Esse ano está sendo só de “louros” para a concessionária Novaluz. Fundada em 1998, a autorizada completou esse ano duas décadas de serviços automotivos prestados à sociedade cearense. Recentemente, da Honda, conquistou a Certificação Máxima da montadora. Na prática, é um reconhecimento que as três lojas que atuam no Ceará estão seguindo á risca os padrões internacionais da Honda em satisfação, atendimento, pós-venda, serviços, entre outros.    

Para Oduénavi Ribeiro, diretor geral da Novaluz, a conquista dessa certificação “representa a entrada para o grupo mais seleto da Honda no Brasil no pós-vendas e em especial no que se refere a satisfação dos nossos clientes”. Segundo ele, o reconhecimento aconteceu porque houve um “total comprometimento da minha equipe na conquista desta meta, através da disciplina pelos processos e no encantamento dos nossos clientes. As pessoas fazem a diferença sempre”, acredita o profissional.

Atualmente, a autorizada conta com 200 funcionários bem treinados, seguindo o padrão e DNA da marca. Com o passar do tempo, não é à toa que a Novaluz possui todos os certificados Honda de qualidade e excelência nos serviços. Segundo o profissional, o modelo que mais vende é o utilitário esportivo HR-V e que esse ano segue líder em seu segmento. No hall, existem outros modelos disponíveis que completam todos os segmentos como sedã, esportivo, hatch, monovolume, entre outros. A Novaluz atua com três concessionárias entre os principais corredores da cidade.

Futuro

Ribeiro declara que a concessionária cearense já se comprometeu com a montadora em “metas ousadas de crescimento para 2019 e temos a certeza que com muito trabalho iremos atingir e até superar, se Deus quiser”, diz. Para finalizar, Ribeiro enfatiza que está muito orgulhoso, pois a Honda tem padrões altamente exigentes e “termos conseguido classificar as três lojas em Fortaleza com o mais alto nível de excelência dos 4HS, de fato, é uma vitória imensa, e que aumenta cada vez mais a nossa responsabilidade em melhorarmos cada vez mais, conquistando assim a fidelidade dos nossos clientes, pois temos a certeza  que o primeiro carro se vende no showroom mas o segundo se vende na oficina, através de um serviço digno de encantamento”.

Com ele pode-se afirmar: é um dos sedãs mais luxuosos do mundo e o brasileiro poderá testemunhar de perto. Isso porque o novo Audi A8 fará sua primeira aparição em território brasileiro durante o Salão do Automóvel, em São Paulo, nesta edição . Em sua quarta geração, o modelo tornou-se uma referência em tecnologia ao trazer uma nova linguagem de design, um inovador conceito operacional interativo e uma tração integral elétrica. Ponto para ele, pois já está politicamente correto! O A8 também é o primeiro automóvel de produção em série no mundo com condução autônoma nível 3, afirma a marca.

Design externo

O A8 chama pelo porte do tamanho: imenso. Na parte estética, a dianteira tem grade ampla e vertical. Carroceria fluida e musculosa simbolizam elegância esportiva, sofisticação e status progressivo. O sedã possui uma presença poderosa – seja na versão standard, com 5,17 metros de comprimento, ou na alongada A8 L, que possui uma distância entre-eixos 13 cm maior. 

Por dentro da máquina

Adentrando, o A8 não decepciona. Tem ambiente suntuoso e espaçoso. Comparado ao modelo anterior, o carro ganhou comprimento em ambas as versões de carroceria. Também traz  uma abrangente variedade de equipamentos e materiais, com detalhes personalizados – das perfurações nos estofamentos dos assentos às persianas abertas e fechadas eletricamente nas saídas de ar.

Há assento para relaxamento opcional no A8 L vem com quatro opções de ajuste diferentes e um apoio para os pés. Nesse assento, o passageiro poderá se aquecer e massagear as solas dos pés. Os novos e confortáveis apoios de cabeça completam a experiência. Os passageiros do banco de trás também poderão controlar uma ampla variedade de funções, como iluminação ambiente, as novas luzes de leitura HD Matrix e massagem no assento, além de fazer telefonemas por meio de uma unidade operacional separada. 

