Que tal comprar um Jetta, Amarok ou o SUV badalado T-Cross com taxa de 0%? De acordo com Érika Bessa, gerente de vendas, isso será possível porque as condições foram criadas exclusivamente para o evento em parceira com a própria montadora, a Volkswagen. “Além disso, na ocasião, ofertaremos financiamentos sem entrada e bônus que podem chegar a R$ 15.000,00, dentre outras ofertas imperdíveis. Vale a pena conferir!”, convida a profissional. 

De acordo com Érika, o objetivo do Epic day é proporcionar aos clientes “uma experiência diferente na aquisição do seu veículo 0km,  associando excelentes descontos e condições de pagamentos exclusivas para o evento em um ambiente de festa”, ressalta.

A profissional explica que a campanha está nas redes sociais, rádios e mídia exterior. E o clima épico se estende também aos vendedores, que serão divididos em times e terão direito a premiações caso superem suas metas. “Temos uma expectativa de atender 600 clientes ao longo do dia no período de 08:00 as 20:00hs”, explica.

Atualmente, Érika revela que o modelo mais vendido da Volkswagen é o T-Cross. “É um sucesso de lançamento e a procura por este modelo está muito grande”, diz.

Portanto, se você está a fim de ter um Volkswagen, o Epic Day Fazauto é amanhã, sábado, 24 e o horário começa de 8 horas e vai até às 20h Local? Fazauto – Av. Heráclito Graça, 1245 – Aldeota. “Este será o maior evento da história da Fazauto ao longo dos seus 50 anos. Será um momento épico para a Fazauto, nossos colaboradores e principalmente para nossos clientes”, finaliza Érika. 


Uma das marcas mais valorizadas e prestes a ter uma autorizada no Ceará, a Porsche, afirma que está numa nova era. Por quê? Segundo a fabricante, tudo isso é por causa do Taycan - primeiro carro esportivo da marca totalmente elétrico e que conforme a própria montadora está estabelecendo novos parâmetros em design interior. "O conceito de que menos é mais também se aplica aqui", explica Ivo van Hulten, diretor de Design e Estilo da Porsche AG. 

"O interior do Taycan combina elementos de design típicos da marca com um novo tipo de experiência de uso e impressiona pela simplicidade de sua elegância." A marca premium vai apresentar o Taycan para uma audiência mundial em setembro deste ano. 

Inspiration

Engenheiros da Porsche afirmam ao Road IN que a inspiração veio do Porsche 911 original, de 1963. O objetivo foi trazê-lo para o dia de hoje. O cockpit sinaliza o início de uma nova era com sua estrutura objetiva e uma construção totalmente nova. Ele é claramente focado no condutor. O painel de instrumentos tem um design claro, minimalista e ultramoderno e os controles operacionais são rápidos e livres de distrações. O quadro de instrumentos independente e curvado é o ponto de maior destaque do painel. 

O quadro de instrumentos consiste numa tela curvada de 16,8 polegadas com o visual arredondado típico da Porsche. Não há uma cobertura saliente sobre ele, o que gera uma aparência esguia e moderna, no estilo dos smartfones e tablets de alta qualidade. A cobertura de vidro, com um filtro polarizador depositado por vapor, dá ao conjunto propriedades antirreflexivas. 

Também há pequenos campos de controle por toque nas margens da tela, para operar as luzes e funções do chassi. Assim, o quadro de instrumentos é mais largo do que o volante e relembra o do icônico 911 original.

O volante tem uma aparência leve, com dois modelos para escolher. Além da versão básica, que pode ser personalizada com detalhes coloridos como parte do pacote Accent, a Porsche também oferece a opção de um volante esportivo GT. Ele tem um design diferenciado, com cabeças de parafusos aparentes, e traz um típico controle da Porsche redondo, que pode ser usado para selecionar os vários modos de condução. 

As partes superior e inferior do painel se alongam através de toda a largura do veículo, com o formato de uma asa. Uma tela central de informação e entretenimento com 10,9 polegadas e um mostrador opcional para o passageiro são combinados para formar uma faixa de vidro integrada com visual preto, fundindo-se assim com a aparência do interior.

Todas as interfaces com o usuário foram totalmente redesenhadas para o Taycan. O número de controles físicos tradicionais, como interruptores e botões, foi bastante reduzido. Em vez deles, o controle é inteligente e intuitivo, realizado através de toques ou pela função de controle por voz, que responde ao comando "Hey Porsche".

Praticidade

Todas as configurações veiculares do Taycan, como o Gerenciamento Ativo de Estabilidade (Porsche Active Stability Management - PASM), podem ser feitas facilmente na tela central, por acesso direto. O motorista pode acessar rapidamente todos os aplicativos através de uma tela de abertura claramente estruturada e personalizável. Os aplicativos incluem navegação, telefone, mídia, conforto e o Porsche Connect. Com o controle por voz otimizado, o motorista pode acessar a função desejada ainda mais rápido. Pela primeira vez, os passageiros da frente do Taycan têm a opção de ter seu próprio display de toque, permitindo que façam mudanças de regulagem facilmente sem distrair o motorista.

O console com centro elevado reforça a sensação de uma posição de assento rebaixada, como se espera de um Porsche. Ele traz um grande painel de toque de 8,4 polegadas, com feedback háptico (respostas sensíveis aos dedos do operador). Isso permite que os controles do ar-condicionado possam ser alterados diretamente. O reconhecimento de escrita manual integrado também permite a entrada rápida de endereços.

Ampla gama de opções de personalização 

As cores e materiais de design do Taycan permitem individualizar sua configuração interna desde a mais tradicional à mais sustentável e moderna. A qualidade natural do couro é destacada através de uma estamparia especial tipo nuvem. Uma nova opção é o interior totalmente sem uso de couro, com texturas superficiais no estado da arte. O material usado é o "Race-Tex", um tecido de microfibra de alta qualidade que consiste, em parte, de fibras de poliéster recicladas. Sua produção gera 80 por cento menos CO2 do que os materiais tradicionais. A cobertura do assoalho utiliza fibra reciclada "Econyl®", que é feita, entre outras coisas, de redes de pesca recicladas.

O Taycan está disponível com um amplo espectro de configurações internas e externas, em estilo tanto tradicional como moderno. Toques e acabamentos interiores demonstram claramente a atenção aos detalhes, sempre atendendo aos mais altos padrões de qualidade típicos da Porsche em termos de características de materiais e manufatura. As cores internas Preto-Bege Lima, Blackberry (amora), Bege Atacama e Marrom Meranti são oferecidas exclusivamente para o Taycan. O pacote opcional interno também permite aos clientes escolher esquemas cromáticos contrastantes opcionais em preto fosco, prata escurecida ou neodímio, um elegante tom de champanhe. As portas e consoles centrais podem ter acabamento em madeira, carbono fosco, alumínio em relevo ou tecido.


Um dos modelos mais queridos e vendidos do mercado brasileiro, o Honda Civic, chegou com sua linha 2020 com novidades na autorizada cearense. A mais evidente é uma discreta reestilização: apenas o para-choque frontal foi redesenhado, ganhando linhas mais horizontais. No para-choque traseiro, foi adicionado um friso cromado inferior. Nas laterais, há apenas novas rodas. O interior ganhou novos revestimentos e apliques metalizados. 

Na Novaluz – concessionária da marca em Fortaleza, já recebe ótimas visitas e equipe está confiante em vendê-lo bem. “Foram pequenas mudanças, mas que fazem toda a diferença em relação à concorrência. A versão Sport, por exemplo, acrescentou aerofólio, faróis com acendimento automático e sensor de pressão dos pneus. A partir da EX vem roda com novo design, espelho retrovisor eletrocrômico e sensor de pressão dos pneus. A EXL acrescentou chave com função smart key, botão de partida do motor(start / stop). No Touring, acrescentou regulagem elétrica para lombar no banco do motorista ”, enumera Thiago Araújo, gerente da autorizada, na Av.Washington Soares. 

