Lexus - Selo

Ducati Monster 797 capta bem a versatilidade das nakeds

16 de Agosto de 2018 . Por Jota Pompílio

“Se a economia melhorar, quem sabe em Fortaleza?”. A Road In ouviu essa declaração de um executivo da marca ano passado, no Salão Duas Rodas. Pelo o jeito o sonho de ter uma montadora italiana premium por aqui vai ter que esperar. O fato é que a recém-lançada Ducati Monster 797, apresentada no Brasil recentemente, resgata toda a versatilidade do modelo Monster lançado pela Ducati em 1993 e que se tornou referência no segment naked.

De acordo com a fabricante, a Monster 797 incorpora todo o fascínio da familia. Dotada de modernidade, o novo modelo vem com quadro Trellis até o motor L-twin refrigerado a ar e o farol redondo. Vale lembrar que o modelo é a porta de entrada para a marca.

A Monster 797, a mais acessível dos modelos naked da Ducati, foi projetada para expressar a essência única da Monster até o último detalhe. Com seu tanque compacto, mas ainda assim robusto, farol icônico e traseira cônica, a Monster 797 tem visual limpo e vigoroso. O motor Desmodue L-twin refrigerado a ar fica acomodado no quadro Trellis, mostrando os componentes mecânicos no inimitável estilo da Monster.

Com uma potência máxima de 75 cv a 8.250 rpm e ótimo rendimento na faixa de rotação, a Monster 797 coloca o desempenho e a diversão ao alcance de todos, garantindo uma experiência de pilotagem empolgante a cada dia, em qualquer estrada. Em conformidade com a EURO 4, a Monster 797 L-twin é perfeita para aqueles que estiverem comprando sua primeira Ducati ou simplesmente sua primeira motocicleta, ainda oferecendo pilotagem repleta de diversão para até mesmo o mais experiente dos motociclistas. Além disso, a segurança ativa está sempre pronta para entrar em cena, graças ao ABS Bosch de fábrica. O ABS da Monster 797 funciona juntamente com um sistema de freio dianteiro de alta categoria, consistindo de dois discos Brembo de 320 mm presos por duas pinças radiais Brembo M4.32.

Seja nas ruas da cidade ou nas estradas, a Monster 797 é a moto perfeita para pilotagem tranquila e sem preocupações. Desde o primeiro quilômetro, o assento baixo e o guidão largo inspiram confiança. O peso contido e a ágil geometria do chassi dão ao piloto uma "sensação" de destaque, perfeito controle e manuseio excepcional, seja qual for seu nível de experiência. Preço público sugerido: R$ 39.900,00, disponível nas cores branca e vermelha.

Em sua terceira geração, a Porsche Brasil apresenta o novo Porsche Cayenne, equipado com novos motores e chassi e com uma maior conectividade. O design também foi aprimorado, segundo a empresa alemã. "Estamos muito otimistas com a receptividade deste modelo também no Brasil. A nova geração do Cayenne traz muitas novidades, como motores mais fortes e mais rápidos, suspensão ainda mais equilibrada e que, ao lado de um novo chassi, irá promover uma experiência única de dirigibilidade e esportividade a bordo de um Porsche”, declara Andreas Marquardt, diretor presidente da Porsche Brasil. A marca tem uma filial em Recife.

O preço do novo Cayenne começa em R$ 423.000,00. Já o Cayenne S tem preço inicial em R$ 523.000,00, enquanto o modelo Cayenne Turbo pode ser adquirido por R$ 733.000,00.  "Ao lado do Macan, o Cayenne é o grande líder de vendas da Porsche. A chegada desta nova geração faz parte da estratégia para conquistarmos ainda mais espaço no Mercado brasileiro, e uma oportunidade de atingir resultados que superem os patamares de 2017, ano recorde da marca", afirma Werner Schaal, diretor de vendas da Porsche Brasil.

Motores mais fortes

A nova geração do Cayenne chega com motores mais potentes. A versão inicial possui motor turbo de seis cilindros em V com 3 litros e 340 cv de potência e um torque de 450 Nm. Já o Cayenne S é movido por um V6 2.9 biturbo. Ele desenvolve 440 cv e 550 Nm de torque. Para quem deseja mais potência e esportividade, o Cayenne Turbo é o topo de linha e gera 550 cv, superando o motor de seu antecessor em 30 cv, enquanto o torque máximo de 770 Nm representa um aumento de 20 Nm.

