Carmais-Honda Nova Luz

Outubro veio para dar boas notícias e indica que será recorde

18 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

Passados 15 dias deste mês, a quinzena já registrou um aumento de 33% em relação à primeira quinzena de outubro do ano passado. Olha só! Pelos números oficiais, a venda diária passa de dez mil unidades em todo o Brasil. A matemática é simples: se as vendas de veículos continuarem nesse ritmo durante todo o mês tal qual a primeira quinzena, outubro deverá registrar um novo recorde para o ano e o melhor mês desde janeiro de 2015.

Com 101.076 unidades licenciadas até esta segunda-feira, 15, o mercado registra vendas diárias de 10.107 carros e comerciais leves, volume pouco abaixo do registrado em setembro, mas como outubro terá 22 dias úteis (contra 19 do mês passado), a expectativa é de que as vendas superem as 220 mil unidades no fechamento do mês.

Na ponta do lápis, houve crescimento de 12,25% em relação à primeira quinzena de setembro e de 33% sobre a primeira quinzena de outubro do ano passado. No total do ano, foram vendidos 1.649.836 carros e comerciais leves até esta segunda-feira.

A GM continua se distanciando das concorrentes: fechou o período com 20,3% de participação e 20.548 unidades. Volkswagen (15,8%) e Fiat (12,6%) vêm a seguir. 

GM 20.548 uni 20,3 %

Volkswagen 15.949 uni 15,8%

Fiat 12.694 uni 12,6%

Toyota 9.131 uni 9%

Ford 9.060 uni 9%

Hyundai 8.424 uni 8,3%

Renault 6.547 uni 6,5%

Honda 4.954 uni 4,9%

Jeep 3.876 uni 3,8%

10º Nissan 3.413 uni 3,4%

Quem passar pela Av. Barão de Studart, 1540, na mais nova concessionária inaugurada pelo grupo Carmais, a Ford Jangada, bem que ficará tentado a levar a Ranger XLS 2.2 AT diesel. Primeiro pela boa mecânica. Segundo, pelo preço que está realmente tentador: de R$ 153.240,00 por 125.990,00. Valor esse praticamente de fábrica.

Eduardo Furtado, diretor da autorizada cearense, afirma que a Ranger tem como forte a dirigibilidade, conforto, estabilidade, força, design e tecnologia de ponta, como atributos para quem a tem. Segundo o profissional, o perfil de quem a compra é casado, 40 anos, bem sucedido “e que gosta de viajar, gosta de aventura e tem fazenda  ou casa de praia”, revela. Eduardo salienta que muitos compram picapes de olho na garantia e “isso ela tem de sobra: são 5 anos de garantia”.

Esta versão XLS 2.2 4x2 automática é praticamente a versão de entrada da Ranger com motor diesel. Como itens de série diferenciais dela há sete airbags, central multimídia com câmera de ré, computador de bordo e comandos para o uso do celular. Se você estiver pensando em comprar uma ou mesmo passando pela avenida, não custa nada fazer um test drive, ok?



 

O "Jipinho 4x4" que já foi 100% cearense e orgulho estadual, o Troller, também apareceu com mudanças. A marca, que pertence hoje a Ford, antecipou em primeira mão as novidades que vai exibir no Salão do Automóvel 2018, em São Paulo. E o destaque da mostra será o novo Troller T4 2019, além de modelos especiais equipados com acessórios e conceitos que revelam as futuras tendências do utilitário.

O Troller T4 2019 terá as vendas iniciadas já este mês, com duas novas opções de cores, o vermelho Toscana e o cinza Moscou. Ele traz também uma central multimídia exclusiva da JBL/Harman, com tela de 6,5 polegadas e várias funções de conectividade. O equipamento aumenta a funcionalidade do utilitário, que vem de série com computador de bordo, ar-condicionado automático digital de dupla zona e teto solar duplo.

Outra novidade que estará no estande da Troller é o conceito TX4, mostrando os caminhos que vão orientar o futuro desenvolvimento do utilitário. Além de novas combinações de cores, ele prevê equipamentos que preparam o veículo para aventuras ainda mais radicais.

A mostra terá ainda a apresentação de um conceito futurista em forma de holograma, criado como exercício de design para testar a reação do público, e um Troller T4 equipado com a linha de acessórios originais da marca. Ela é formada por mais de 100 itens de funcionalidade e personalização, como snorkel, guincho, para-choques de aço, pneus lameiros, estribos de aço, bagageiro e diversos tipos de protetores para quem deseja agregar estilo e praticidade nas trilhas.

“O Troller T4 é um veículo único, tanto no desempenho e no design como na proposta de mercado. Ele teve uma grande evolução nos últimos anos e agora avança também na conectividade para atender suas múltiplas opções de uso”, diz Demétrio Fleck, gerente de Marketing, Vendas e Serviços da Troller.

Legítimo off-road, o T4 se destaca pela carroceria em compósito especial, resistente ao impacto e corrosão, pelo motor 3.2 Diesel de 200 cv e tração 4x4 com comando eletrônico e diferencial traseiro autoblocante. Esse conjunto permite ao utilitário, por exemplo, superar com facilidade aclives de até 45 graus e áreas alagadas com 800 milímetros de profundidade.

