Corpvs (bonificação)

Porque comprar o novo BMW Série 3

15 de Abril de 2019 . Por Jota Pompílio

Clássico é clássico e eles estão sempre em moda e um detalhe poderoso: não morrem nunca! Elegante, com contornos apaixonantes e recheado de tecnologia, o alemão BMW Série 3 2019 é assim.  Das impressões, na concessionária Haus, essa foi a primeira que tive ao ver o sedan esportivo de luxo em Fortaleza.  Já temos o primeiro motivo que incentiva a ter o modelo, não é? 

Outro ponto é a confiança na marca. Desde que chegou no Ceará, a BMW só cresce e já mira a líder em 2019, a sua conterrânea Mercedes-Benz. Em suma, por trás dela, dando suporte em reposição de peças, pós-venda, compra do seminovo e revisões periódicas,  está nada mais nada menos que a Haus – concessionária fundada por um sólido grupo.

Para aumentar 

Mais um motivo? A garantia. De acordo com Saulo Parente, gerente da BMW Haus, o Novo Série 3 vem com dois anos e é no segmento premium um dos que menos se desvaloriza.

Impressões

Depois de sair com o carro, eu parti a bordo de Fortaleza para a bucólica Serra de Guaramiranga. Das versões, peguei a 330i M Sport, de R$ 269.950 e que reúne as principais novidades tecnológicas. Por enquanto, ele é importado da Alemanha, mas vale lembrar que o modelo será fabricado no Brasil a partir do segundo semestre deste ano. Deverá, com certeza, ficar mais competitivo em relação a preço.

Nas rodovias, o 330i é rápido (5,8 s para o zero a 100 km/h) sem parecer. Apesar dos buracos, vibrações são bem isoladas, assim como boa parte do ronco do motor, que até fica mais grave ao ser exigido, mas não invade tanto a cabine.

Parla!

Sob o capô da “máquina”, a versão 330i M Sport é equipada com motor 2.0, com 258 cavalos de potência e 400 Nm de torque máximo. Os destaques do modelo são as tecnologias de segurança e condução semiautônoma. O carro te vê e te escuta, sabia? Basta dizer “Olá, BMW” para mudar a cor ambiente, abrir o teto solar, mudar a estação do rádio ou inserir um destino no navegador. Eu parecia um menino a repetir esse comando várias vezes!

O motorista até pode tirar a mão do volante por alguns instantes, mas o carro sabe muito bem se o motorista está prestando atenção no que está ao seu redor. Há também o corretor de faixa. Se você sai dela, ele corrige colocando o modelo na posição correta através da direção. Ideal para quem pega no sono! Outra comodidade é que você pode abrir o porta-malas com o pé e fechá-lo.

Além disso, os destaques da versão incluem assistente de estacionamento – que estaciona o carro sozinho – faróis a laser, acesso à internet por meio de um SIM Card para ter informações sobre trânsito em tempo real, serviços de Concierge, entre outros, e até uma visualização do veículo à distância na tela do smartphone baixando o aplicativo BMW Connected App. 

Por dentro, não precisa nem dizer: é um luxo só e de um bom gosto espetacular. Quem dirige pode curtir o novo painel, mais envolvente e com console central mais alto e a posição de dirigir ideal.

A seu modo

Até é possível deixar o carro mais “nervoso” ativando o modo Sport. A direção fica mais pesada, o acelerador mais responsivo, o grafismo do quadro de instrumentos muda e o comportamento do câmbio muda para explorar mais cada marcha. É bom lembrar que você pode colocá-lo no Eco ou Comfort. 

Em sua sétima geração, o aumento das dimensões foi proposital. Do aumento de 7,6 cm no comprimento, 4,1 cm está na distância entre-eixos – agora são 2,85 m. Ele ainda está 1,6 cm mais largo.

Para finalizar, o novo Série 3 despertou atenção por onde andou. Olhares e bocejos de “uau” e “isso que é um carro” não faltaram.  A pergunta é: vale a compra? Claro que vale! Há muito carro por aí que chega perto desse preço e nem é um premium. Se contar que é um BMW e é um dos menos que se desvaloriza.

É bom salientar que quem quiser comprá-lo, a autorizada, que está sob uma nova administração e endereço, está na Av. Washington Soares, 6623 e change de nome: chama-se Haus. Haus(raus) BMW.