Governo do Ceara

Porsche vende mais que ano passado

11 de Outubro de 2017 . Por Jota Pompílio

Contra fatos não há argumentos. No caso da fabricante de luxo, os números não mentem: após os primeiros nove meses de 2017, a Porsche entregou 185.898 veículos em todo o mundo, superando os números do ano anterior em quatro por cento.

O novo Panamera (foto acima) contribuiu de forma especial para este sucesso: as entregas do carro esportivo de quatro lugares cresceram 73 por cento, chegando a mais de 19.000 veículos. Porém, a linha de modelos de maior volume da Porsche, a Macan (abaixo), também registrou um crescimento de três por cento, alcançando um volume de vendas de mais de 73.000 unidades. O Cayenne também manteve uma demanda bastante alta, com mais de 49.000 unidades entregues (menos três por cento).

Na terra do panda

Esse número foi alcançado apesar da nova geração do SUV já ter sido apresentada ao público. A China continua sendo o mercado individual mais forte para a fabricante de carros esportivos baseada em Stuttgart, com mais de 54.000 unidades entregues, seguida pelos Estados Unidos, com mais de 41.000 veículos vendidos.

"Estamos otimistas no sentido de que os números de 2017 irão superar os altos níveis do ano passado. Isso se deve ao fato de estarmos oferecendo uma gama de produtos mais atraente do que a Porsche jamais teve", explicou Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo da Porsche AG responsável por Vendas e Marketing. "O novo Panamera consegue satisfazer altas expectativas e reafirma nossa estratégia de produtos baseada na versão híbrida como modelo topo de linha", acrescentou Platen. "No momento, um em cada quatro Panameras entregues é um modelo híbrido. E agora estamos ganhando terreno com o novo Cayenne."

A Porsche obteve um crescimento de dois dígitos (+ 10 por cento) no mercado chinês e o carro esportivo de dois lugares também chamou a atenção de mais e mais compradores do tradicional mercado de SUVs. Um novo Porsche Experience Centre deverá ser construído em Xangai para que mais clientes possam ter oportunidade de usufruir uma experiência de condução especial em um Porsche. 

Na Europa, a Porsche entregou 60.838 unidades (mais quatro por cento) nos primeiros três trimestres do ano. No mercado doméstico da empresa, a Alemanha, um total de 21.880 veículos foram repassados aos clientes, quantidade quase igual ao alto nível alcançado no ano passado. A Porsche também deu continuidade à sua história de sucesso nos EUA, entregando 41.237 veículos, um crescimento de dois por cento.

No Brasil

nos nove primeiros meses do ano foram entregues 860 veículos aos clientes da marca no país, um acréscimo de dezesseis por cento comparados ao mesmo período em 2016. Os modelos mais vendidos, nesta ordem foram: Macan, Cayenne e o 911

Sobre a Porsche

A fabricante alemã no Brasil tem sede em São Paulo e é a primeira subsidiária da Porsche na América Latina, tendo a sua operação iniciada em julho de 2015 no país. A rede de concessionárias da Porsche no Brasil possui, atualmente, nove pontos de vendas. A marca pode ser encontrada, tanto para vendas como nos serviços de pós-vendas nas seguintes praças: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Campinas, Florianópolis, Brasília e Ribeirão Preto.