O sedã mais vendido do mundo, o Corolla, por aqui, no Brasil, vê seu modelo perder vendas para um outro japonês, o Yaris. Entretanto, a grande notícia é que os dois pertencem à mesma família e a mãe (a Toyota) deixou bem claro que o modelo foi criado para preencher a lacuna existente entre Etios e Corolla em nosso mercado. 

A prova

Quando há fatos não há agumentos, não é isso? Pois vamos lá! A Toyota emplacou dois modelos no “top 10”, em agosto, com o novato Yaris Hatch (3.790) assegurando presença no pelotão da frente pelo segundo mês consecutivo e ficando à frente do Corolla (3.565). A marca japonesa ainda viu o Yaris Sedan (2.047) vender bem mais do que rivais como Honda City (689) e Chevrolet Cobalt (507). Em setembro, embora não se tenha fechado oficialmente o balanço, os números deverão ser os mesmos.

A novidade

O “caçula” da marca para 2018, bate de frente com Volkswagen Virtus e Fiat Cronos. O fato do sucesso do Yaris é que a  fabricante prestou atenção às críticas ao Etios, como acabamento simples e painel central difícil de visualizar. O Yaris não só tem acabamento melhor como tem uma cabine estilosa e cheia de equipamentos. Há computador de bordo a central multimídia com tela tátil de sete polegadas é fácil de mexer. A versão XLS  sai de fábrica com sete airbags. 

Quando o assunto é design, a frente tem cara de Corolla e a traseira segue a proposta do hatch com lanternas invadindo a tampa do porta-malas. Mas não há como negar: o Yaris Sedan parece muito um "Corollinha". A linha Yaris é oferecida com duas opções de motorização: 1.3 e 1.5 (ambas flex e vindas do Etios). Já o câmbio é o mesmo do Corolla, CVT simulando sete marchas.


Iguatemi

Porsche fabricará edição exclusiva do 935

29 de Setembro de 2018 . Por Jota Pompílio

Atenção colecionadores de marcas premium, o carro de corrida de 515 kW (700 hp), com uma carroceria que remete ao legendário Porsche 935/78, será produzido numa edição limitada a 77 unidades. "Este carro espetacular é um presente de aniversário da Porsche Motorsport a seus fãs no mundo inteiro", afirmou o Dr. Frank Steffen Walliser, vice-presidente da Motorsport e GT Cars. "Como o carro não é homologado, os engenheiros e designers não tiveram que seguir as normas usuais e, por isso, tiveram liberdade no desenvolvimento”, ressalta.

A tecnologia do carro de corrida destinado a eventos particular fechados em pistas de corrida, se baseia no carro esportivo de alta performance 911 GT2 RS. Como seu histórico antecessor, a maior parte da carroceria foi substituída ou suplementada por peças de material composto de fibras de carbono (CFRP). Com sua traseira aerodinâmica alongada, o 935 tem 4,87 metros de comprimento total. A largura do exclusivo carro de corridas é 2,03 metros. 

A aerodinâmica espetacular é fruto de um desenvolvimento completamente novo e homenageia o carro de competições Porsche 935/78 Le Mans, que os fãs batizaram de "Moby Dick" devido à sua forma alongada, grandes elementos aerodinâmicos e cor predominantemente branca. As exclusivas aberturas de ar nos arcos das rodas na carenagem dianteira, que também estão presentes no GT3 Porsche 911 GT3 R" de série, aumentam a força aerodinâmica sobre o eixo da frente. Com 1.909 milímetros de largura e 400 milímetros de profundidade, a asa traseira garante o equilíbrio aerodinâmico. 


Muitos detalhes do exterior são uma saudação a outros veículos vencedores que fazem parte da história automobilística da empresa: Os aros das rodas com cobertura aerodinâmica se inspiram nos do 935/78, enquanto as lanternas traseiras nas placas das pontas da asa traseira foram reproduzidas do carro de corridas 919 Hybrid LMP1. Os espelhos laterais homenageiam o atual 911 RSR vencedor de Le Mans, enquanto as ponteiras aparentes do escapamento, de titânio, reproduzem as do Porsche 908 de 1968. 

Essas referências também foram adotadas no cockpit. A manopla da alavanca de câmbio tem um design em madeira laminada inspirado em modelos de corrida como o 917, o 909 Bergspyder e o supercarro esportivo Carrera GT. O volante de fibra de carbono e o painel colorido por trás dele foram tirados da edição 2019 do 911 GT3 R. Uma forte gaiola de proteção combinada com um banco de corridas em concha e um cinto de segurança de seis pontos garantem o máximo de segurança. Um segundo assento, para o passageiro, é oferecido como opcional. O conforto térmico interno é garantido pelo ar-condicionado. 