Ah, a interface do usuário é exibida assim que o carro é aberto. O motorista utiliza o sistema de infotainment com na ponta dos dedos na enorme tela do painel.

Condução autônoma 

O novo A8 será o primeiro carro com condução autônoma nível 3 a ser produzido em série. O assistente de trânsito Audi AI assume controle da condução quando o trânsito está lento, até 60 km/h, em rodovias onde uma barreira física separa as duas faixas da pista. O sistema é ativado usando o botão AI no console central.

O assistente de trânsito administra a partida, aceleração, direção e frenagem. O motorista não precisa mais monitorar o carro permanentemente. Ele poderá retirar suas mãos do volante e, dependendo das leis nacionais, focar em uma atividade diferente oferecida pelo automóvel, como assistir TV. Assim que o sistema alcançar seus limites, ele convocará o motorista para retomar o controle da tarefa de condução.

Na crista da onda: as motorizações

O novo A8 traz dois motores turbo V6 totalmente reformulados: um 3.0 TDI e um 3.0 TFSI. O motor a diesel desenvolve 286 cv, e a versão a gasolina, 340 cv. Duas versões de oito cilindros – um 4.0 TDI com 435 cv e um 4.0 TFSI com 460 cv – virão logo a seguir.

 A versão com o exclusivo motor de ponta é o 6.0 W12. Os motores operam juntamente com um dispositivo de arranque com alternador de correia (BAS), que é o centro nervoso do sistema elétrico de 48 volts. Essa tecnologia híbrida leve (MHEV, veículo elétrico híbrido leve) permite que o carro fique parado com o motor desligado e seja suavemente reiniciado. Ele também possui uma função estendida de arranque/parada e uma saída de recuperação de energia de até 12 kW. O efeito combinado dessas medidas é reduzir ainda mais o consumo de combustível dos motores já bastante eficientes – em até 0,7 litros por 100 quilômetros rodados sob condições reais de condução.  
 


Beach Park

AMG Performance Tour. Bora dar uma super volta?

23 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

Sabe aquelas “máquinas” da gente ficar babando e não tirar o olhar quando elas passam? Pois é, a Mercedes-Benz realiza esse sonho e só tem amanhã para conferir o AMG Performance Tour 2018, no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). Cearense que estiver por coincidência por lá, não perca, hein!  Segundo a fabricante premium, o intuito é apresentar aos clientes e convidados da marca uma experiência completa com destaques da linha AMG, a ação oferece teste-drive de produtos de seu portfólio de superesportivos na pista de corrida, além de proporcionar um circuito off-road com SUVs da marca. 

Durante o evento, os convidados têm a oportunidade de testar em pista o lançamento Mercedes-AMG CLS 53. O modelo conta com a tecnologia EQ Boost, que gera 22 cv e combina a elegância e o dinamismo de um coupé com o conforto e a funcionalidade de um sedã, além de inaugurar um novo segmento de motores no portfólio da marca: os motores 53, com seis cilindros. Além disso, os participantes podem dirigir em primeira mão o Mercedes-AMG GLC 63 S Coupé e o Mercedes-AMG GT C. No total, são escolhidos mais de 20 automóveis para experiência de condução. 

Os artigos que compõem o Mercedes-Benz Collection, linha de produtos exclusivos para os apaixonados pela marca da estrela, também são expostos no evento em uma loja totalmente personalizada para a linha de produtos e lifestyle Mercedes-AMG. Neste ano, a marca traz os últimos lançamentos da linha na Alemanha e apresenta com exclusividade a nova linha AMG Petronas de produtos de Fórmula 1, com os bonés dos pilotos Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. 

Dia feito para elas 

Na quarta-feira (24), durante a manhã, acontece o dia especial para convidados Mercedes-Benz, no qual os participantes têm a oportunidade de realizar as atividades nas pistas on e off-road com os modelos citados anteriormente. 

