Lenita Negrao Apoio

Maia Júnior é próximo convidado da reunião da FIEC

22 de Outubro de 2017 . Por Balada In

O secretário de Planejamento do Ceará, Maia Júnior, participa no próximo dia 24, às 18h30min, da reunião de diretoria da FIEC. Na ocasião, ele abordará o Plano Ceará 2050, lançado pelo governo do Estado e que pretende discutir o Ceará dos próximos anos. O Ceará 2050 também incluirá como instrumento para este debate, o Projeto Rotas Estratégicas, importante instrumento produzido pelo Núcleo de Economia e Estratégia da FIEC para potencializar segmentos econômicos cearenses. 

No último dia 4, a FIEC apresentou, em parceria com o Sebrae, os resultados de mais seis Rotas Estratégicas voltadas para os setores: Indústria Agroalimentar, Biotecnologia, Produtos de Consumo (calçados, confecções e móveis), Economia do Mar, Turismo & Economia Criativa e Meio Ambiente. 

O Rotas Estratégicas Setoriais trata-se de um projeto para construir - com o auxílio de especialistas da academia, setor produtivo e governo - estratégias possíveis de desenvolvimento para setores de grande potencial no Estado. Na ocasião, o governador Camilo Santana destacou que o documento será utilizado como base na elaboração do Ceará 2050, projeto que propõe uma nova economia para o Estado.

Anteriormente, a FIEC já havia entregue oficialmente resultados das rotas estratégicas de: Energia, Eletometalmecanico, Construção e Minerais Não Metálicos, Saúde, Água, Logística e TIC. 

Ao todo, portanto, são 13 rotas - disponíveis no site da FIEC - que vão balizar os setores até 2025. Além de apontar soluções, o projeto propõe a identificação de entraves existentes, ações resolutivas estratégicas e tecnologia para a competitividade do setor, ilustrados em mapas chamados roadmaps. 

“Temos um mapa com uma linha do tempo, mostrando visões de onde cada setor quer chegar, os fatores críticos e as funções de curto, médio e longo prazo”, diz Sampaio Filho, coordenador do projeto.

Durante seu discurso, o presidente da FIEC, Beto Studart, ressaltou a alegria de ver materializado o ambiente de inteligência com o qual sonhou desde que iniciou sua gestão à frente da instituição. Ele afirmou que "estamos vivendo momento inédito no Ceará e podemos considerar esta solenidade como um marco simbólico desta nova etapa da Federação das Indústrias e nas suas relações com o poder público e com a sociedade, representado por este valioso documento que baliza as “políticas de estado”, como prova de nosso compromisso com os empreendedores, investidores, industriais e com o desenvolvimento de nossa terra".

Beto Studart disse também que o destino quis que o projeto Rotas Estratégicas fosse entregue nas mãos do Governador Camilo Santana, em uma fase muito especial pela qual passa o Ceará. "Vivemos tempos auspiciosos, com tantas boas notícias e perspectivas para a economia cearense, resultados cada vez mais tangíveis dos esforços envidados pelo senhor". O presidente da FIEC agradeceu o prestígio da presença do governador Camilo no evento e ressaltou a certeza de "mantermos, a FIEC e o Governo, uma relação institucional tão harmoniosa quanto profícua".

Maia Júnior

Fotos: Divulgação

  • Beto Studart e Camilo Santana
    Beto Studart e Camilo Santana
  • Sésar Ribeiro, César Sampaio, Beto Studart e Maia Júnior
    Sésar Ribeiro, César Sampaio, Beto Studart e Maia Júnior
  • Apresentação do Rotas Estratégicas
    Apresentação do Rotas Estratégicas