A montadora francesa revelou as primeiras fotos oficiais da nova geração do compacto 208. Brasileiro que estiver em Genebra, poderá vê-lo no Salão de Genebra, na Suíça, entre os dias 7 e 17 de março. Além da mudança estrutural, dá para ver que o 208 terá mudanças de design significativas, que se alinham com a mais recente proposta visual da marca do leão. E desta vez o hatch contará também com uma inédita versão 100% elétrica na gama.

O novo Peugeot 208 é construído sobre a plataforma CMP (sigla de Plataforma Modular Compacta, em inglês). E já estava mesmo na hora de uma atualização, sem dúvida. Segundo a fabricante, o novo modelo virá mais 30 kg mais leve. A marca fala em maior suavidade de rolamento da cabine, e menos ruído dentro o ambiente.

Motorização

Além dos motores já conhecidos que equipam o novo 208, a maior novidade é a variante 100% elétrica. O Peugeot e-208 contará com um motor elétrico de 100 kW (136 cv) e 26,5 kgfm. O propulsor é alimentado por baterias de 50 kWh instaladas debaixo do piso que garantem 340 quilômetros de autonomia. As unidades atingem 80% de sua carga total quando abastecidas por 30 minutos em carga rápida.

Além disso, haverá quatro motores a combustão. As configurações equipadas com propulsor 1.2 Puretech a gasolina terão opções com 75 cv e câmbio manual de cinco marchas, com 100 cve caixa manual de seis marchas ou automática de oito, e 130 cv e transmissão automática de oito velocidades. E, ainda haverá uma opção movida a diesel, com motor 1.5 BlueHDI de 100 cvcom opção de câmbio manual de seis marchas ou automático de oito.

o novo 208 começa a ser vendido no segundo semestre na Europa. No Brasil ainda demora: sua chegada está prevista para 2021.



 

Pensando na preparação completa que deve ser realizada pelos clientes antes de encarar a estrada, a Harley-Davidson do Brasil apresenta dicas importantes para quem pretende viajar com segurança e tranquilidade no Carnaval. A segurança na pilotagem deve ser sempre a principal preocupação de todo motociclista e é um tema abordado constantemente pela H-DB, visando garantir sempre uma experiência completa com a marca. É sempre fundamental preparar o roteiro da viagem com atenção redobrada, além de utilizar as vestimentas apropriadas para a pilotagem, itens importantes que garantem o sucesso de uma aventura, além da manutenção adequada da motocicleta e um kit básico para qualquer emergência técnica. 

Rotas
Assim que o destino for estabelecido, verifique se existem postos de abastecimento e restaurantes em sua rota antes de pegar a estrada. Além do GPS, recomenda-se ter na mochila o mapa ou um roteiro impresso com as estradas e as saídas que serão utilizadas durante a viagem, caso o aparelho de GPS ou o celular fiquem sem bateria. É recomendável que o piloto faça uma parada a cada 90 minutos para poder esticar as pernas, alongar-se, movimentar os músculos e garantir a alimentação e hidratação. Isso ajuda a evitar os desconfortos de viagens longas e também auxilia na concentração, além de despertar em casos de fadiga. 

Revisão
A motocicleta precisa estar com todas as revisões em dia, pneus em bom estado e calibrados seguindo as recomendações do manual do proprietário, tanque abastecido com combustível de alta octanagem, bom nível de óleo e todas as lâmpadas funcionando perfeitamente (faróis, lanternas, luzes de freio, sinalizadores de direção e luz da placa). Caso qualquer um desses itens não esteja em perfeitas condições, o destino final escolhido pode ser a estrada, mas com uma parada obrigatório na concessionária Harley-Davidson mais próxima. Além da revisão em dia, é fundamental cuidar da limpeza da sua motocicleta H-D antes de sair em viagem: lembre-se de garantir que o modelo será lavado com os produtos corretos. Na ausência deles, o uso de água e sabão neutro ajudam a resolver o problema. Desta maneira, nenhuma peça será danificada durante a limpeza por produtos abrasivos que podem causar danos às motocicletas. 

Equipamentos de segurança
Antes de ligar sua motocicleta Harley-Davidson, verifique itens essenciais para a segurança pessoal, como luvas, capacete (sem danos, com adesivos refletivos e selo de homologação do Inmetro), calçados apropriados, como botas resistentes, por exemplo, jaqueta com protetores internos, calça com proteção nas articulações e quadril e capa de chuva (dependendo das condições climáticas) para piloto e garupa. Esses equipamentos garantem que, em uma possível queda, os danos sejam minimizados. Além dos equipamentos de segurança, caso tenha espaço na motocicleta ou nas bagagens, é importante carregar um kit de ferramentas básicas para ajudar na realização de algum reparo de emergência durante o ride.

