Ldb-apoio

Em junho, Novo Fiat Uno 2019 vem com uma série de novidades

15 de Maio de 2018 . Por Jota Pompílio

O compacto, que já foi febre e por muito tempo um dos carros mais vendidos aqui no Brasil, tentará repetir o sucesso de outrora. A tarefa é super difícil, claro! Porém, Uno é Uno, né? Por isso, para linha 2019, prevista para ser apresentada já no mês que vem, o “baixinho” tentará dar o trôco.

Para isso, corre no meio, que o Novo Uno deverá perder as versões Way e Sporting, que usam um motor 1.3 e batem de frente com o seu irmão, o Argo. O mais provável é que a linha 2019 tenha a atual versão Drive, com o motor 1.0, Firefly, de 77 cv, e uma opção mais em conta, que ressuscitará o antigo 1.0 Fire, de 75 cv. Quem é que não se lembra, né? Há quem suspire: “ah, que saudades desse Uno quando tinha o motor fire e se chamava Mille”. Na prática, seria a volta do Uno Vivace com atualização de estilo na tentativa de atrair o interesse dos consumidores.

O Mobi (acima), que desde que foi lançado, e que não conseguiu o brilho que o Uno Mille teve, também virá com novidades para ver se as vendas alavancam. Ele virá com a reformulação das suas versões. Desde o lançamento do subcompacto, sua única grande mudança foi a chegada da versão Drive, de três cilindros. Vem com direção elétrica e o 1.0 Firefly, de 77 cv e 10,9 kgfm. Entretanto, ele deverá seguir em oferta somente na versão de topo. Será que o Novo Uno 2019 voltará a ser um campeão de vendas? Vamos aguardar!!!!!!!

Lenita Negrao Apoio

Hilux Challenge: além do visual, valentia ela tem de sobra

14 de Maio de 2018 . Por Jota Pompílio

Não há como! Cearense que é cearense sempre que a vê, solta “eita que bichona!”. Aloprada, isto é, de porte enorme, a Hilux Challenge segue à risca mesmo sendo uma versão diferenciada. Em Fortaleza ou mesmo no interior do Ceará, antes mesmo de estacionar, o visual é bem recebido. “Essa aí é bonitona, hein? Quanto custa?”. “Na Newland, ela sai por 167.500,00”, respondo. 


Se o tamanho já chama atenção, o visual rubro-negro também não fica de fora, mas sem perder a "alma lameira". Por dentro, há protetores de plástico fosco no para-choque dianteiro e nas caixas de roda, adesivos (bem) chamativos nas portas e na caçamba, santantônio exclusivo, estribos laterais, rodas de liga leve aro 17 na cor preta, além de faróis e lanternas com máscara negra. 

Impressões

É na estrada que a Hilux mostra sua valentia. Senti isso na pele ao ir de Fortaleza para Icapuí, cerca de 210 de distância para a capital. Mesmo pesada, o motor de 177 cv menospreza seus 2.130 kg e a empurra com tanta facilidade que parece um  hatch envenenado. Detalhe: “a bichona” tem 2.8 turbodiesel. É preciso domá-la e sempre ouvir sua esposa quando ela pede para ir mais devagar. 

A direção é hidráulica e ao colocá-la em suas mãos, a picape transmite segurança na estrada, principalmente, em ultrapassagens. Em curvas, uma beleza! Nada de rodopios.  Na Hilux, estão disponíveis dois modos de condução, com os programas Eco e Power. O primeiro deixa as respostas mais suaves ao pedal do acelerador, enquanto no Power as marchas são esticadas transmitindo um comportamento mais vigoroso.

A suspensão foi capaz de absorver boa parte dos buracos. Durante a noite, as luzes do volante, portas e painel ficam bem nítidas dando um charme a mais. Os assentos parecem mais poltronas se agente comparar com a versões normais. Ah, quando fechamos o vidro, o som externo é quase inaudível.

Para colocá-la na terra e dunas, basta acionar a tração 4x4 com acionamento eletrônico por botão no painel, opção de marcha reduzida e até bloqueio do diferencial traseiro. A picape da Toyota dá conta do recado e pode transportar até 1.000 kg de carga. Por dentro, o espaço é fabuloso e uma família - de cinco mais uma criança – viaja super confortável. 

A tração 4×4 pode ser acionada em movimento com velocidade de até 100 km/h – a reduzida somente com o veículo parado e a alavanca de câmbio na posição N (Neutro).  