No período da tarde, é realizado o Ladies Day, com uma programação reservada especialmente para o público feminino, que se mostra cada vez mais envolvido e interessado pelo universo dos superesportivos. Nesta ação, as convidadas têm uma experiência de pista com os modelos AMG, além do circuito off-road e um workshop de direção defensiva. 

Novo embaixador da marca 

No AMG Performance Tour 2018, o estilista Ricardo Almeida é anunciado como o novo embaixador da Mercedes-AMG, marcando o início de uma série de ações entre as marcas. Da mesma forma que a moda está sempre buscando novas tendências, a Mercedes-Benz desenvolve seus materiais pensando em cada detalhe de acabamento e na composição de cores, reforçando a sofisticação de seus automóveis. 

Considerando as similaridades desta parceria, o Ricardo Almeida desenvolverá dez itens especiais para a Mercedes-AMG Collection, com cinco itens produzidos por ano e lançados dentro dos desfiles anuais do estilista. A Mercedes-AMG também estará presente nos desfiles de 2019 e 2020 do estilista como parceira oficial, além de estar em toda comunicação visual do evento. 

AMG Private Lounge 

Durante o evento, é apresentado o AMG Private Lounge:  plataforma de relacionamento que todo cliente Mercedes-AMG poderá participar. A ação tem o intuito de estreitar o relacionamento com esse público, fidelizando os clientes e proporcionando experiências exclusivas.  Ao fazer parte do AMG Private Lounge, o cliente tem acesso ao site oficial (https://www.mercedes-amg.com/privatelounge/) e passa a receber informativos da marca, além de ser convidado para encontros e eventos de alta performance no Brasil e, posteriormente, em outros países. E aí, ficou tentado? 

LDB (bonificação)

Finalmente, valeu a espera! McLaren Senna desembarca no Brasil

23 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

Um dos modelos de rua mais radical, ousado e produzido até hoje pela montadora premium inglesa, tem tudo para ser a principal atração do Salão do Automóvel de São Paulo 2018, em novembro. Para os fãs, um evento inesquecível a presença do McLaren Senna. 

Segundo a McLaren, a cor Delta Red, a máquina vai estar exposta entre os dias 08 e 18 de novembro no estande da marca SENNA, montado na área Vip Dream Lounge do evento. Pela primeira vez, o público brasileiro e os fãs do piloto Ayrton Senna poderão ver de perto um dos veículos mais potentes, rápidos e com melhor aerodinâmica do mundo.

“O McLaren Senna foi escolhido a dedo para representar a marca SENNA na categoria de superesportivos. Estamos muito felizes de poder trazer este carro ao Brasil para que os fanáticos por carro e os fãs de Ayrton Senna possam vê-lo mais de pertinho. Durante todo este ano fizemos eventos para mostrar o carro ao redor do mundo, e o Salão do Automóvel não poderia faltar”, afirma Bianca Senna, CEO responsável pela marca SENNA.

Além do superesportivo, a marca SENNA vai expor também no salão o carro de corrida de Fórmula 1 MP4/6, que foi utilizado pelo piloto Ayrton Senna, em 1991, quando ele conquistou a sua primeira vitória no Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos.

Sucesso

As 500 unidades que estão sendo produzidas na McLaren Automotive, em Woking, na Inglaterra, foram imediatamente comercializadas. Três delas para o mercado brasileiro e por aproximadamente R$ 8 milhões cada uma. A primeira delas deve chegar ao País até o final do primeiro semestre do ano que vem. A marca tem uma concessionária em São Paulo. 

 

O que é capaz

Inspirado no comportamento diferenciado e competitivo do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna, o novo McLaren Senna é o carro de estrada mais rápido de toda a história da McLaren: atinge velocidade máxima de 340 km/h e acelera de 0 a 200 km/h em apenas 6,8 segundos. Faz de 0 a 100 km/h em excepcionais 2,8 segundos!

Este desempenho alucinante é proporcionado pelo motor V8 bi-turbo, de 4 litros, com 800 cavalos de potência máxima (a maior entre todos os modelos de rua da marca) e 800 Nm de torque, sendo 700 Nm disponíveis a apenas 3.000 rpm.