O novo 935 é movimentado por um motor bi turbo 3,8 litros no estado da arte, que é em grande parte idêntico à unidade de alta performance de série montada no 911 GT2 RS para uso em estrada. A força do motor traseiro é transferida através de uma transmissão Porsche Doppelkupplung (PDK) com dupla embreagem e sete marchas montada rigidamente junto ao eixo traseiro de 310 milímetros de largura. Como os modelos GT de estrada do 911, o piloto troca as marchas através das aletas posicionadas de forma prática no volante. Típica do 911, a distribuição do peso garante um excelente desempenho na tração e frenagem. Pinças monobloco de alumínio com seis pistões no eixo dianteiro, em combinação com discos de freios de aço ventilados e perfurados com 390 milímetros de diâmetro oferecem excelentes valores de desaceleração. O eixo traseiro é equipado com pinças de quatro pistões e discos com 355 milímetros de diâmetro. 

Como o 911 GT2 RS de estrada, o 935, com 1.380 quilos de peso, é equipado com o sistema PSM (Porsche Stability Management - gerenciamento de estabilidade), que inclui o controle de tração, assim como o sistema de freios antibloqueio (ABS). Graças a um seletor de mapeamento, esses sistemas de assistência podem ser ajustados separadamente ou completamente desligados, dependendo da situação de condução. 

O novo Porsche 935 já pode ser encomendado na por 701.948 euros, mais os impostos específicos de cada país. Os clientes receberão seus veículos a partir de junho de 2019, em eventos de entrega exclusivos. 

Amanhã (29), na concessionária Extrema - da Jaguar Land Rover, que está de casa nova, na avenida Santos Dumont,  haverá a “Clínica de Serviço”. Olha só: se você tem um veículo da marca, que tem mais de três anos de uso, você ganha um check up de itens básicos e troca de óleo gratuita. Muito bom, não é? Geralmente, os modelos contam com três anos de garantia de fábrica.

De acordo com a concessionária da marca inglesa, para o evento ficar mais completo e mais saboroso, melhor se expressando, haverá uma deliciosa feijoada, música ao vivo, uma mesa de sinuca com chopes artesanais e descontos imperdíveis para quem quiser levar algum acessório, como camisa, chaveiro, boné... ou até mesmo um modelo zero-quilômetro. Sim, pois estará na ocasião, modelos consagrados como Land Rover Velar, Discovery, Evoque, E-Pace, Jaguar XE...entre outros.

E no mesmo espaço, também para quem deseja comprar um seminovo, a autorizada disponibilizará os "Carros Approved"- veículos que obtiveram 100% de aprovação com o selo Approved – avaliando qualidade, procedência e excelência. 

Com tudo!

Divanildo Albuquerque, diretor geral de Vendas, Marketing e Serviços da Jaguar Land Rover, ressaltou que o maior objetivo da Extrema como também da fabricante é oferecer aos clientes produtos de alta qualidade, tecnologia, serviços transparentes e confiáveis. O executivo fez questão de lembrar o Ceará  tem o melhor market share do Brasil.

E quem ir, terá o prazer de conhecer as novas instalações da Autorizada, tudo seguindo os padrões internacionais que a Jaguar Land Rover oferece. Os mesmos serviços, estrutura, hall, que você encontra em Londres, por exemplo, encontra na Extrema, em Fortaleza,  por exemplo. Só não encontra o cafezinho, é claro, pois o nosso é mais gostoso!!!!!!!!  

Na Ceará Diesel, em Fortaleza, na semana passada, depois de entregar vários ônibus Mercedes-Benz, o executivo Odmar Feitosa partiu hoje para mais uma missão bem prazerosa, reinaugurar a Ceará Diesel, em Juazeiro Norte.  Confiante, ele avalia que o mercado deverá melhorar “e a reinauguração servirá para melhor atender o cliente da marca como também dar suporte para vinda da picape Classe X que chegará em 2019”, detalha. Hoje os principais clientes da Ceará Diesel são de caminhões e Sprinters. Mas há também ônibus e carro de luxo para executivos como o Vito.

A filial de Juazeiro foi adaptada dentro do padrão “black” da montadora – mudanças nos elementos de identificação da fachada, como área de cobertura, colunas, pórtico, letreiro, estrela, totem e outros indicadores. A filial na “Terra de Padre Cícero”, através dessa mega reforma, “é a primeira loja  a estar totalmente adequada ao o que a montadora alemã exige”, diz Odmar.

