Governo do Ceara trocado em 26/10/18

Lauro Chaves destaca relevância do III Think Tanks Meeting

26 de Junho de 2019 . Por Marcelo Cabral

O economista e conselheiro do Cofecon, Lauro Chaves Neto, acredita que o III Think Tanks Meeting, que será realizado nesta quinta-feira (27), no Pipo Restaurante, será de grande importância para aqueles empresários que buscam ovas possibilidades de investimentos em território cearense.

Ele afirma que o Hub aéreo traz oportunidades, diretamente, por aqueles turistas que vêm do Brasil e do mundo todo, para Fortaleza como destino final. Mas é preciso um desenvolvimento do produtos turísticos, uma qualificação da mão de obra, tanto em educação, como na prestação de serviços e idiomas.

“E temos uma outra grande oportunidade nesse Hub, que é o stopover daqueles passageiros que usaram Fortaleza como porta de saída ou entrada do Brasil, mas outras cidades como destino final. E com o stopover de dois ou três dias, podemos em muito incrementar o comércio e serviços de nossa cidade. E esse passageiro que se encanta com esses poucos dias que fica aqui, sem custo adicional de passagem e com tarifa reduzida de hospedagem, com certeza colocará Fortaleza como possibilidade de destino futuro para suas viagens. E aí sim o nosso turismo ganhará cada vez mais corpo e uma dimensão de alavancar a economia e trazer um efeito multiplicador gigantesco”, destacou o economista.

Na área de telecomunicações, Lauro Chaves ressaltou que Fortaleza é uma das cinco cidades do mundo com mais cabos de fibra óptica chegando com os dados, que traz uma infinidade de oportunidades de negócios, porque tem uma qualidade e uma velocidade maior para esses dados, devendo atrair call centers de grandes empresas – nacionais e internacionais – fazendo com que seja gerada uma economia com alto valor agregado Pipo.

No que diz respeito ao Hub Portuário, afirmou que a localização geográfica do Ceará e os diferenciais competitivos operacionais do Pecém, trazem uma vantagem muito grande na navegação por cabotagem. “O Brasil ainda engatinha nesse mercado e isso poderá nos trazer grandes ganhos, mas para isso precisamos de grandes áreas de estocagem no porto, para que tenhamos através da expertise do Porto de Roterdã, mercadorias chegando da Europa, da Ásia, da América do Norte, através do Porto do Pecém, para aí serem distribuídas para o restante do Brasil. E ainda podemos capacitar o nosso porto para ser um grande exportador de grãos, produtos metalomecânicos, couro, calçados, fazendo com que o CIPP seja o grande motor da economia cearense para as próximas décadas”, afirmou.

Para completar seu raciocínio, o conselheiro do Cofecon disse que, vistos isoladamente, cada um desses Hubs representa uma infinidade de oportunidades de negócios. Mas quando são encarados de maneira coletiva, integrada, essas oportunidades vão se multiplicar, pois um complementa o outro.

“E aí sim, o Ceará passará a ser o ponto de conexão do Nordeste e do Brasil com o, e vice-versa. Então, ser um Hub portuário, de dados e aéreo, fará com que o Estado se posicione de forma pró-ativa para as próximas décadas, mudando o perfil da sua economia que foi baseada em alguns setores tradicionais e passe a ser de maior valor agregado e mais integrada ao resto do mundo. E nesta hora haverá uma maior pressão maior pressão por produtividade e isso só encontra resposta de você tiver um maior capital humano, social e físico. Assim, vamos estar mudando a economia cearense de patamar, não para nós, mas talvez para nossos filhos e netos”, enfatizou Lauro Chaves.

Lauro Chaves Neto afirma que há inúmeras oportunidades de negócios na Trinca de Hubs

Foto: Divulgação

  • Porto do Pecém
    Porto do Pecém

O Observatório da Indústria da FIEC fechou parceria com o Banco Mundial (Bird) para a implantação do diagnóstico de absorção tecnológica das empresas cearenses. A iniciativa será custeada pelo Bird e contará com diagnóstico para a indústria, serviços e agricultura do Estado, e será executada no segundo semestre deste ano no Ceará.

O mesmo trabalho será realizado em outros dois países, um na África e outro na Ásia, para que a metodologia possa ser avaliada e, posteriormente, replicada em um número ainda maior de países. Como parte da iniciativa, o economista sênior do banco, Xavier Cirera, encerra nesta quarta-feira (26) o treinamento da equipe do Observatório da Indústria para que seja iniciada a implantação do diagnóstico.

O catalão Xavier Cirera é autor do livro “O paradoxo da inovação”, em parceria com William Maloney, atual economista-chefe da instituição. Lançado em 2017, o livro tornou-se uma espécie de guia de inovação para países em desenvolvimento. Como ideia central da obra, ele considera que para esses países não deveria ser tão difícil crescer com base em inovação.

"Bastaria copiar o que já deu certo nos países ricos e colher os resultados. Isso quer dizer que quem mais pode se beneficiar da inovação é justamente quem não a está fazendo". Com relação ao Brasil, diz que o país deve focar mais em facilitar a adoção de tecnologias existentes e menos em fazer pesquisas novas.