Vale ressaltar, também, que cada motociclet a é única e necessita de um conjunto diferente de ferramentas. Ou seja, não adianta carregar uma chave fixa de 5/8” se não houver nenhum parafuso correspondente na moto. Outro fator para determinar exatamente quais ferramentas levar é a familiaridade com o modelo e seus requisitos técnicos específicos, além, é claro, do conhecimento de quais ações tomar para um possível reparo de emergência. 

Velocidade
Não tenha pressa. Respeitar sempre os limites de velocidade da estrada garante que o trajeto escolhido poderá ser bem aproveitado e a viagem transcorrerá com tranquilidade e toda a segurança, fazendo com que boas histórias sejam contadas no retorno. 

Manual do proprietário
Conhecer muito bem o manual do proprietário pode fazer toda a diferença para o motociclista em algum momento inesperado. Ou seja, entender o máximo possível da operação de cada um dos componentes principais da motocicleta ajudará caso algo não saia como planejado. Desta forma, será mais fácil diagnosticar o problema para o reparo ou na hora de solicitar auxílio profissional para a moto. 

É importante lembrar que, durante o período de garantia, os clientes da Harley-Davidson têm acesso ao serviço do Rider Assistance, então é fundamental ter o número caso seja necessário: 0800 131 854.
 

Assim como o meio ambiente, a palavra auônomo está super em voga. E é por isso que utilizando um tablet para acessar a plataforma elevatória: a Porsche testa a direção autônoma na própria oficina da empresa. O projeto de teste é parte de uma colaboração no contexto da plataforma de inovação Startup Autobahn, e está programada para conclusão em meados de 2019.

Segundo a montadora, este projeto envolve o trabalho da Porsche com a startup “Kopernikus Automotive” para montar um campo de testes nas instalações da empresa em Ludwigsburg. A jovem empresa de Berlim é especializada em tecnologia para carros autônomos, e o objetivo do projeto conjunto é permitir que os veículos passem do estacionamento para a plataforma elevatória e vice-versa, de forma totalmente autônoma. Pretende-se que a mecânica seja capaz de manobrar os carros esportivos para a posição correta na oficina, de forma rápida e automática, usando um tablet.

“A condução autônoma revolucionará nosso tráfego rodoviário em apenas alguns anos. No entanto, já podemos usar as possibilidades tecnológicas disponíveis hoje para tornar os processos de trabalho ainda mais eficazes e eficientes ”, comenta Alexander Haas, gerente de projeto da Automated Driving no workshop da Porsche. O projeto será implementado dentro de 100 dias por especialistas das áreas de condução altamente automatizada e assistida, bem como tecnologia de pós-vendas, juntamente com a Kopernikus Automotive; a equipe apresentará os resultados na Startup Autobahn “Expo Day” em Stuttgart, no dia 21 de fevereiro.

Teste virtual 

Antes dos veículos serem direcionados para a oficina de forma verdadeiramente autônoma, o primeiro passo é criar o local do teste, incluindo uma representação virtual do ambiente na oficina, que é usada para treinar uma rede neural artificial. Ele conduz mais de um milhão de quilômetros de testes virtuais e aprende de forma independente com base em dados de estrutura reais. Finalmente, o caso é testado sob condições reais. "Nossa equipe experimentará o uso de direção autônoma na oficina em operação de teste e queremos aprender com o feedback da equipe", comenta Thomas Eckert, responsável da Influência do Produto no pós-vendas.

A intenção é que a tecnologia AI, mais tarde, não só lide com a orientação do veículo, mas também identifique e localize objetos de forma independente, e planeje caminhos. Serão realizadas medidas extensivas para garantir a segurança na fase de implementação prática do teste, incluindo um limite de velocidade de sete quilômetros por hora e o uso adicional de um motorista humano.

Sobre a inicialização Autobahn

A Porsche é parceira da plataforma de inovação Startup Autobahn iniciada desde 2017, com o objetivo de levar empresas inovadoras de todo o mundo a Stuttgart com suas ideias. Várias empresas uniram forças, incluindo a Porsche, a Daimler, a Universidade de Stuttgart, a Arena 2036, a Hewlett Packard Enterprise, a DXC Technology, a ZF Friedrichshafen e a BASF, entre outras. Sob o guarda-chuva da Startup Autobahn, eles colaboram com startups em projetos pilotos específicos que duram um período de 100 dias. A Porsche implementou cerca de 50 projetos como parte da Startup Autobahn nos últimos dois anos e cerca de um terço dos resultados foram incorporados ao processo de desenvolvimento.

