CN5- Selo

Unimed tem reconhecimento de 96% dos brasileiros

03 de Abril de 2018 . Por Marcelo Cabral

A Unimed recebeu o reconhecimento do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, como marca de alto renome em território nacional.

Isso significa que a operadora é identificada por um grande número de pessoas em todo o Brasil, como detentora de boa reputação e prestígio. A Unimed é a única marca de plano de saúde a integrar essa seleta lista do INPI.

Para o presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, esta conquista é devido à equipe profissional da cooperativa. “Este reconhecimento é fruto do trabalho dos cooperados e colaboradores que constroem a Unimed todos os dias”, destacou. 

“Além disso, é o resultado do trabalho de todas Unimeds que estão juntas em um único objetivo, cuidar do cliente, por meio de um sistema de cooperativismo  viável”, concluiu o otorrinolaringologista Elias Leite.

Para chegar à certificação, o INPI tem como base pesquisas de opinião pública que avaliam uma série de questões técnicas, além da receptividade das pessoas. Para tanto, o INPI, em parceria com o Instituto de Pesquisa Datafolha, consultou 4.052 pessoas e apontou que 96% da população brasileira reconhece a marca Unimed. 

Ainda verificou que 93% dos que afirmam conhecê-la também a identificaram como tradicional no mercado, 89% como uma marca que tem produtos de qualidade e 88% como marca de prestígio, moderna e confiável.

Em 2017, a Unimed completou 50 anos de atuação no mercado de saúde suplementar. Nasceu com a fundação da Unimed Santos (SP), em 1967, e hoje é composta por 346 cooperativas médicas, que prestam assistência para cerca de 18 milhões de beneficiários em todo País.

Hospital Regional Unimed é referência e atende desde emergências a cirurgias mais complexas

Foto: Divulgação

  • Presidente Elias Leite
    Presidente Elias Leite
Lexus - Selo

Kátia Abreu filia-se ao PDT

02 de Abril de 2018 . Por Marcelo Cabral

A senadora Kátia Abreu se filiou ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) em uma cerimônia especial realizada na Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), em Palmas (TO) com a presença do presidente nacional, Carlos Lupo, do pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes.

Ela destacou as dificuldades do Tocantins, como a falta de asfalto em mais de 50% do estado, a economia enfraquecida e a situação de extrema pobreza que atinge mais de 11% da população. “Nosso estado vai florescer”, garantiu Kátia que é pré-candidata ao governo estadual nas eleições de outubro.

O pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, se posicionou contra a corrupção e listou os problemas atuais do País, criticando as ações do Governo Federal.

Falando diretamente com os políticos do estado, envolvidos em casos de corrupção, Ciro Gomes mandou um recado: “Ratazanas que infectaram o Tocantins, corram que Kátia Abreu vem aí”.

Kátia Abreu será candidata ao Governo do Tocantins e foi aplaudida por Ciro Gomes

Foto: Divulgação

  • Ciro Gomes apoiou
    Ciro Gomes apoiou

O Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) se reúne, nesta quinta-feira (5), para decidir sobre a simplificação do licenciamento para empreendimentos de geração de energia elétrica de fontes eólica e solar fotovoltaica.

As minutas das novas resoluções foram elaboradas por um grupo de trabalho formado por técnicos da Semace, com a participação de representantes do segmento de energias renováveis.

O diálogo entre o Governo e a iniciativa privada visa tornar o setor mais atrativo aos investimentos e a recolocar o Ceará na liderança entre os estados produtores. 

Esta será a segunda tentativa do segmento para aprovar a flexibilização dos procedimentos da Semace no Coema. Na sessão ordinária de fevereiro, as minutas foram apresentadas, mas o Conselho pediu modificações aos textos, para dar mais segurança jurídica.

Outra norma que está em processo de alteração é a Resolução Coema nº 01/2016, que define impacto ambiental e dá aos municípios a autonomia de licenciar os empreendimentos públicos e privados de caráter local. 