No quesito desempenho, o Cayenne acelera de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos (em 5,9 segundos com o pacote Sport Chrono). A velocidade máxima é de 245 km/h. Já o modelo Cayenne S faz a mesma aceleração em 5,2 segundos (4,9 segundos com pacote Sport Chrono) e tem velocidade máxima de 265 km/h. Na versão Cayenne Turbo, esta aceleração se dá em apenas 4,1 segundos (3,9 segundos com Sport Chrono) e alcança a velocidade máxima de 286 km/h. O câmbio é um tiptronic de 8 velocidades e a tração é ativa nas quatro rodas em todas as versões. 

Dirigibilidade aperfeiçoada pelo novo chassi

O novo Cayenne possui sistemas ativos de chassi, que são analisados e sincronizados pelo Porsche 4D Chassis Control. Esse sistema trabalha em tempo real otimizando continuamente o comportamento de pilotagem. Assim como no 911 e Panamera, segundo engenheiros da marca, Cayenne pode ser agora equipado com o eixo traseiro direcional. Ele melhora a agilidade nas curvas e a estabilidade nas mudanças de faixa com velocidades mais altas. Além disso, o diâmetro de giro reduzido facilita o manuseio do carro no dia a dia.

A suspensão a ar adaptável - opcional com nova tecnologia de três câmaras -, aumenta significativamente a amplitude entre uma conexão rígida-esportiva e oferece conforto de viagem equiparável ao de um sedã. Esse sistema permite ajustar a altura do solo em terrenos fora de estrada. Com a estabilização de rodagem opcional Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC), os motoristas esportivos beneficiam-se da troca do sistema hidráulico para o sistema elétrico. Uma rede de bordo de 48 volts de potência possibilita esta conversão. Tempos de reação mais curtos permitem maior precisão da dinâmica de direção, além do adicional conforto com direção mais moderada.

Design 

Os modelos possuem entradas de ar maiores na dianteira em virtude do aumento de potência nos motores; as lanternas de canto horizontais conferem ao SUV um visual mais largo e mais atlético. A nova geração do Cayenne chega 63 milímetros maior em comprimento do que o modelo anterior, mas mantém a mesma distância entre eixos (2.895 milímetros). Em altura, são nove milímetros a menos em relação ao modelo anterior, o que passa uma silhueta mais alongada e elegante ao Cayenne. O volume do bagageiro é de 770 litros - um aumento de 100 litros. 

Mais detalhes

A versão inicial do Cayenne conta com rodas de 20 polegada em sua configuração padrão para o mercado Brasileiro. Entre as lanternas traseiras, o Cayenne possui um novo design tridimensional das luzes, e a faixa luminosa contínua de LED estende-se à inscrição Porsche marcante. Nos faróis, um novo conceito de iluminação em três níveis: cada Cayenne é equipado de série com faróis de LED. Além destes, no nível seguinte de expansão é disponibilizado para escolha o Porsche Dynamic Light System (PDLS), que possui diferentes modos de iluminação, tais como luz de curva e luz para autoestrada. O sistema mais sofisticado é o novo farol principal de LED Matrix com PDLS Plus. 84 diodos luminosos, controláveis individualmente e que possibilitam distribuição e intensidade totalmente variáveis da luz. 

Esportividade e requinte estão no o interior

Com esta nova geração, o Cayenne dá início a um capítulo da interação entre motorista e o carro: o Porsche Advanced Cockpit é integrado em um ambiente esportivo luxuoso. O elemento central do novo conceito de display e de operação da Porsche - que foi introduzido no ano passado com o novo Panamera -, é a nova tela touch Full HD de 12,3 polegadas da última geração do Porsche Communication Management (PCM). Aqui, inúmeras funções digitais podem ser operadas de modo intuitivo e também por comando de voz. Outras teclas são integradas harmonicamente na superfície touch vitrificada, semelhante à de um smartphone, emitindo uma resposta sonora e tátil adicional quando operados. 