Mais um na família

Para quem almeja ter esse potente sedan em casa, a Honda aproveitou para aumentar a gama disponibilizando uma nova versão de entrada, batizada de LX. De acordo com Thiago, a versão custa R$ 99.250,00. Ela tem bancos em tecido e dispensa faróis de neblina e chave presencial, mas tem sistema de monitoramento da pressão dos pneus, central multimídia com tela de cinco polegadas, ar-condicionado digital, seis airbags e controles de estabilidade e tração.  A transmissão é automática do tipo CVT.

Com a chegada do Civic LX, a configuração Sport passa a ocupar, a partir da linha 2020, um patamar superior. Ela traz, além dos itens da LX, aerofólio traseiro, sistema de acendimento automático dos faróis e central multimídia com tela de sete polegadas. A partir de agora, ela também passa a ser oferecida unicamente com câmbio CVT. Ele vem acoplado ao conhecido motor 2.0 flex, capaz de render, com gasolina, 150 cv de potência e 19,3 kgfm de torque. Com etanol, são 155 cv e 19,5 kgfm.

Câmbio manual, nunca mais!

Para quem gosta de sentir esse esportivo na mão, a má notícia é que, assim sendo, o sedan abandonou de vez a transmissão manual: ela não é mais oferecida em versão alguma. Segundo a Honda, isso ocorreu devido à baixa demanda do consumidor.



Pequeno, cabe na palma da mão e precisa de cuidados. O fato é que um veículo possue diversos sistemas que funcionam a partir de energia elétrica, como faróis, lanternas, rádio, motor de partida e isso todo mundo sabe!  Mas como é possível? Se você não sabe, isso é possível graças ao alternador - componente que alimenta o sistema elétrico do veículo ao fazer a recarga da bateria. E, por mais que não seja lembrada com frequência, a peça também precisa de revisão preventiva, ok?

De acordo com especilistas, na revisão preventiva de um alternador, geralmente orienta-se a troca dos itens de grande desgaste pela severa utilização, que são os rolamentos e as escovas (se a peça possuir este item). Neste caso específico, entende-se que o veículo está funcionando normalmente, sem apresentar problemas. Então, não há necessidade da troca. Vale apenas substituir os itens de maior desgaste para prolongar a vida útil da peça, além de checagem do torque dos parafusos e da tensão correta das correias.

 

Para quem trabalha no meio, o principal conselho é realizar a revisão a cada dois anos. Segundo especialistas, tudo depende da utilização do veículo. No caso de um taxista, por exemplo, que roda mais de 60.000 quilômetros por ano, o ideal é fazer anualmente.

 

"Ele" te avisa!

Mesmo com a revisão preventiva, é importante dar atenção aos sinais de mau funcionamento do sistema elétrico. No caso do alternador, o principal alerta é quando luz de bateria no painel acende ou fica oscilando. O que isso quer dizer? Pode estar ocorrendo uma deficiência de carregamento da bateria por parte do alternador. Não significa que o problema está no alternador, mas indica que o sistema elétrico como um todo deve ser checado.

Outra dica importante é utilizar peças de reposição com as mesmas especificações da original, com garantia de uma marca de qualidade, além da mão de obra de um profissional especializado para manutenção ou instalação do alternador. 

Se o Classe A hatch bombou por aqui, imagina com a versão sedan, a clássica!  Uma prova? Das primeiras unidades que aportaram na Newsedan, em Fortaleza, todas já foram vendidas. Assim: “pei” e “buf!”. “No momento, isto é, hoje não temos para pronta-entrega, mas está vindo uma outra remessa e o cliente que quiser vir aqui já pode fazer o pedido e aguardar”, frisa Eduardo Weimar, gerente da autorizada na capital cearense.  

“Dudu” como é conhecido no meio, ressalta que o sedan alemão vem no Brasil nas versões A 200 Sedan Style (R$ 144.900,00) e A 200 Sedan Advance (R$ 174.900,00). Ele destaca que o modelo tem como trunfo uma ótima economia de combustível, apesar de ser turbo, já que vem com o sistema de desativação de cilindros. “Com motor (1.3) quatro cilindros turbo de 163 cv, o automóvel segue a nova linha de design da marca, reforçando a sua jovialidade, com teto solar panorâmico, banco elétrico com três memórias, cockpit digital de 10 e multimídia avançada”, destaca. 