Público

O Troller T4 é conhecido pelo desempenho nas competições, com vitórias em importantes provas nacionais e internacionais, como Rally dos Sertões e Paris-Dakar. Ele também é utilizado em serviços como corpo de bombeiros, polícia e manutenção em terrenos fora de estrada. Dono de um público fiel, mesmo com as oscilações do mercado tem mantido um volume estável de vendas na faixa de 120 unidades mensais.

A marca oferece aos proprietários do Troller T4 um programa de rali exclusivo, a Copa Troller. A competição promove há 16 anos etapas em várias regiões do Brasil, com categorias que permitem a participação de pilotos e navegadores com diferentes graus de habilidade.“O T4 atrai clientes que gostam de viver novas aventuras junto da família e dos amigos, conhecer novos lugares e estar junto da natureza. E também atende aplicações profissionais que exigem um veículo off-road robusto e confiável, com três anos de garantia”, completa o executivo.

HAISA

Audi vai de A7 Sportback. E aí, vai encarar?

16 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

No Salão do Automóvel de São Paulo, a nova geração do Audi A7 Sportback será destaque da marca. De acordo com a fabricante, o veículo incorpora atributos de um novo estilo de Gran Turismo, oferecendo uma digitalização sistemática, uma experiência de direção dinâmica e um conceito de espaço que combina uma vasta gama de solicitações de clientes.

A lista de equipamentos de série do novo A7 Sportback no mercado brasileiro é imensa e inclui rodas de 20 polegadas, revestimentos de couro Valcona, bancos esportivos, lane assist, side assist, controle de cruzeiro adaptativo, pacote de luzes ambiente e de contorno, câmera 360o, sistema de som Bang & Olufsen, kit esportivo S line, entre outros.

O A7 Sportback melhora ainda mais a síntese de dinâmica e conforto. O carro é dinamicamente ágil em estradas sinuosas e confortável em rodovias. O diferencial esportivo distribui o torque ativamente entre as rodas traseiras, complementando a direção em quatro rodas quattro padrão.

Eletrificação ampliada

A dirigibilidade do A7 Sportback é ainda mais eficiente graças a um novo sistema híbrido leve (MHEV, mild-hybrid system). O MHEV se baseia em um sistema elétrico primário de 48 volts e um alternador de correia (BAS) gerando até 12 kilowatts de potência de recuperação. O carro pode andar com o motor desligado em uma gama vasta de velocidades e então reiniciar suavemente usando o BAS. A função start-stop agora é ativada a 22 km/h. O motor é combinado com um câmbio S tronic de sete marchas que, junto ao sistema quattro, usa a tecnologia eficiente ultra para ativar a tração nas rodas traseiras conforme o necessário.

Motor

O 3.0 TFSI V6 turbo desenvolve uma potência de 340 cv e 500 Nm de torque. Ele acelera o cupê de quatro portas de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos, chegando a uma velocidade máxima de 250 km/h. No ciclo NDEC, o A7 Sportback consome 6,8 litros de combustível a cada 100 quilômetros, o que corresponde a 154 gramas de CO2 por quilômetro.

Cupê, sedã e perua em um só modelo

O design de um cupê, o espaço de um sedã e a versatilidade de uma perua – a nova geração do A7 Sportback combina o melhor dos três mundos. Em comparação com a geração anterior, sua parte interna cresceu em termos de comprimento em 21 milímetros. O compartimento de bagagem tem 535 litros e pode ser expandido em até 1.390 litros com os bancos rebatidos. O Gran Turismo é bem avaliado por sua rigidez, segurança em colisões, aerodinâmica e aeroacústica. 

Detalhe

O cupê de quatro portas sai da linha de montagem na unidade de Neckarsulm e será lançado no mercado brasileiro no primeiro semestre de 2019.

 

 
 

Lexus - Selo

Kia ousa e revelará o Stinger GT, a máquina coreana

16 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

Claro que todos nós estamos a par que a Kia voltou a vender bem no Brasil. Aqui, por exemplo, em Fortaleza, na Kia Jangada, as vendas estão bem aquecidas. O fato é que além dos modelos serem bem aceitos pelos clientes, a montadora está ousando, voando mais alto. Uma prova é que o Stinger GT, a máquina dos sonhos da Kia, no próximo mês, deverá ser um dos destaques do Salão do Automóvel. E olha, para virar realidade no Brasil basta um passo, viu?

De cara, percebe-se que o carro é uma daquelas máquinas dos sonhos. É um daqueles modelos que se diz “uau” sem querer. Para se ter uma noção é um sedã esportivo com um super motor V6 3.3 de 370 cavalos, que atinge 100 km/h em apenas cinco segundos. Sim, cinco segundos! Desempenho esse de carro de corrida! Atinge máxima de 270 km/h.

Com capô alongado, o Kia Stinger tem aparência esportiva e deve agradar os amantes de velocidade. O carro será vendido no Brasil por R$ 400 mil. E cá entre nós, para quem já o dirigiu, confessou me que vale cada centavo. Ah, o carro tem transmissão automática de oito marchas, controle de torque e suspensão eletrônica com ajuste de altura do amortecedor. Depois do evento, se prepara para vê-lo dobrando uma esquina ou parado no sinal de trânsito.