TECER NOTAS ATE 21 SETEMBRO

Vila Galé fatura 20% a mais no Brasil em 2018

17 de Janeiro de 2019 . Por Marcelo Cabral

O Grupo Vila Galé registrou um faturamento de R$ 318 milhões, no ano passado, em suas nove unidades no Brasil, representando um aumento de 20% em comparação ao faturamento apurado em 2017, que foi de R$ 265 milhões. Em 2018 foram contabilizados 535 mil quartos ocupados, cerca de 8% a mais que em 2017.

“Os resultados positivos são reflexos da estratégia adotada pelo Vila Galé em 2018, com foco nas inovações no entretenimento e na oferta gastronômica, bem como no investimento e lançamento de novos projetos. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 20 milhões em renovações e remodelações. Para este ano, estamos preparando diversas inovações em nossas unidades e passaremos a ter novos produtos a serem oferecidos ao público”, enfatiza José António Bastos, Diretor de Operações Brasil.

Em 2018, os brasileiros mantiveram-se como o principal público nos hotéis Vila Galé no Brasil, representando cerca de 88% do total, seguidos da Argentina e Portugal. No território brasileiro, foram criados cerca de 400 novos postos de trabalho.

Novidades

Após o lançamento do Vila Galé Touros, o maior resort all inclusive de todo o Rio Grande do Norte, com 514 acomodações, infraestrutura de lazer completa e um investimento de R$ 150 milhões, a rede Vila Galé anuncia novos projetos em São Paulo e na Bahia.

O Vila Galé Costa do Cacau, localizado nas proximidades de Ilhéus, na cidade de Una, litoral da Bahia, deverá entrar em operação em 2021 e terá 467 unidades habitacionais. O resort será all inclusive e deverá ter um investimento de R$ 150 milhões.

Outra novidade é a chegada do grupo a São Paulo, com o hotel Vila Galé Paulista. Focado no público corporativo, o empreendimento terá 110 unidades habitacionais e um investimento estimado de R$ 80 milhões.

Também estão previstas, até 2021, a abertura de duas novas unidades e ampliação de outras duas em Portugal, nas regiões do Alentejo, Manteigas e Lamego. Ao todo, a rede Vila Galé planeja contar com 38 unidades no mundo, em três anos.

Vila Galé Touros foi o último resort inaugurado no Brasil, ano passado, no Rio Grande do Norte

Foto: Divulgação 

  • Vila Galé Cumbuco
    Vila Galé Cumbuco
Logo Ironman

Rota Ceará 2020 discute desenvolvimento econômico

17 de Janeiro de 2019 . Por Marcelo Cabral

Fortaleza sediará, no próximo dia 24, na FIEC, o Seminário Rota Ceará 2020, que debaterá uma série de estratégias para o desenvolvimento econômico, como turismo, indústria, logística, transportes (aéreo e marítimo), além de empreendedorismo digital.

Por causa disso, representantes de diversas empresas e instituições de importância no cenário nacional e internacional como Angola Cables, Tecer Terminais Portuários, FIEC, CDL Fortaleza, Skal, Sebrae-CE e Banco do Nordeste já confirmaram presença no evento.

De acordo com as projeções do Governo do Ceará, os setores aéreo, marítimo e de telecomunicações deverão receber, juntos, investimentos de mais de R$ 4 bilhões nos próximos anos, alterando o panorama de oportunidades no Estado.

Tudo isso deverá promover uma transformação das vocações econômicas e buscar fortes resultados na geração de emprego e no aumento da participação cearense no PIB nacional. Durante o Seminário serão apresentados os cenários desses três eixos e as oportunidades de negócios nos setores da indústria, comércio e serviço.

Durante o seminário serão apresentadas palestras e realizados debates sobre o Hub Logístico/Portuário, discutindo temas relevantes que venham a promover o desenvolvimento e os impactos econômicos no Ceará, em especial na região do CIPP.

Porto do Pecém possui uma série de oportunidades a serem exploradas nos próximos anos

Foto: Divulgação

  • Cabo submarino
    Cabo submarino
Pizza Hut - 100x100.php

Air France e KLM devem realizar novos investimentos no Ceará

17 de Janeiro de 2019 . Por Marcelo Cabral

O secretário César Ribeiro, que está à frente da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais do Governo do Ceará esteve em São Paulo, participando de reunião com o diretor geral do Grupo Air France–KLM para a América do Sul, Jean-Marc Pouchol.