Seguindo o estilo da Porsche, do seu assento o motorista enxerga um tacômetro analógico centralizado. Este é ladeado por dois displays Full HD de sete polegadas, que exibem todos os demais dados de direção relevantes e informações personalizadas que podem ser selecionadas através do volante multifuncional. Os sistemas de assistência mais importantes incluem um assistente de visão noturna com câmera termográfica, um assistente para ponto cego, um de controle de troca de pista com reconhecimento de sinalizações de trânsito, e o ParkAssist com Surround View.



Convidada pela Honda, a Road In embarca hoje para Recife, capital pernambucana, para uma missão pra lá de prazerosa: sentir na íntegra os volantes do super esportivo do Civic Si e CR-V em sua linha 2019. O Civic turbinado chega em carroceria cupê, transmissão manual e motor 1.5 VTEC Turbo, com preço sugerido de R$ 159.900 reais. Em Fortaleza, na concessionária Novaluz, por exemplo, se você quiser encomendar um é só falar e fechar negócio. Esteticamente, o Civic Si se destaca pelas rodas exclusivas, aerofólio, faróis de Full LED, e detalhes em preto que conferem uma aparência bastante esportiva.

O interior traz central de informação e entretenimento com espelhamento de smartphones via Android Auto e Apple Car Play, sistema de som com 10 alto-falantes e 450 W de potência e sensor de chuva. Os bancos são esportivos com regulagem de altura manual e revestimento de tecido, enquanto o volante tem regulagens de altura e profundidade.

Pela primeira vez, o Civic Si recebeu um modo de condução: “Sport”, que faz um ajuste da suspensão para ficar mais firme e diminuir o arrasto da carroceria em curvas. Esse modelo melhora a resposta do pedal do acelerador e também deixa o volante mais pesado – deixando-o mais esportivo.

O Civic SI vem controle de estabilidade com sistema AHA, que oferece vetorização de torque, aumentando a estabilidade. O motor é o 1.5 turbo, com 208 cavalos de potência e 26,5 kgfm de torque máximo, movido a gasolina. Segundo a Honda, o Si acelera de 0 a 100 km/h em 7,5 segundos (8 segundos na quatro rodas) e atinge um pouco mais que 230 km/h de velocidade máxima. O consumo foi bem: 10 Km/l em cidade, e 14 Km/l em estrada.

SUV de respeito!!!

Já o SUV de porte médio da marca japonesa chega em nova geração com apenas uma versão, a Touring, que custa R$ 179.900. Completamente atualizado, o utilitário esportivo enfim traz o motor 1.5 VTC (duplo comando de válvulas) Turbo com 190 cavalos a 5.600 rpm e 24,7 kgfm entre 2.000 e 5.000 rpm.

O Honda CR-V 2019 vem com sistema de tração integral com até 40% de torque entregue às rodas traseiras quando necessário, caso contrário, o eixo é desligado para reduzir o consumo de combustível. O utilitário nipônico vem ainda com controles de tração e estabilidade integrados ao sistema de direção elétrica, além de assistente de partida em rampa. A suspensão traseira multilink é nova e traz barra estabilizadora maior.

Estamos praticamente no meio de agosto e olha, dá tempo! Isso porque a famosíssima Harley-Davidson está ofertando condições especiais para a compra de diversas motocicletas zero quilômetro durante este mês, com direito até mesmo a um brinde único na aquisição de alguns modelos da família Touring.

Do que se trata

Anota aí: clientes que comprarem as motocicletas Road Glide Ultra, Ultra Limited e CVO Road Glide ganharão, no ato da compra de suas motocicletas, um exclusivo Cooler H-D forjado em ferro (foto acima), montado sobre quatro rodas que permitem sua fácil movimentação. Conta com duas tampas superiores para fácil acesso às bebidas e outros itens que precisem estar refrigerados por diversas horas. 

Mais incentivos

Os benefícios de adquirir uma motocicleta da marca em agosto são vários e contemplam motos de diferentes estilos para pessoas dos mais variados perfis. As condições especiais para a família Touring no mês de agosto são totalmente inéditas. Lançada no Brasil neste ano, com “nariz de tubarão”, carenagem fixa com farol duplo, além do motor Milwaukee-Eight 107, a Road Glide Ultra pode ser comprada de R$ 97.480,00 por R$ 89.490,00, com taxa de 0,99% ao mês, entrada de 40% do valor total e saldo em até 36 parcelas. 

