Nesta terça-feira (10), o deputado Federal Domingos Neto recebeu em seu apartamento em Brasília, o Presidente do Sebrae Nacional, Carlos Meles, e o Diretor de Administração e Finanças Eduardo Diogo, para um almoço especial. Na pauta, o contexto político nacional e o orçamento da união em 2020 foram o foco do encontro.

Já na manhã desta quarta-feira (11), Domingos Neto foi responsável por abrir os trabalhos da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Na ocasião, ele debateu sobre como retomar o crescimento da indústria da construção, setor que gera emprego, realiza sonhos de milhares de brasileiros e é determinante para o futuro do país.

Domingo Neto, Carlos Meles e Eduardo Diogo

Foto: Arquivo Pessoal 

Envolvendo experiência, palestras, conversas e shows, a 3ª edição do Fórum CEO Brasil, realizado no Tivoli Praia do Forte durante os dias 5 a 8 de setembro, reuniu os principais CEOs do país para debater temas de interesse e também contar suas histórias de sucesso.

Entre os oradores desta edição, o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Eduardo Diogo, participou de um talk ao lado de Bruno Padredi, diretor do Experience Club, falando sobre o Brasil de 2030 e a importância do papel das lideranças em organizações na abertura do evento.

Além disso, Eduardo Diogo também foi destaque no estúdio de jornalismo do evento. Em entrevista ao editor-chefe do Experience Club, Arnaldo Comin, ele falou sobre o trabalho que o SEBRAE vem realizando na conexão do ecossistema de startups e MPEs com a cadeia produtiva das grandes empresas.

Quem também esteve por lá aproveitando dias intensos de troca de experiências, networking e, claro, muita diversão foi Melaine Fernandes. Ao lado de Eduardo, ela registrou vários clicks no Tivoli Praia do Forte. “Meu parceiro, superamigo, pai dos meus dois filhos lindos. É sempre bom ter você por perto Edu”, escreveu ela em uma das publicações.

Melaine Fernandes e Eduardo Diogo

Foto: Reprodução 

Corpvs (bonificação)

Eduardo Diogo quer transformar o País através do Sebrae

23 de Julho de 2019 . Por Pompeu Vasconcelos

Desde que o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, convocou os dirigentes do Sistema Sebrae a mapearem a produtividade dos pequenos negócios em todas as unidades da Federação, o cearense Eduardo Diogo, diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, arregaçou as mangas e vem cumprindo à risca sua missão. 

Até o fim do ano, Diogo vai vai percorrer 14 estados brasileiros para mapear os gargalos enfrentados pelo setor produtivo. Ele acredita que a energia para transformar o Brasil virá da micro e da pequena empresa, e que o Sebrae pode exercer o principal papel nesse processo, que é a canalização dessa energia para revolucionar o país. 

Buscando esse salto gigante, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, confiou a Eduardo Diogo a missão de trabalhar em prol da produtividade das MPE. Para isso, ele esteve no Espírito Santo e no Paraná, antes de regressar nesta terça-feira, 23, para Brasília.  

No Paraná, uma delegação de peso desceu a Serra de trem, de Curitiba pra Morretes, para participar do “1º Encontro da Grande Reserva da Mata Atlântica”, ação integrada entre os estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina. Na varanda do vagão, Diogo conversava com o vice e governador em exercício do ParanáDarci Piana, que também é o presidente do Conselho do Sebrae no Estado;e com o superintendente do Sebrae PR, Vítor Tioqueta, sobre os desafios do setor produtivo. Aliás, essa pluralidade de perfis aglutinados nos Conselhos Nacional e Estaduais do Sebrae é bastante construtiva!

Em Vitória, Diogo discursou na Assembleia Legislativa do Espiríto Santo por ocasião do lançamento da Frente Parlamentar da MPE, iniciativa que como ele diz no sppech, estão incentivando em todo o país, tanto nas ALs como nas Câmaras Municipais. 

Apuramos ainda que o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional tem agenda confirmada no dia 20 de setembro, em Fortaleza. O motivo? É que Eduardo Diogo participa de evento pra lá de especial, que marcará os três anos do LIDE-CE, sob a batuta de Emília Buarque, capa da edição de julho da Revista IN, publicação premium do empresário, engenheiro e jornalista, Pompeu Vasconcelos.

Darci Piana, Eduardo Diogo e Vítor Tioqueta

Foto: Divulgação

Advogado, Escritor e Ex-Secretário do Planejamento e Gestão do Governo do Estado do Ceará, Eduardo Diogo acaba de lançar o livro Muda Brasil, versão brasileira da obra “It Was About Hope”, em Brasília. O livro, que traça um panorama da eleição de Donald Trump em 2016, tem prefácio assinado pelo ministro do STJ Raul Araújo.

Ao apresentar o livro, o ministro lembrou que Eduardo Diogo foi seu aluno de direito em Fortaleza e comentou que o volume é de grande interesse para o direito eleitoral e a ciência política. “A democracia dos EUA ainda é um paradigma. Ela foi o coroamento da derrota do absolutismo, que começou com a Revolução Inglesa de 1642, a Revolução Francesa de 1789 e a própria Revolução Americana de 1776”, comentou Raul Araújo.

Na publicação, o Eduardo propõe a divisão do pensamento político brasileiro em quatro grupos, que elaborem um plano de governo de 20 anos. “Cada grupo teria a possiblidade de governar por cinco anos”, explicou ele durante o lançamento, admitindo que essa estrutura é utópica, mas totalmente viável.

O evento aconteceu no Espaço Cultural STJ e contou com a presença do corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, além dos ministros Benedito Gonçalves, Marco Buzzi e Ribeiro Dantas. Mais cedo, antes do lançamento, Eduardo presenteou o senador Flávio Bolsonaro com um exemplar do livro.

Flávio Bolsonaro e Eduardo Diogo

Foto: Arquivo Pessoal 

O empresário André Skaf foi surpreendido nesta terça-feira (29), com uma sessão parabéns surpresa articulada pela esposa Adriana Feffer, em sua elegante residência em São Paulo. Além da celebração, o aniversariante foi surpreendido também pela presença dos amigos Eduardo Diogo, Edson Queiroz Neto, Pedro Fiuza e Candido Jr.

Em clima de alto astral e alegria, o encontro festivo não poderia deixar de ter assuntos ligados ao PIB cearense. É que o comentário por lá dava conta de que Eduardo Diogo tem grandes chances de comandar o Banco do Nordeste. A gente fica na torcida.

Eduardo Diogo, Edson Queiroz Neto, Pedro Fiuza, André Skaf e Candido Jr.

Foto: Reprodução