A Volvo Cars vai tão bem que o ótimo resultado respingou para uma pessoa: o presidente da marca no Brasil. O que vai acontecer? A montadora unificou a administração dos mercados latino-americanos e, para liderar essa operação, nomeou o brasileiro Luis Rezende, atual presidente da Volvo Car Brasil.

Assim, desde deste mês, o executivo ampliou suas responsabilidades para assumir a chefia dessa nova estrutura, que terá sua sede em São Paulo. Esse centro de operações inclui o Brasil, o México e os importadores da América Latina.

Já deixou uma para trás

Por meio de ações que fortaleceram a rede de concessionárias, de investimento nos serviços de pós-venda e de renovação sustentada de sua linha de produtos – focada nos utilitários esportivos – o executivo liderou a Volvo Car Brasil para um crescimento robusto de 96% nos emplacamentos em 2018 sobre o ano anterior, batendo o recorde histórico da marca com 6.836 unidades vendidas. Esse resultado garantiu à fabricante sueca 13,9% de participação de mercado, ultrapassando a Land Rover.

A seta sobe

Em 2019 o ritmo acelerado de expansão se mantém. Em janeiro e fevereiro, a marca comercializou 1.056 automóveis, um crescimento de 63% em relação ao mesmo período de 2018. O objetivo é fechar esse ano com mais de 8 mil carros emplacados.

Em suas novas atribuições, Luis Rezende, que mantém a presidência da Volvo Car Brasil, assume o desafio de construir um mercado único e forte na América Latina, alavancando sinergias para garantir um crescimento promissor e sustentável na região. Ele também passará a compor a equipe de gerenciamento executivo da região Américas.




“Um dia diferenciado e especial”. É assim que a Haus – autorizada da BMW em Fortaleza – abre neste sábado, das 08 horas até as 16 horas, “para ótimas oportunidades para quem for nos visitar, olhar e sair daqui com um BMW para casa”, ressalta Saulo Parente, gerente da concessionária.

De acordo com ele, haverá um brunch exclusivo e taxas zero nas linhas série 3, X1, X2 e X3.  Que tal? Como a concessionária alemã é nova na cidade, aí vai o endereço: Av. Washington Soares, 6623. Claro que no hall haverá outros modelos de lançamentos, os inconfundíveis MINIs e motos super potentes. Faça a proposta! O gerente confessa está aberto para negociar qualquer uma!!!  

A marca, que vem se consolidando cada vez mais no gosto cearense, e já ocupa a segunda posição de ranking de vendas no Ceará, no segmento premium. De nova administração, a Haus está sempre promovendo eventos como este para se aproximar mais de sua clientela e fazer novas. Não é à toa que na capital cearense a gente se "esbarra" com vários modelos da marca premium.

Ano passado,  167 modelos BMW foram vendidos em nosso Estado. Os modelos que mais venderam foram das versões da Série 3 e do SUV compacto X1. Para este ano, Saulo espera chegar a 230 carros vendidos. 

Ao longo de todo o mês de março de 2019, concessionárias da marca estão oferecendo condições únicas para a compra de motocicletas da família Softail. O destaque fica por conta dos modelos Fat Boy e Fat Boy 114, Ano/Modelo MY 18/19 e 19/19: durante o mês de março os modelos contam com condições especiais, a Fat Boy tem seu preço de R$ 72.900,00 por R$ 69.900,00, enquanto a Fat Boy 114 tem seu preço de R$ 78.900,00 por R$ 75.900,00.

Além disso, até o dia 31 de março, quem utilizar uma motocicleta usada na compra da Fat Boy (Ano/Modelo 18/18 e 18/19) terá uma valorização de R$ 3 mil. A valorização da seminova passa para R$ 5 mil para quem adquirir uma Fat Boy 114 ( Ano/Modelo 18/18 e 18/19).

Já os clientes interessados na motocicleta Sportster Iron 883, moto de entrada da marca no país, também podem aproveitar oportunidades especiais. Com design agressivo, minimalista e compacto, a Iron 883 tem seu preço de R$ 43.500,00 por R$ 39.900,00, até o dia 31 de março, e pode ser adquirida com 30% de entrada, saldo em 48 vezes e taxa de 0,99% ao mês (Ano/Modelo 18/19 e 19/19). 

