O Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira se apresenta pela segunda vez nos palcos do projeto Clássicos na Lagoa. Interpretando músicas do período barroco, o grupo, regido pelo maestro Arley França, fará uma mistura da música erudita com a popular.

O evento acontece hoje, a partir das às 17 horas, nas margens da Lagoa do Parangabussu. Realizado há três anos pelo Instituto de Ciências Médicas Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ICM), com o apoio de instituições parceiras como a Ennel, o Instituto Beatriz e Lauro Fiuza e a Plataforma Sinfonia do Amanhã, o projeto tem como princípio a defesa do direito à cultura como mecanismo voltado à promoção da saúde.

Quarteto de Cordas da Orquestra Contemporânea Brasileira 

Foto: Divulgação

Grupo de referência do Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF), a Orquestra Jacques Klein se apresenta mais uma vez no palco do projeto Clássicos na Lagoa, montado às margens da Lagoa do Porangabuçu, nesta sexta-feira (4), a partir das 17 horas. Composta por 16 alunos e regida pelo maestro e professor Paulo Lenilson, a orquestra interpretará os clássicos de compositores da era Barroca, dentre eles, Antônio Vivaldi, Johann Pachelbell e Arcangelo Corelli.

O Programa do IBLF atende 450 crianças, adolescentes e jovens, entre 7 e 20 anos, de zonas de alta vulnerabilidade e risco social de Fortaleza. Nos três bairros em que atua (Passaré, José de Alencar e Henrique Jorge), o Programa de Música oferta cursos gratuitos de canto coral, contrabaixo, iniciação musical, piano, viola, violão, violino e violoncelo.

Orquestra Jacques Klein

Foto: Divulgação

  • Orquestra Jacques Klein
    Orquestra Jacques Klein
Soho (bonificação)

Clássicos na Lagoa traz ao palco pela primeira vez o Grupo Syntagma

06 de Abril de 2018 . Por Gabriela Santiago

Grupo de câmara mais antigo do Ceara, o Syntagma se apresenta pela primeira vez no palco do projeto Clássicos na Lagoa, hoje, a partir das 17 horas, às margens da Lagoa do Porangabuçu.

Com 32 anos de atividade, a proposta do grupo é mostrar a forte ligação da música nordestina com a música antiga europeia. No evento, o Syntagma vai interpretar compositores do período medieval, renascentista e pré-barroco. 

No evento, também será apresentado um vídeo contando a história de cada uma das fases das músicas, parte da programação do Concertos Didáticos, programa musical que será inaugurado hoje e tem o objetivo de fazer um passeio pela história da música, por meio de concertos educativos que vão do período medieval ao clássico. Fica a dica!

Grupo Syntagma

Foto: Divulgação

Assembleia Legislativa

Clássicos na Lagoa apresenta Camerata de Violões do IBLF

29 de Junho de 2017 . Por Helena Demes

Você gosta de música e quer um programa diferente? Curte as composições de  Sebastian Bach, Fernando Sor, Villa Lobos e Syuvius Leopold Weiss? Então você não pode perder a apresentação que a Camerata de Violões Cordas Cearenses, grupo de referência do Instituto Beatriz e Lauro Fiúza (IBLF), fará através do projeto Clássicos na Lagoa, criado para promover concertos de música erudita gratuitos, nas primeiras sextas-feiras de cada mês, às margens da Lagoa do Porangabuçu. 

A Camerata de Violões foi criada há dois anos e reúne 12 alunos, entre 13 e 19 anos, dos três núcleos de formação do IBLF, aprovados em audição e que se destacam pelo desenvolvimento técnico, musical e artístico, sob a regência de João Paulo Nobre. 

O projeto Clássicos na Lagoa é uma iniciativa do Instituto de Ciências Médicas (ICM), em parceria com o IBLF e a Plataforma Sinfonia do Amanhã.

Interessou? Então anota aí! O evento acontece dia 07 de julho às 17h.

Camerata de Violões 

Foto: Divulgação