A minuta que será analisada pelo Coema dá nova redação à resolução, com o objetivo de estimular as administrações municipais a assumirem o licenciamento.

Ceará foi o pioneiro e já deteve a liderança nacional na geração de energia eólica

Foto: Divulgação

  • Energia solar
    Energia solar
Ilmar 2 marca

Intermodal 2019 será de 19 a 21 de março

02 de Abril de 2018 . Por Marcelo Cabral

A Intermodal South America 2019 já tem data marcada, de 19 a 21 de março, mais uma vez no São Paulo Expo. A próxima edição marca os 25 anos do evento que é reconhecido como o principal das Américas em logística, transporte de cargas e comércio exterior.

"Em 2019 vamos seguir o novo posicionamento adotado neste ano, com uma oferta mais abrangente de soluções e serviços que atendem à logística de ponta a ponta", afirma o presidente da UBM Brazil, Jean-François Quentin.

Em 2018 a 24ª edição da Intermodal recebeu cerca de 32 mil profissionais em três dias de evento no São Paulo Expo, que puderam conferir as novidades de mais de 400 marcas nacionais e internacionais.

Do Ceará, as empresas Termaco e Tecer montaram um estande onde apresentaram suas soluções, em especial as usadas no Terminal Portuário do Pecém.

O Governo do Ceará também participou ativamente da Intermodal 2018, com um grande estande no qual os visitantes puderam ver as vantagens do Porto do Pecém, ZPE-Ceará e outros equipamentos voltados para logística.

O evento mostrou soluções e serviços ligados a tecnologias que estão revolucionando a logística no mundo e que começam a fazer parte da realidade do mercado brasileiro. Dentre elas estão máquinas inteligentes, automação intensiva, sistemas cyberfísicos, inteligência artificial, computação cognitiva, big analytics e blockchain.

Estande do Governo do Ceará divulgou as opções em logística existentes no Estado

Foto: Divulgação

  • Estande Termaco e Tecer
    Estande Termaco e Tecer
  • Danilo Serpa e Enid Câmara na Intermodal 2018
    Danilo Serpa e Enid Câmara na Intermodal 2018
M Dias Branco Logo

Ceará busca estreitar laços comerciais com países árabes

02 de Abril de 2018 . Por Marcelo Cabral

O Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), participa, hoje, do Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, em São Paulo. O evento, realizado pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, mostra o grande crescimento das relações comerciais entre o Brasil e aqueles países.

De acordo com o titular da SDE, César Ribeiro, trata-se do mais importante evento das relações bilaterais desses países. Um dos mercados prioritários SDE, os Países Árabes têm grande potencial na atração de novos investimentos para o Ceará. 

Isso porque, dos dez maiores fundos soberanos do mundo (com total de US$ 5,5 trilhões), 43% do valor investido pertencem a fundos árabes, o que representa cerca de US$ 2,4 trilhões.

Com o tema “Construindo o futuro”, o evento propõe uma reflexão sobre como a relação entre as nações deve ser fortalecida de forma conjunta e sustentável. 

Temas como logística e energias renováveis estão entre os destaques nos painéis, mas inovação e tecnologia; segurança alimentar; investimentos; imagem & branding, além de turismo também estão na pauta.

As exportações e importações entre o Brasil e os países árabes somaram mais de US$ 20 de bilhões em 2017 e as oportunidades comerciais entre as duas regiões tendem a crescer ainda mais este ano.

Pelo menos essa é a expectativa da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira. Da parte do Ceará, também existe um projeto na Secretaria do Turismo (Setur), para trazer cada vez mais turistas daqueles países para o Ceará.

Afinal, além das belezas naturais do litoral, das serras e do sertão cearenses, a poucos quilômetros da Capital está a Beach Park, segundo melhor parque aquático do mundo, de acordo com pesquisa do TripAdvisor.

Beach Park é um dos grandes polos de tração turística do Estado e o segundo melhor do mundo

Foto: Divulgação

  • César Ribeiro
    César Ribeiro