Para a Ultra Limited são oferecidas as mesmas condições acima, com o preço saindo de R$ 98.480,00 por R$ 89.990,00.  A Forty Eight, representando a família Sportster com sua atitude Dark Custom com estilo pesado, também conta com condições especiais neste mês. Com motor V-Twin icônico para dar torque máximo em baixa rotação, tanque de combustível no estilo Peanut e roda dianteira robusta, durante o mês de agosto ela tem seu preço de R$ 48.680,00 por R$ 43.990,00 e pode ser comprada com 30% de entrada, saldo em 48 vezes e taxa de 0,99% ao mês. 

Representando a renovada família Softail, está a nova Breakout 114, uma dragster com toque moderno, despojado e agressivo. Ela conta com pneu traseiro de 240 mm. Nesse mês ela pode ser adquirida de R$ 76.480 por R$ 72.480, também com taxa de 0,99% ao mês, entrada de 40% do valor total e saldo em até 36 parcelas. Quem decidir usar uma motocicleta seminova como parte do pagamento também conta com R$ 4 mil de valorização para qualquer modelo. 

A linha 2018 da H-DB está disponível para test ride na rede de concessionárias do Brasil. Em Fortaleza, você já sabe, a marca é representada pela Newroad. Basta se inscrever no site https://harleydavidsonbr.secure.force.com/TestRide para testar os novos modelos da marca. Para consultar a concessionária Harley-Davidson mais próxima, acesse www.harley-davidson.com/br/pt/find-a-dealer.html. O que está esperando?

Gran Marquise Apoio e Patrocinio

Ford celebra a produção de 10 milhões de unidades do Mustang

10 de Agosto de 2018 . Por Jota Pompílio

Um dos carros mais badalados no mundo e que já tem um capítulo à parte na história do automóvel, o Mustang, a Ford festeja a sua produção que chega a 10 milhões. No seu segmento, é o carro esportivo mais vendido do mundo e líder do mercado norte-americano nos últimos 50 anos. No Brasil, o “muscle car” já somou 700 unidades vendidas em seis meses de lançamento, que representam nada menos que 96% da categoria.  Em Fortaleza, o modelo é vendido exclusivamente pela Starfor.

O modelo escolhido para simbolizar o marco de 10 milhões foi um Mustang GT conversível branco Wimbledon, com motor V8 de 466 cv, câmbio manual de seis velocidades e tecnologias avançadas de assistência ao motorista, produzido na fábrica da Ford em Flat Rock, Michigan, EUA. O primeiro Mustang de série (VIN 001) produzido em 1964 era da mesma cor e modelo, com motor V8 de 166 cv e câmbio manual de três marchas.

“O Mustang é o coração e a alma desta empresa e um dos carros preferidos em todo o mundo”, disse Jim Farley, presidente de mercados globais da Ford. “Quando vejo um Mustang passar na rua em Detroit, Londres ou Pequim, sinto a mesma emoção de quando comprei meu primeiro carro – um Mustang cupê 1966 que dirigi por todos os Estados Unidos quando era adolescente. É um carro que faz todo o mundo sorrir em qualquer idioma.”

Como parte da comemoração, mais de 60 proprietários de Mustangs de várias épocas ajudaram a escrever o número 10.000.000 com os carros na fábrica de Flat Rock, com sobrevoo de três caças P-51 Mustang. Durante seus 54 anos de história, o Mustang foi produzido também em San Jose, Califórnia, em Metuchen, Nova Jersey, e na fábrica original em Dearborn, Michigan.

Ícone cultural que inspira otimismo e independência, o Mustang também é o carro que conta com o maior número de fãs no Facebook em todo o mundo.

Mustang GT

Considerado o melhor de todos os tempos, o Mustang 2018 é oferecido no Brasil na versão de topo GT Premium, com motor V8 5.0 de 466 cv, transmissão automática de 10 velocidades com opção de trocas no volante e pacote de performance de série.

Ele vem com suspensão adaptativa MagneRide, freios esportivos Brembo, seis modos de condução, piloto automático adaptativo, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem e detecção de pedestres, assistente de frenagem de emergência e sistema de permanência em faixa com detecção de fadiga.

Painel digital configurável de 12 polegadas, escapamento com válvula ativa, registro de dados de performance Track Apps e Line Lock, que bloqueia eletronicamente as rodas dianteiras para o preaquecimento dos pneus traseiros, são outros recursos exclusivos do Mustang.