Para Holger Marquardt, managing director Marketing e Vendas Automóveis América Latina e Caribe, o sedan também conta com tecnologia, design moderno e esportividade, e “é ideal para clientes que possuem um estilo de vida dinâmico e prezam por inovação. O modelo oferece conforto somado à conectividade, proporcionando uma experiência de condução única”. 

O Classe A Sedan apresenta praticidade e foi projetado para proporcionar o máximo de conforto para o uso cotidiano. Com espaço acima da média para os ombros, cotovelos e cabeça, o modelo também possui fácil acesso à traseira e está no topo do segmento devido ao seu espaço superior, do assento até o teto, de 944 mm. O porta-malas contém 430 litros de capacidade, com abertura de 950 mm de largura e uma diagonal de 462 mm entre a fechadura e a borda inferior da janela traseira, facilitando a carga e descarga. 

O modelo oferece o sistema multimídia inteligente e intuitivo MBUX - Mercedes-Benz User Experience, com cockpit Widescreen de alta resolução e diversas possibilidades de operação. Na versão Advance, com duas telas integradas de 10,25 polegadas, as funções podem ser acionadas por meio do volante multifuncional, do “touchpad” no console central, via toque no próprio display de mídia ou pelo controle vocal inteligente com reconhecimento de fala, ativado por meio das palavras-chave “Olá”, “Oi” ou “E Aí” seguidas por “Mercedes”. Funções como ajuste do ar condicionado, escolha de uma estação de rádio e abertura da persiana do teto-solar podem ser facilmente acessadas por meio do comando de voz. 

A versão Advance traz o pacote Progressive, que adicionalmente oferece duas saídas de escape visíveis, friso das janelas cromados, acabamento de painel em alumínio escovado, detalhes no volante e portas em alumínio, e assentos conforto totalmente em ARTICO, com duas opções de cores (preto ou bege). Além disso, o automóvel conta com teto solar elétrico panorâmico e banco do motorista com ajustes elétricos e memória. 

Para a versão Style, que conta com duas telas integradas de sete polegadas, as funções do MBUX também estão disponíveis, com exceção do comando de voz. Além disso, o modelo conta com o pacote visual Style que traz a grade do radiador em formato diamante, com pinos pretos, para-choque dianteiro em formato “A-wing”, característica de modelos AMG, e assentos conforto em três opções de cores com design arrojado (todo preto, todo azul escuro ou o bicolor cinza claro/cinza escuro com costuras vermelhas). 

O novo Classe A Sedan oferece integração com smartphone por meio dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, que possibilita a navegação com Waze. O modelo também possui câmera traseira de alta resolução com linhas auxiliares dinâmicas que oferecem apoio durante a manobra para estacionar, além de rodas de liga leve, com cinco raios de 18’’. O veículo também possui o Assistente de Frenagem Ativo e, dependendo da situação, pode reduzir as consequências de colisões traseiras ou até mesmo evitá-las totalmente. 

O Classe A é o primeiro modelo da Mercedes-Benz desenvolvido no Centro de Tecnologia para Segurança Veicular (TFS). Por esse motivo, o projeto das estruturas do veículo incorpora descobertas da pesquisa de acidentes reais. Cada componente individual da estrutura da carroceria foi desenvolvido de acordo com as cargas e tensões correspondentes à geometria e espessura dos materiais, contemplando tecnologia e qualidade. 

Segurança acima de tudo

Para reforçar a segurança, o veículo é equipado com airbags dianteiros e laterais dianteiros para motorista e passageiro, e airbags laterais de janela, totalizando sete airbags. Diferente de outros modelos, o airbag de janela também cobre a coluna A, para uma proteção mais completa dos passageiros. Além disso, o automóvel traz airbag de joelhos para o motorista, que proporciona proteção para as pernas em uma colisão e estabilidade adicional para toda a estrutura física do condutor. Moral, né? É como se diz no Ceará: "É Mercedes-Benz. Respeita a puliça, rapaz!".