Eles discutiram o alinhamento novas possibilidades relacionadas ao hub aéreo ; aeroportono Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, bem como uma série de outros assuntos, em especial no que se refere ao aumento de novas operações e transporte de cargas.

De acordo com Ribeiro foram celebrados os resultados atingidos em tão pouco tempo do início das operações, bem como reafirmada a intenção do grupo em iniciar, no próximo mês de abril, sua sétima frequência semanal e o fato de a KLM estar operando seus voos para Amsterdã partindo de Fortaleza com 100% da capacidade de exportação de cargas.

Outro ponto importante da reunião foi a articulação para a apresentação do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama, Onélia Leite de Santana, à Fundação Air France, que contou com a participação de representantes do Gabinete da Primeira-Dama.

César Ribeiro acrescentou que o diretor Jean-Marc Pouchol ressaltou que o grupo tem interesse em atuar nessa área e que um momento para a apresentação do Programa Mais Infância Ceará deve acontecer no mês que vem.

César Ribeiro esteve reunido com o diretor do Grupo Air France-KLM para discurir novas ações

Foto: Divulgação

  • Jean-Marc Pouchol
    Jean-Marc Pouchol
TERMACO SELOS ATE 21 SETEMBRO

Fortaleza recebe prêmio internacional de transporte sustentável

17 de Janeiro de 2019 . Por Marcelo Cabral

O prefeito Roberto Cláudio foi representado pelo secretário-executivo da SCSP, Luiz Alberto Sabóia e pela secretária de Relações Internacionais e Federativas de Fortaleza, Patrícia Macêdo, na solenidade de entrega do prêmio internacional de cidade com o melhor transporte sustentável.

A premiação: Sustainable Transportation Award é oferecida pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), que promoverá, de 24 a 26 de junho, na Capital cearense, o seminário Mobilize 2019, reunindo os maiores especialistas do mundo em mobilidade sustentável.

A entrega do prêmio foi realizada em Washington, D.C., nos Estados Unidos, e foi destinado a Fortaleza por seus projetos e intervenções inovadoras que promovem a mobilidade urbana de forma sustentável e inclusiva.

A cidade de Bucheon, na Coreia do Sul, venceu a premiação na categoria menção honrosa. O superintendente da AMC, Arcelino Lima, também esteve presente à solenidade. A premiação foi anunciada em junho de 2018, em Dar es Salaam, na Tanzânia, pelo ITDP, durante a última edição da Mobilize.

O Prêmio Transporte Sustentável é patrocinado pelo ITDP e pelo Transit Center, com apoio do Banco Mundial. O vencedor do STA é selecionado por um comitê de organizações líderes na área de transporte sustentável e desenvolvimento urbano, incluindo o ITDP, Banco Mundial, WRI Ross Center for Sustainable Cities, CODATU, ICLEI, Clean Air Asia, GiZ, Instituto Clean Air e Despacio.

Segundo integrantes do comitê do prêmio, Fortaleza foi a cidade vencedora pela implementação de boas práticas em suas ruas desde 2014, incluindo ruas completas ou divisão equitativa do espaço viário; reduzir do CO2 e aumentar a segurança no trânsito priorizando o transporte público, o ciclismo e a caminhada.

No ano passado, Fortaleza atingiu a meta de 108 quilômetros de corredores de ônibus exclusivos, que incluem terminais de ônibus reformados, um sistema de transporte integrado e sistema de carro elétrico compartilhado. Além disso, Fortaleza implantou 225 quilômetros de infraestrutura cicloviária e sistemas integrados de compartilhamento de bicicletas com transporte público.

Entrega da premiação foi realizada durante solenidade realizada em Washington D.C., nos EUA

Foto: Divulgação

  • Nova Aguanambi
    Nova Aguanambi
  • Reconhecimento internacional
    Reconhecimento internacional

O Centro Industrial do Ceará tem em 2019 um ano de destaque. A entidade comemora seu centenário de existência e atuação, e o presidente do CIC, André Siqueira, junto com a diretoria, está na organização dos preparativos de celebração da data.

“Desenvolvemos um trabalho institucional que tem o objetivo de fomentar políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sócio econômico do nosso Estado, unindo empresariado e Governo, por isso, realizamos e pensamos em ações diversas, dinâmicas e positivas”, afirmou o presidente

O CIC, ao longo de um século de existência, tem um legado que o posiciona como uma entidade que contribui efetivamente para o desenvolvimento regional, participando ativamente de discussões e apontando soluções.