Outra tecnologia avançada do superesportivo está em sua aerodinâmica de chassi proporcionada pela combinação revolucionária da suspensão desenvolvida para o McLaren P1 ™ com a mais recente criação de controle denominada RaceActive Chassis Control II (RCC II).

Esta suspensão inovadora proporciona desempenho inigualável. O sistema de suspensão de última geração foi projetado para gerar e gerenciar incríveis cargas aerodinâmicas e criar um desempenho de pista sem concessões. O RCC II permite que a McLaren Senna seja conduzida na estrada com relativo conforto; no entanto, selecione o modo Race e o superesportivo pode oferecer uma volta verdadeiramente incrível, com níveis de downforce nunca antes vistos em um carro de estrada, e rigidez de rolamento que é comparável a um carro de corrida com especificação GT3. 

Além da exclusiva suspensão, o McLaren Senna tem outros elementos aerodinâmicos ativos, incluindo a gigantesco aerofólio traseiro duplo controlado por um sistema hidráulico. Sua atuação lembra a asa de um carro de Fórmula 1, já que ele se reposiciona constantemente para aumentar o nível de pressão aerodinâmica, além de atuar como freio aerodinâmico em velocidades altas. Todas as tomadas de ar são funcionais, inclusive aquelas presentes abaixo dos faróis e das lanternas.

O McLaren Senna produz até 800kg de downforce - 200kg a mais que o McLaren P1 ™ - e os flaps dianteiros e a asa traseira ativos são fundamentais para desbloquear esse desempenho aerodinâmico. O inovador aerofólio ativo aproveita o fluxo de ar, otimiza o equilíbrio do veículo e mantém a janela aerodinâmica o mais ampla possível. Isso abre o potencial da McLaren Senna e permite que o motorista se aproxime cada vez mais dos limites do carro.

Colaboram também os pneus especiais Pirelli P Zero Trofeo R 245/35 ZR 19 na frente e 315/30 ZR 20 na traseira, que envolvem as rodas de alumínio ultraleves com uma porca central – como em um carro de competição.

Ibyte (bonificação)

Ford GT aumenta a produção devido à alta procura

22 de Outubro de 2018 . Por Jota Pompílio

Se há um segmento que nunca sai de moda são os carros esportivos. E imagina os superesportivos! Estes parecem que foram feitos para o deleite de nossos olhos! Bom, o fato é que a norte-americana Ford acaba de anunciar que a produção do superesportivo Ford GT será ampliada em aproximadamente dois anos para atender à forte demanda dos clientes. A companhia produzirá, no total, cerca de 1.350 unidades para consumidores do mundo todo até 2022.

A partir de 8 de novembro, os pedidos serão reabertos por um mês para compradores em mercados selecionados que desejam se juntar ao seleto grupo de proprietários do modelo mais exclusivo produzido pela Ford. Os potenciais clientes poderão fazer a inscrição no site FordGT.com e os selecionados terão uma experiência de compra personalizada por meio do Serviço de Concierge Ford GT.

“Houve uma procura sem precedentes pelo modelo, com a demanda superando a oferta em mais de seis para um”, disse Hermann Salenbauch, diretor da Ford Performance. “Ao prolongar a produção do Ford GT por um período limitado, conseguimos manter a exclusividade do superesportivo, que é um objeto de desejo, ao mesmo tempo em que oferecemos a experiência de propriedade a um maior número de clientes.”


Anteriormente, a Ford havia anunciado a produção limitada a 1.000 veículos ao longo de quatro anos, que teve início em dezembro de 2016. O superesportivo tem sob o capô o motor  EcoBoost V6 biturbo de 3,5 litros, carroceria de fibra de carbono e atinge velocidade máxima de 347 km/h.

A empresa também anunciou recentemente uma nova versão Ford GT Heritage Edition, que celebra o 50º aniversário do Ford GT40, vencedor de Le Mans em 1968 e 1969.