Ricardo Cavalcante, César Ribeiro, Beto Studart e Élcio Batista no Observatório da Indústria

Foto: Balada IN

  • Xavier Cirera
    Xavier Cirera

Debater as amplas oportunidades de negócios e investimentos que já estão acontecendo e ainda virão para o Ceará, devido ao funcionamento da Trinca de Hubs – aéreo, portuário e de telecomunicações – é o principal objetivo do III Think Tanks Meeting.

O evento, que acontece nesta quinta-feira (27), a partir do meio dia, no Pipo Restaurante, terá a apresentação dos convidados e contextualização da dinâmica do encontro, realizada pelo assessor especial de Relações Internacionais do Governo do Ceará, César Ribeiro.

Ele falará sobre os esforços desprendidos pelo governador Camilo Santana no sentido de atrair grandes investimentos para o Estado, como o Hub Nordeste das companhias Air France-KLM, com a Gol; a parceria entre os portos do Pecém e de Roterdã, bem como a chegada dos cabos submarinos de fibra óptica Sacs e Monet, bem como a construção do data center Angonap, da gigante de telecomunicações, Angola Cables, na Praia do Futuro.

Entre os convidados expositores, o CEO da Angola Cables, António Nunes, falará sobre todas as oportunidades que os cabos de fibra óptica de sua empresa e o data center instalados na capital cearense representam para pequenos, médios e grandes empresários do Ceará e do Brasil.

Já para falar sobre o Hub aéreo, o executivo da Air France, Paulo Lobão, ressaltará o desenvolvimento que o Ceará já está observando, tanto do transporte aéreo de passageiros, como também de cargas, para as principais cidades da Europa. Afinal, são sete voos semanais, sem escalas, ligando Fortaleza a Paris e Amsterdã.

Com relação às possibilidades do Hub Portuário, a assessora do CIPP, Débora Memória, explicará quais as atuais necessidades e os futuros empreendimentos que vão se instalar no complexo industrial e portuário, aumentando esta demanda.

Na opinião do economista Lauro Chaves Neto, conselheiro do Cofecon, o empresariado cearense poderá se inteirar sobre as oportunidades de negócios que serão geradas pelaTrinca de Hubs. “São oportunidades nunca antes esperadas e de uma forma tão intensa, simultaneamente. Cabe a todos aqueles investidores que aqui estão se capacitarem, ligarem seus radares e investirem, principalmente, nas áreas de comércio, serviços e logística, que são interligadas com esses três Hubs. Assim, a presença no debate do III Think Tanks Meeting será fundamental para que os empresários formem a massa crítica”, disse.

III Think Tanks Meeting deverá lotar o Pipo Restaurante, a exemplo das outras duas edições

Foto: Balada IN

  • César Ribeiro
    César Ribeiro
  • António Nunes
    António Nunes
casa cor

BS Design recebe evento sobre tendências de mercado e gestão

25 de Junho de 2019 . Por Gabriela Rocha

O auditório do BS Design receberá, nesta quinta-feira (27), às 8h, o GM Trends - O Futuro da Gestão, da empresa de consultoria Gomes de Matos.

Com o tema "Novas Possibilidades de Gestão e Negócios", as palestras, com especialistas da área, terão como pauta as tendências do mercado. O evento de relacionamento com clientes e mercado ainda serve de ferramenta para ampliar o networking.

Além de falar sobre tendências nas mais diversas áreas de gestão, o GM Trends promoverá disseminação de conteúdo, conhecimento e criará um ambiente de discussão sobre temas pulsantes do cenário globalizado, colaborando para qualificar o mercado e os profissionais.

Dentre os debates, estão painéis voltados para atrair consumidores e como empresas ágeis lidam com a concorrênciaEmpresários, gestores e executivos são o público-alvo do evento que terá em sua grande de palestrantes Cláudio Fortier, do Grupo Pague Menos, e Fernanda Rocha, da Fortes Tecnologia.

Cláudio Fortier é um dos palestrantes dos painéis sobre gestão empresarial

Foto: Portal IN

O Centro de Fortaleza concentra uma das maiores áreas de comércio da cidade, com lojas dos mais diversos segmentos, e recebe, por dia, cerca de 350 mil pessoas. Pensando nesse público de clientes e lojistas, a CDL lança a Campanha Centro Premiado, que acontecerá entre os dias 3 e 13 de julho.

Patrocinada por empresas do mercado financeiro, a ação busca impulsionar as vendas no comércio popular e ainda premiar os consumidores com uma casa mobiliada e dois caminhões de prêmios.

Para lançar a campanha, amanhã (26), na sede da CDL Fortaleza, terá concentração de gestores, associados, empresários e diretoria da entidade, que, juntos, irão para a praça do Ferreira. Ainda na programação, os realizadores pretendem passar por vias e corredores comerciais, no intuito de apresentar ao comércio a Campanha, que terá duração de onze dias, e exclusiva para os comerciantes com lojas no Centro.

Ainda nesta quarta-feira, às 18h30, a CDL Fortaleza divulga todos os detalhes da campanha em evento, também na sede, que contará com palestra motivacional e show do cantor Falcão, garoto propaganda da campanha.

"A promoção Centro Premiado é mais uma ferramenta para incentivar o comércio do Centro, através da motivação promocional para os consumidores e o incremento nas vendas para os lojistas", explica o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante.

Assis Cavalcante, da CDL Fortaleza, lança campanha exclusiva para lojas do Centro

Foto: Portal IN