada condutor deverá carregar por aproximadamente 200 metros de extensão, com o tempo de 2 a 3 minutos por pessoa.

Para Erick Vasconcelos, "além do revezamento da tocha ser uma oportunidade para divulgar e promover Fortaleza para o mundo, mostrando nossa gastronomia, cultura e belezas naturais, será também uma realização pessoal, como atleta que superou a obesidade e hoje faz do esporte um estilo de vida”, ressalta o secretário de Turismo, que estará  este ano, em sua 10ª participação no Ironman, o maior evento de triatlhon do mundo.

O revezamento pelo país se encerrará na cerimônia de abertura no dia 5 de agosto de 2016, no Rio de Janeiro. Ainda de acordo com o Mtur, o Brasil deve receber até 500 mil turistas estrangeiros no período dos jogos Olímpicos e Paralímpicos.