São Luiz

Vendas da Kia Motors crescem 18,6% em novembro

05 de Dezembro de 2018 . Por Jota Pompílio

Depois que a montadora coreana livrou-se do Inovar-Auto, imposto que encarecia mais os modelos da marca, a fabricante é só alegria. Com licenciamento de 867 veículos em novembro último, a Kia Motors do Brasil registrou crescimento de 18,6% nas vendas igual ao período do ano passado, quando foram comercializadas 731 unidades da marca. 


No comparativo com outubro último, a Kia anotou queda de 9%, enquanto o mercado interno registrou retração de 9,6%. A redução das vendas no período se explica, principalmente, pela quantidade de dias úteis: foram 22 em outubro contra 20 em novembro, sendo que em muitos municípios este número foi ainda menor, devido ao feriado do Dia da Consciência Negra. 

 

No acumulado dos onze primeiros meses do ano, a Kia anotou 10.729 veículos licenciados. O número garante à marca crescimento de 39,6% no comparativo com o mesmo período do ano passado e market share de 0,48%, além da liderança entre as associadas à Abeifa - Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores.

Veículos

O SUV médio Sportage (acima) foi o líder de vendas da Kia em novembro, com 388 unidades emplacadas. Na sequência aparecem o comercial leve Bongo e o sedã médio Cerato, com 266 e 140 unidades comercializadas, respectivamente. 

“Devemos encerrar o ano com cerca de 12.500 unidades licenciadas no País. Agora já nos preparamos para 2019, com a continuidade da expansão da nossa Rede Autorizada de Concessionárias e com a ampliação do nosso portfólio de produtos, na expectativa de que possamos trabalhar com a economia estável”, observa José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil.