clav d som

Unimed Fortaleza terá Hospital Materno Infantil

04 de Junho de 2019 . Por Marcelo Cabral

A Unimed Fortaleza realizará, nesta quinta-feira (6), uma coletiva de imprensa para anunciar os novos investimentos que serão realizados pela cooperativa médica na capital cearense.

Na oportunidade, o presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, anunciará a construção do Hospital Materno Infantil, bem como outras ações com o objetivo de melhorar cada vez mais o atendimento aos usuários.

Como já possui o Hospital Regional Unimed, a operadora pretende oferecer um espaço totalmente dedicado às futuras mães, bem como seus filhos e aos pequenos pacientes que, atualmente, recebem atendimento no HRU. 

Hiospital Regional Unimed terá, agora, o reforço do Hospital Materno Infantil na capital cearense

Foto: Divulgação

  • Elias Leite
    Elias Leite

O prefeito Roberto Cláudio apresentou à diretoria da CDL de Fortaleza, uma balanço das ações que estão sendo implementadas na capital cearense ou que iniciarão suas obras até 2020, tendo diversos impactos na economia da cidade e, portanto, também no comércio varejista, pois representam investimentos da ordem de R$ 1,54 bilhão.

Ele foi recebido pelo presidente da CDL, Assis Cavalcante, e seus diretores, para um almoço no qual teve a oportunidade de detalhar os principais investimentos, cujos recursos já estão garantidos por meio de financiamentos contratados junto a instituições internacionais como a CAF e o Banco Mundial.

“São investimentos que nesse momento têm um grande valor, porque são em dólares, o que ajudou o município, pois a gente está captando a um dólar de R$ 4,00 e isso gerou mais dinheiro do que na época da apresentação do projeto e, agora, temos dinheiro sobrando para aplicar em novos projetos que não estavam inicialmente programados”, disse o prefeito.

Um dos principais pontos destacados por ele diz respeito a obras de drenagem e pavimentação em diversos bairros e assentamentos precários da capital cearense, que importam em aportes da ordem de R$ 450 milhões, o que dará um impacto até mesmo na saúde dos fortalezenses.

“Aumentamos em pouco mais de 100% as matrículas de creches em Fortaleza, tanto que em 2017 e 2018 abrimos mais vagas absolutas que o município de São Paulo. Essa foi uma área que mais avançou e, para começar no segundo semestre teremos 36 novas creches e 26 novas escolas de tempo integral, que representa em torno de R$ 340 milhões de investimentos, só em novo parque educacional”, informou Roberto Cláudio.

Anunciou, ainda, reformas de mais 150 praças com playground, academias ao ar livre e, 60 estruturas de bibliotecas infantis em algumas delas, a exemplo da estrutura que já foi montada em parceria com a CDL de Fortaleza na Rua Guilherme Rocha.

Serão implantadas 31 novas areninhas em toda a cidade, com investimento de R$ 62 milhões, que têm reflexos no comércio, pois elas se tornam pontos de encontro e o comércio fica muito vivo no entorno. “Em quase todas existe a abertura de bares, restaurantes, lojas, foram o comércio informal. É um espaço que traz muita vida comunitária. Neste caso aproveitamos terrenos públicos e que não exijam intervenções de drenagem”, salientou.

Aplicação de piso intertravado nas mais variadas áreas da Capital, a exemplo do que acontece na Avenida Beira Mar, pois tem um custo menor de implantação e conservação. Novos binários, 105 quilômetros de ciclofaixas e 120 novas estações do Bicicletar (alta de 150%) também fazem parte do pacote de investimentos.

Urbanizações de parques, praças e no Lago Jacarey, são outras obras relevantes da Prefeitura de Fortaleza. E, como o prefeito é da área de saúde, serão cerca de R$ 25 milhões em investimentos em postos de saúde e reformas de hospitais, além da construção do Hospital Infantil, com urgência, emergência e centro cirúrgico.

Obras de mobilidade urbana também serão intensificadas, como o BRT da BR-116, novos binários, serão executadas, bem como novas Células de Proteção Comunitária e ampliação do projeto Meu Bairro Empreendedor, em parceria com a CDL de Fortaleza. “A CDL é uma grande parceira da Prefeitura, mas também nos cobra muito as soluções para a nossa cidade, o que é muito positivo”, completou Roberto Cláudio.

O presidente da CDL disse que a explanação do prefeito foi muito boa para os fortalezenses. “O prefeito deu uma geral em todos os projetos da cidade, não apenas no Centro. Ficamos muito satisfeitos com o que ele falou sobre investimentos nas áreas de saúde, em especial com o Hospital Infantil, e educação em tempo integral, e vislumbramos mão de obra mais qualificada para nós. E a requalificação da Praça José de Alencar, que vai iniciar em breve, dará um impulso muito grande para as lojas da área central”, afirmou Assis Cavalcante.

Dentre as reclamações do presidente da entidade, estiveram a circulação de bicicletas na Rua Guilherme Rocha e com carrinhos vendendo milho ou queijo assado, que acabam atrapalhando a circulação de pessoas na Rua Liberato Barroso. “O prefeito Roberto Cláudio é um dos que mais tem prestigiado a CDL”, completou Assis Cavalcante.

Diretoria da CDL recebeu o prefeito Roberto Cláudio e dois integrantes do seu secretariado

Foto: Balada IN 

  • Roberto Cláudio e Assis Cavalcante
    Roberto Cláudio e Assis Cavalcante
  • Honório Pinheiro e Cabral Neto
    Honório Pinheiro e Cabral Neto

Autoridades de peso, como o governador Camilo Santana; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Sarto; o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o presidente do TCE, Edilberto Pontes, marcaram presença na abertura do Seminário de Gestores – Prefeitos Ceará 2019, no CEC, cujo tema central foi “Desenvolvimento cooperado, inovação e sustentabilidade”.

O chefe do Poder Executivo foi enfático no que se refere à parceria entre o Governo do Ceará e os municípios. “No Ceará, quase 90% da população usa o SUS, precisa da saúde pública, da segurança pública, educação, para atender às necessidades de seus municípios e das pessoas. Por isso, a cooperação é muito importante e precisamos estar juntos”, disse Camilo Santana.

Edilberto Pontes salientou a relevância do evento. “Os participantes fazem networking, compartilham experiências, trocam ideias, conversam sobre as práticas de sucesso que foram adotadas em suas cidades e as indicam para outros gestores”, afirmou o presidente do TCE.

Dezenas de prefeitos, gestores e empresários de destaque, como Igor Queiroz Barroso, diretor institucional do Grupo Edson Queiroz, ficaram atentos a cada detalha que foi debatido durante o seminário.

Quem também participou do primeiro dia do seminário, organizado por Enid Câmara,da Prátika Eventos e que será encerrado nesta terça-feira, foi o titular da Seplag, que falou sobre a reforma da Previdência. Salientou que o BPC precisa ser mantido, assim como o atual modelo de aposentadoria rural, para mulheres e professores.

“Achamos que deva ter aumento do tempo de contribuição para outras categorias, do tempo de contribuição pois as pessoas estão vivendo mais, porque senão o sistema fica insustentável. O mais grave é que se o cálculo da aposentadoria, hoje, é feito com a média dos 80% das contribuições, o texto está mudando para 100%, ou seja, toda a sua vida laboral, o que dá uma redução de aposentadoria da ordem de 13%, que tem um impacto na Previdência”, explicou Mauro Filho.

Ele destacou que o PDT não vai aprovar o texto como está e apresentará uma proposta alternativa. “Apresentamos uma proposta mais bem elaborada, que retira esse pessoal menos favorecido do ônus de ter que contribuir para a solução do problema e ainda procuramos manter uma parte do regime de repartição, até R$ 4 ou R$ 5 mil e a partir daí, o regime de capitalização de contas individuais, complementa esse piso de repartição que deve prevalecer, pois o modelo do ministro Paulo Guedes não tem a contribuição patronal, o que para nós é um absurdo”, completou o secretário.

Edilberto Pontes, Roberto Cláudio, Camiulo Santana, Igor Barroso e José Sarto prestigiaram o evento

Foto: Balada IN

  • Camilo Santana e Enid Câmara
    Camilo Santana e Enid Câmara
  • Feira de negócios
    Feira de negócios

Beto Studart, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), será homenageado com o troféu Destaque Ambiental no próximo dia 13.

A honra será entregue durante a solenidade do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar (PMQA) - 2019.

Concedida pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans), a honraria será recebida por Beto Studart graças a suas ações de incentivo no cuidado com o meio ambiente.

A FIEC é uma entidade que valoriza as demandas ambientais e sociais incorporadas pelas indústrias. A BSPAR, também comandada por Beto, busca realizar projetos de alto padrão aliados à sustentabilidade.

Beto Studart

Foto: Portal IN

  • Beto e Ana Maria Studart
    Beto e Ana Maria Studart
Ilmar Gourmet - Selo

Titular do MTur detalha Investe Turismo no Ceará

03 de Junho de 2019 . Por Marcelo Cabral

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, estará em Fortaleza nesta sexta-feira (7), para apresentar os detalhes do programa Investe Turismo, uma parceria entre o MTur e o Sebrae Nacional.

Ainda está sendo definido o local da reunião com o ministro, se na sede do Sebrae-CE ou no Centro de Eventos do Ceará (CEC), tendo em vista sem uma programação extensa.

“O programa vai aplicar R$ 200 milhões no desenvolvimento turístico, mas os locais foram definidos pela Embratur, com base em critérios de destinos estratégicos - como fluxo de estrangeiros, infraestrutura aérea, dentre outros -, para decidir quais roteiros se enquadram nos destinos escolhidos por ela”, explicou Alci Porto, diretor técnico do Sebrae-CE.

Ele destacou que serão aplicados cerca de R$ 5 milhões em Fortaleza, além dos municípios que compõem a Rota das Emoções, Jericoacoara, Camocim, Barroquinha, Chaval e Cruz.

Marcelo Álvaro vai detalhar os investimentos que serão realizados nos destinos cearenses

Foto: Divulgação

  • Alci Porto
    Alci Porto
  • Praia de Jericoacoara
    Praia de Jericoacoara