Custo-benefício

Se eu disser que a Chellenge é a opção mais barata com motor a diesel e câmbio automático de seis marchas, você acredita? Na prática, são quase R$ 10 mil de diferença em relação à SRV, que acrescenta à lista de itens controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa e saída de ventilação para a segunda fileira. Se não quiser tanto requinte e estiver disposto a abrir mão da segurança extra, a versão Challenge já oferece ar-condicionado digital, central multimídia de sete polegadas e airbag de joelho para motorista.

Vale lembrar que a novata também recebeu novos detalhes na cabine, onde a Toyota instalou frisos vermelhos, que seguem o mesmo tom das costuras dos bancos revestidos de tecido. 

FICHA TÉCNICA

Motor: Dianteiro, longitudinal, 4.cil em linha, 2.8, 16V, comando duplo, turbo, injeção direta de diesel
Potência: 177 cv a 3.400 rpm
Torque: 45,9 kgfm a 1.600 rpm
Câmbio: Automático de 6 marchas, tração integral temporária
Direção: Hidráulica
Suspensão: Indep. duplos braços triangulares (diant.) e eixo rígido (tras.)
Freios: Discos ventilados (diant.) e tambores (tras.)
Pneus: 265/65 R17
Dimensões: Compr.: 5,35 m; Largura: 1,85 m: Altura: 1,81 m;Entre-eixos: 3,08 m
Tanque: 80 litros
Capacidade de carga: 1.000 kg (fabricante)
Peso: 2.130 kg
Central multimídia: 7 pol., é sensível ao toque
Garantia: 3 anos

Não é preciso dizer que “Dia das Mães” merece ser lembrado em grande estilo, não é?  Aproveitando essa data, a linha Mercedes-Benz Collection selecionou peças especiais para homenagear esse grande ser. Sejam elas intelectuais, vaidosas, modernas ou tudo isso ao mesmo tempo, a coleção oferece uma ampla gama de produtos para impressionar nessa data.

Na concessionária cearense da marca,  em Fortaleza, na Newsedan, por exemplo, você pode comprar o presente para a sua mãe, fugindo do corre-corre que há no momento.  Lá, em sua lojinha, encontramos bonés bem trabalhados, bolsas, chaveiros super finos nas cores vermelha, preta e dourada, canetas premiums e camisas polo de super bom gosto e na moda. De acordo com a revendedora da marca premium, os artigos podem ser parcelados em até três vezes!

No site da Mercedes-Benz há também outras ofertas de agradar aos olhos. Entre as novidades está o relógio feminino Business. O acessório, fabricado na Suíça, possui design marcante com um mostrador à prova d’água preto de índices dourados. A joia, especial e sofisticada, combina com todas as mães e oferece muita versatilidade. Por suas cores sobreas, o relógio é ideal para o dia a dia ou para valorizar o look de uma celebração especial. Lembrando que estes artigos podem ser encontrados na Newsedan se você tem pressa!


Já a bolsa assinada pela marca BREE, parceira oficial da Mercedes-Benz Fashion Week de Berlim desde 2009, reúne charme e sofisticação atemporal. Suas alças de ombro e punho removíveis, feitas de couro, garantem conforto, praticidade e fazem dela uma companheira ideal para uma rotina intensa de compromissos. A peça oferece, também, espaço amplo com uma série de compartimentos.

Para as mães que buscam praticidade e organização, a carteira Wallet de couro serve para carregar poucos itens de forma elegante e funcional. O acessório em couro clássico preto com fecho de correr dourado compõe um look ainda mais sofisticado. No interior há dois compartimentos de nota, um compartimento de moeda com zíper e espaço para cartões. A carteira, pode ser ainda combinada com a bolsa BREE, criando uma excelente composição.

O catálogo Mercedes-benz Collection, desenvolvido exclusivamente para a marca, conta com mais de 600 produtos disponíveis. Os itens englobam desde artigos colecionáveis como miniaturas de grandes ícones da Mercedes-Benz, peças de vestuário e diferentes acessórios, até uma linha dedicada à divisão de superesportivos AMG. A linha conta, ainda, com uma série de outros acessórios como joias e uma coleção dedicada a produtos Swarovski®.

Os artigos do Mercedes-Benz Collection podem ser encontrados nos concessionários da marca, basta contatá-los para consultar a disponibilidade. A Central de Atendimento ao Cliente está disponível pelo telefone 0800-970-9090 para fornecer informações sobre os concessionários participantes. Os itens são também comercializados on-line por meio do link http://www.mercedes-benzcollection.com.br/

Se você tem “pena” de colocar seu SUV na lama, imagina se ele for de luxo. E põe luxo nisso! Assim é o primeiro SUV da marca Rolls-Royce, o Cullinan. Na prática, a marca inglesa está a inaugurar um novo nível de ajuda esportiva: o de luxo extremo aliado a um motor super potente.