As representantes da família Touring são a Road Glide Ultra, com “nariz de tubarão”, carenagem fixa com farol duplo, equipada com o motor Milwaukee-Eight 114 a partir deste ano, assim como a Ultra Limited, com a clássica carenagem Batwing (Ano/Modelo 18/18 e 18/19): quem utilizar uma moto seminova na compra de um dos dois modelos contará com a valorização de R$ 5 mil até o fim do mês de março de 2019. 

As motocicletas ano/modelo 2018/2019 da Harley-Davidson do Brasil estão disponíveis para test ride em toda a rede de concessionárias autorizadas da marca no País, de acordo com a disponibilidade dos modelos na rede. Para agendar, basta acessar o site https://harleydavidsonbr.secure.force.com/TestRide e se inscrever. Para consultar a loja Harley-Davidson mais próxima, acesse www.harley-davidson.com/br/pt/find-a-dealer.html.


A marca italiana, que já foi líder no mercado brasileiro e já vendeu milhares de Palios e Milles da vida no passado, dá sinais de recuperação. A verdade é que em fevereiro, a montadora colocou três carros entre os dez mais vendidos, e com isso passou a Volkswagen no ranking por marca, ficando em segundo lugar.

 

O Mobi, décimo primeiro colocado em janeiro, subiu para o oitavo lugar, com 4.885 carros. Entretanto, a "picapizinha" Strada deu um salto maior, passado de décimo para quinto: vendeu 6.545 unidades. E o Argo, que estava em oitavo no mês passado, desta vez ficou na quarta posição (6.673).

Atualmente, a liderança continua sem surpresas: o Onix repete a posição que mantém há quatro anos, mas está cada vez mais distante dos concorrentes: o hatch da GM vendeu dez mil carros a mais do que o segundo colocado (veja), que desta vez foi o Hyundai HB20, terceiro em janeiro. O Ka, que foi segundo no mês passado, ficou em terceiro desta vez.

O Prisma caiu da quarta para a sexta posição, o Kwid passou do sexto lugar para o sétimo lugar, o Renegade caiu de nono para décimo, mas as maiores quedas foram do Polo, que caiu de quinto para nono, e do Gol, que estava em sétimo e deixou a lista dos dez mais.

Ranking por modelo

1-GM Onix 18.392

2-HYUNDAY HB20 8.055

3-FORD Ka 7.110

4-FIAT Argo 6.673

5-FIAT Strada 6.545

6-GM Prisma 6.499

7-RENAULT Kwid 5.473

8-FIAT Mobi 4.885

9-VOLKS Polo 4.813

10-JEEP Renegade 4.813

LDB (bonificação)

Novas versões Mercedes-AMG C 63 chegam ao Brasil

13 de Março de 2019 . Por Jota Pompílio

C 63, um dos modelos mais vendidos da Mercedes-AMG, chega à linha 2019 com novidades no visual e interior e deve agradar a quem procura o luxo de um sedã ou coupé e a tocada de um esportivo. Ele vem em três versões e o modelo mantém o motor V8 4.0 biturbo (476 cv na versão normal e 510 cv na S) ligado ao câmbio automático de 9 marchas com tração traseira. Para os apreciadores de automóveis de alto desempenho e qualidade, a sigla AMG desperta uma atração especial. Os modelos com essa designação figuram como os maiores destaques em cada classe de veículos da Mercedes-Benz, diferenciando-se pelo estilo exclusivo e performance nas pistas e estradas. 

De acordo a montadora, o C 63 traduz o espírito da marca de veículos esportivos de alta performance e oferece agora, na forma do sedan e do coupé, uma dinâmica ainda melhor e um interior mais moderno, com amplas opções de individualização. 

A velocidade máxima é de 290 km/h (limitada eletronicamente) com o C 63 S.  A dirigibilidade é garantida também pelos programas de condução redefinidos, que permitem maior diferenciação no desempenho do motor de oito cilindros na estrada.

Visualmente, a aparência do novo C 63 tem um apelo ainda mais emocional: o acabamento do radiador exclusivo da AMG ressalta a identidade da marca, reforçando, ao mesmo tempo, a aparência muscular do veículo. O interior foi beneficiado com um cockpit totalmente digital com inconfundíveis mostradores AMG e pela nova geração de volantes AMG. Os preços são de R$ 499.900 (C63), R$ 546.900 (C63 S) e R$ 555.900 (C63 S Coupé).