Prefeitura de Fortaleza

Kia apresenta novo carro conceito elétrico no Salão de Genebra

25 de Fevereiro de 2019 . Por Jota Pompílio

Para quem é fã da marca coreana, a Kia Motors Europe apresentará seu novo carro conceito totalmente elétrico no Salão Internacional do Automóvel de Genebra 2019. Projetado no Centro de Design europeu da Kia, em Frankfurt, o conceito é uma representação visual do desejo da marca de avançar cada vez mais no universo da eletrificação.

“O design automotivo deve prender o coração e fazê-lo bater mais forte - e acreditamos que não há absolutamente nenhuma razão para isso mudar simplesmente porque o carro é elétrico”, diz Gregory Guillaume, vice-presidente de Design da Kia Motors Europe.

“Imaginamos projetar um carro totalmente elétrico que não apenas atendesse às preocupações do consumidor em relação a alcance, desempenho, redes de recarga e dinamismo de condução, mas que também impressionasse ao olhar para ele e dirigi-lo”, explica Guillaume. "É por isso que nosso conceito totalmente elétrico é projetado não apenas para acelerar a pulsação, mas para também sinalizar nossa abordagem holística e emocional em relação à eletrificação".

A Kia apresentará seu novo conceito no próximo dia 5 de março.

Prefeitura de Fortaleza

Imagina o que o Mercedes-AMG GT 63 chegou a inspirar

25 de Fevereiro de 2019 . Por Jota Pompílio

Em Miami, A Mercedes-AMG e a Cigarette Racing apresentaram o "41’ AMG Carbon Edition" na Feira Internacional de Barcos. Na prática, foi o décimo primeiro ebarco desenvolvido nessa parceria de longa data estabelece novos padrões em termos de desempenho e versatilidade. Seu design e construção foram inspirados no cupê de 4 portas Mercedes-AMG GT 63 S, que passou a ser vendido no Brasil desde outubro de 2018. O modelo está disponível na Newsedan - concessionária da marca em Fortaleza.

“Por doze anos, temos elevado os limites de desempenho em terra e no mar com a Cigarette Racing. Inspirado no incrível cupê de 4 portas Mercedes-AMG GT 63 S, o 41’ AMG Carbon Edition impressiona com seu altíssimo desempenho e design expressivo", diz Tobias Moers, Chairman da Mercedes-AMG GmbH.

Para obter performance dinâmica e versatilidade, a equipe de engenheiros da Cigarette Racing focou em uma meta durante o trabalho de desenvolvimento: a redução do peso. Comparado ao modelo apresentado pela parceria em 2017, o GT R Perfomance, os engenheiros conseguiram reduzir cerca de 250 quilos, graças a otimização de materiais leves que inclui fibra de carbono. O casco de 41 pés (12,5-metros) de comprimento apresenta uma construção rígida inovadora, com laminados de fibra de carbono estrutural em ambos os lados. Além disso, o deque, o leme, o revestimento do teto e a capota rígida do barco também são feitos de fibra de carbono. Essa construção leve também garantiu a diminuição do centro de gravidade, melhorando a condução nas manobras em alta velocidade.

Alto desempenho 

O barco é movido por quatro motores externos Mercury Racing 400R. Juntos, geram 1.600 cv, que proporcionam uma velocidade máxima de 142 km/h. Estes números de desempenho são extraordinários neste segmento de barcos. O luxuoso espaço interior permite que grupos de passageiros maiores sejam acomodados. Por exemplo, ele pode transportar oito passageiros em velocidade máxima ou até 20 passageiros em velocidade de cruzeiro.

O design do 41’ AMG Carbon Edition

O design expressivo do barco é o resultado da parceria dos designers das marcas. O casco é pintado com a tonalidade cinza grafite magno, com um acabamento desenvolvido exclusivamente para o cupê de 4 portas.

Estas características centrais de design continuam no interior, onde criam um ambiente genuinamente Mercedes-AMG. Por exemplo, o estofamento do banco customizado tem sua cor em armonia com os padrões exteriores, projetados exclusivamente para essa edição, que apresenta outra novidade: a tecnologia inovadora "Cigarette Cool", que consegue refletir até 30% do calor absorvido, tornando possível a escolha de cores mais escuras para o interior.

Já o cockpit é equipado com três telas sensíveis ao toque de 17 polegadas, full-HD Garmin. A tela mostra as coordenadas do GPS, gráficos de navegação e dados sobre o motor e operação. Ela também pode ser usada para controlar a iluminação ambiente a bordo.