“Para garantir a força de uma marca é preciso que ela seja reconhecida em qualquer lugar do mundo”, ressalta Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Venda de Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil (acima). “Com essa novidade, será ainda mais fácil identificar e visualizar qualquer concessionário Mercedes-Benz pelas ruas e estradas brasileiras, facilitando aos clientes reconhecerem onde são comercializados nossos veículos comerciais e serviços”.

Na ocasião, além da reabertura, às 19 horas, na presença de principais clientes da região, amigos e parceiros, “estaremos comemorando também os 20 anos da autorizada Ceará Diesel, cujo lema sempre foi e será tradição e confiança”, revela Odmar (à esqueda). Há nos seus planos também ser um “Van Center” de referência. Se o lema da empresa já tem tradição na chamada, know-hall não é o que lhe falta!

Sobre a Ceará Diesel

A concessionária cearense completa 20 anos de experiência no setor automotivo, com unidades em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte. Além dos produtos, o concessionário oferece todo o amplo portfólio de serviços de pós-venda da Mercedes-Benz.

M Dias Branco Logo

Jaguar Land Rover enaltecerá sua história no Salão de Paris

26 de Setembro de 2018 . Por Jota Pompílio

O Salão mais importante do segmento se aproxima e será realizada entre os dias 2 e 14 de outubro. A montadora inglesa nos anteipa que  terá uma amostra de veículos em seu estande que refletirá seu passado lendário, sua atual presença de liderança no mercado e seu futuro como uma fabricante pioneira e desenvolvedora de tecnologias do futuro do automóvel.

Algumas das atrações da Land Rover serão uma versão especial do Discovery, que em breve entrará em serviço para a Cruz Vermelha Austríaca, um Range Rover SV Coupé e versões diferentes do Land Rover Series I Reborn. Já os fãs da Jaguar poderão comparar o último XJ50 com o original XJ6 Série 1 de 1968, em seu retorno ao palco onde foi apresentado ao mundo pela primeira vez, há meio século.

Os visitantes do espaço da Jaguar Land Rover no Salão do Automóvel de Paris também terão a oportunidade de conhecer o Jaguar I-PACE, o primeiro veículo totalmente elétrico da marca, que representa o futuro da marca britânica. A Land Rover continuará comemorando seus 70 anos, revelando um Discovery único que entrará no serviço ativo da Cruz Vermelha Austríaca como parte de sua frota de veículos de resposta imediata.

Cruz Vermelha

Inspirado no carro-conceito original Project Hero e como resultado de mais de 18 meses de colaboração entre a Divisão de Operações de Veículos Especiais da Land Rover e a Cruz Vermelha Austríaca, o Discovery feito sob medida tem um avançado equipamento de comunicação nunca antes visto. Ele funcionará como um centro de operações móvel em caso de desastres, como uma base para que os especialistas possam dirigir as operações de resgate remotamente sem risco, mas como se estivessem assistindo a tudo ao vivo através de um drone de oito rotores. A Land Rover dá apoio logístico à Cruz Vermelha desde 1954.

Este Discovery, feito sob medida, irá partilhar o estrelato do Salão parisiense com o exclusivo Range Rover SV Coupé e da restauração do modelo onde tudo nasceu: o Land Rover Series 1 Reborn.

"Nosso compromisso com a Cruz Vermelha não se resume a apenas nossos veículos. Desde que começamos nossa colaboração, em 1954, nossa meta tem sido ajudar a Cruz Vermelha a melhorar sua capacidade de resposta diante de qualquer desastre, a fim de ajudar a salvar vidas. Nos últimos 18 meses, nossos engenheiros trabalharam lado a lado com a equipe de resposta a emergências da Cruz Vermelha da Áustria, desenvolvendo a tecnologia da Land Rover e sua capacidade de criar uma solução única para a Cruz Vermelha naquela região", revelou Michael van der Sande, Diretor Geral de Operações Especiais da Jaguar Land Rover.

Jaguar celebra meio século de seu carro-chefe, o XJ

A frota incluirá modelos de toda a história do XJ, representantes das oito gerações produzidas durante o último meio século. Sem dúvida, uma coleção muito especial que será liderada pelo veículo que começou tudo, o XJ6 Série 1, e terminará com o mais recente, o XJ50 Special Edition.

Em 1968, o primeiro XJ fez sua apresentação oficial no Salão de Paris, com o fundador da Jaguar, Sir William Lyons, que mostrou sua visão do que deveria ser um sedã de prestígio, porém dotado com a esportividade de um E-Type. O próprio Série 1 estará no estande de Paris, junto com o novo XJ50.