A própria máquina que faz o Cullinan, ela leva, pela primeira vez, o mundo de superluxo para terrenos de estrada, sem ter que abrir mão da classe de motor  Ele é empurrada por um motor 6,75 V12 biturbo, da própria Rolls- Royce, que inteface até 570 cavalos de potência, com tração nas quatro rodas. A velocidade máxima é de 250 km / h.

Ao entrar no veículo, a suspensão é baixada automaticamente em 4 cm e ajustada à posição normal assim que o motorista dá a partida no motor pelo botão no console central. No porta-malas, dois assentos estão escondidos sob o assoalho. Com um toque, eles aparecem eletronicamente para que os passageiros apreciem a paisagem com conforto, seja no meio do deserto, em uma savana ou durante a partida de futebol dos filhos, exemplificou a fabricante. 

Já não porta malas, dois assentos estão escondidos sob o chão. Com o toque, eles aparecem eletronicamente para pagar uma paisagem com conforto, seja no meio do deserto, em uma savana ou durante uma partida de futebol dos filhos, exemplificou um fabricante.


Como uma estratégia, uma montadora não divulgou valores, entretanto, há uma especulação de que ele também estava em outro patamar sem preço, o valor estimado em £ 275 mil ( cerca de R $ 1.340.000,00  ). Em termos de tamanho, são 5,3 metros de comprimento, 2,1 m de largura e 1,8 m de altura, pesando 2,6 toneladas.





A cada dia nosso planeta necessita de ar mais limpo, livre de impurezas. Há fabricantes automotivas que levam isso ao pé da letra. Montadora premium, a Audi é uma delas e já contabilizou que pretende vender aproximadamente 800.000 carros totalmente elétricos e híbridos até 2025. O martelo foi batido na Assembleia Geral Anual da Audi AG, realizada ontem. 


Mas como fazer para que uma pessoa opte por este modelo? Aí vem a estratégia da fabricante germânica. Para permitir que um terço dos clientes decida a favor de um carro elétrico até meados da próxima década, a Audi revelou que deverá haver uma opção sustentável em cada linha de modelos seus até então – a maioria deles deve ser totalmente elétrica, com uma proporção menor como híbridos plug-in. 


“Nossa ambição sempre foi e continuará sendo a Vorsprung durch Technik”, diz Rupert Stadler, Presidente do Conselho de Administração da Audi AG. “Nosso objetivo é revolucionar a mobilidade. Também em mobilidade elétrica, queremos nos tornar o número 1 entre os fabricantes premium – com total adequação para o uso diário, sem compromissos, qualidade superior e prazer de dirigir para o cliente. Com nossa excelência tecnológica, estamos utilizando nosso Vorsprung e elevando a mobilidade elétrica para o próximo nível.” 

Quem entra na roda

Os lançamentos de produtos incluem mais de 20 modelos eletrificados em rápida sucessão até 2025. Em 2019, o e-tron Sportback será o segundo carro totalmente elétrico a ser lançado, seguido pelo e-tron GT da Audi Sport em 2020. A marca também oferecerá um modelo elétrico no segmento de compactos premium em 2020.O e-tron é o primeiro carro premium com produção de alto volume com certificação neutra de CO2.  

No lançamento do e-tron no mercado, os clientes europeus se beneficiarão de uma infraestrutura de carregamento de alto desempenho. A versão de produção do e-tron será o primeiro carro que pode ser carregado em estações de carregamento rápido com até 150 kilowatts. Isso fará com que o SUV elétrico esteja pronto para o próximo percurso de longa distância em pouco menos de 30 minutos. Sua bateria de íons de lítio oferece um alcance de mais de 400 quilômetros. 

“Em todo o mundo, estamos acelerando a implementação de novos modelos de negócios lucrativos nas áreas que serão essenciais para nossa indústria no futuro”, explica Alexander Seitz, membro do Conselho de Administração de Finanças da Audi AG. “Desde janeiro, implantamos as primeiras medidas do Plano de Ação e Transformação, com um valor baixo de três dígitos. As medidas identificadas terão um efeito sustentável e um impacto de longo prazo nas receitas e custos. Assim, teremos os mais benefícios a partir de 2020, quando o nosso plano se desenvolver, atingindo um total de 10 bilhões de euros até 2022. A Audi conseguirá assegurar sua forte rentabilidade, apesar dos altos níveis de investimento.”