Desde 2005, a marca Balada In é sinônimo de requinte, qualidade e credibilidade. Além de uma equipe formada por profissionais de alto gabarito, a maior parte desse sucesso se deve a um nome em especial: Pompeu Vasconcelos. Nascido em Fortaleza, em 29 de março de 1968, Fernando Pompeu Benevides de Vasconcelos é filho da escritora Fernanda Benevides Vasconcelos e do médico e empresário José Pompeu Vasconcelos Filho e irmão de Erick Benevides de Vasconcelos e Ticiana Vasconcelos. Ao analisarmos sua trajetória, fica nítida a certeza de que essa veia de empreendedor e comunicador começou ainda bem cedo. 

Aluno do Colégio Militar e do Colégio Christus, Pompeu sempre foi bastante dedicado aos estudos. Com apenas 14 anos, ingressou na Construtora Ego, que tinha à frente seu pai, José Pompeu, e os sócios Antônio Mazzini Lima e Alberto Carneiro. Em 1986, foi aprovado no curso de Engenharia Civil da Universidade Federal do Ceará, passando a aprender na teoria o que já vinha observando na prática, no dia a dia da Construtora. Vendo o enorme potencial do filho, José Pompeu decidiu presenteá-lo, no mesmo ano de sua aprovação na UFC, com cotas para ser sócio da Ego Turismo (EGOTUR). Tornando-se sócio administrador da empresa, decidiu que era o momento certo de apostar em um novo ramo de negócios. E, assim, tornou-se pioneiro na captação de turistas nacionais e estrangeiros para o Ceará. “Nós, além da parte emissiva de passagens aéreas e serviços, no Brasil e no exterior, demos mais um passo e compramos ônibus, micro-ônibus, vans e automóveis de luxo para fazer o transporte privativo dos grupos de turistas”, relembra.

Em 1990, Pompeu mudou-se para a capital federal, onde continuou atuando junto à construtora e também criou uma filial da EGOTUR. Sua dedicação e expertise na área do turismo foram enriquecidas com a participação em inúmeras feiras, congressos e road-shows, no Brasil e no exterior, ao lado de importantes nomes do segmento, tais como: Bismarck Maia, Arialdo Pinho, Joãozinho Gentil, Darlan Leite, Erick Vasconcelos, Lázaro Medeiros, Nelson Otoch, Régis Medeiros, Peixoto Simões, Henrique Alcântara, Ernani Silva e Anya Ribeiro. “Passei a investir no mercado internacional, participando de muitos eventos fora do Brasil. Essas feiras, que hoje são comuns no exterior, naquela época eram de difícil acesso. As viagens me proporcionaram descobrir muito cedo o que existia de melhor no mundo, por isso, essa minha relação tão forte com o setor”, analisa.  

COMUNICAÇÃO

Atualmente, Pompeu Vasconcelos é reconhecido como um dos mais influentes comunicadores do Estado. Essa relação com a comunicação, no entanto, começou de maneira bastante natural. Em 1978, quando tinha apenas 10 anos de idade, seu pai foi acometido por uma grave crise renal, chegando a viajar aos Estados Unidos para tratamento. Logo que retornou ao Brasil, José Pompeu reuniu a família e conversou sobre os novos tempos. Como filho mais velho, Pompeu decidiu que deveria ficar ainda mais próximo. E, como ele mesmo diz: “Colei no meu pai. Sempre que podia estava com ele, fosse aos fins de semana, nos clubes de Rotary, nas viagens ou mesmo no trabalho na construtora. Ele delegou a mim o privilégio de poder conhecer seus amigos, onde formei uma extensa rede de amizade que ainda perdura”. Ou seja, se hoje Pompeu tem livre acesso aos mais elegantes endereços e principais acontecimentos, muito se deve às amizades verdadeiras conquistadas ainda no passado. “Optei por criar relações sólidas de amizade e companheirismo. Sempre vi a importância de um nome limpo, de credibilidade e respeito”, analisa.

O INÍCIO

Após concluir o curso de Engenharia Civil, recebeu o convite de José Alberto Bardawil, presidente da TV União, para atuar como superintendente da emissora. Cinco anos depois, um novo convite passou a redefinir novos e importantes capítulos de sua trajetória profissional. Ao aceitar o convite de Luciana Dummar, atual presidente do O Povo, para assinar a coluna Balada VIP no respeitado jornal, comandado à época pelo eterno Demócrito Dummar, Pompeu Vasconcelos foi responsável por um boom no mercado. Visionário por natureza, logo percebeu o vácuo na área digital que existia no Ceará. E, assim, decidiu criar o site Balada In – que, inicialmente, dava suporte a coluna Balada VIP - e tornou-se pioneiro em colunismo social digital no Estado. 

Um dos diferenciais do comunicador foi apostar em conteúdo, pessoas interessantes e formadoras de opinião das mais diversas áreas. Rapidamente, o Balada In virou um sucesso. “No início, era preciso se cadastrar para ter acesso às informações. E, com esses cadastros, conseguimos criar um banco de dados fabuloso, que nos possibilitou, rapidamente, interagir com esse público”, assevera. Outro passo importante foi a realização de festas, sempre exclusivas, fechadas e sem comercialização de ingressos. “Fizemos grandes eventos no Ideal Club, Mucuripe Club e Fortal. Tínhamos espaços e camarotes exclusivos nesses eventos. O Balada In sempre foi sinônimo de qualidade e pessoas diferenciadas e interessantes”, diz. Com a crescente demanda, conteúdos cada vez mais diversos e a modernização ainda mais latente, Pompeu Vasconcelos decidiu que era chegado o momento de alçar voos mais altos. 

Em 2008, assinou um contrato com o Jornal Diário do Nordeste, passando o Portal Balada In a fornecer conteúdo para os cadernos Zoeira e Gente e para a Revista Gente, em colunas que levavam seu nome. Com a consolidação do Portal, Pompeu, mais uma vez, decidiu que era hora de inovar. Em 2011, lançou a Revista Balada In, publicação premium, de distribuição gratuita e segmentada. Com a cantora, atriz, dançarina e produtora norte-americana de ascendência porto-riquenha Jennifer Lopez brilhando na capa e no recheio, a primeira edição da revista chegou ao mercado e, rapidamente, tornou-se presença obrigatória nos endereços mais requintados do Ceará.

De lá para cá, a publicação passou a ser uma espécie de documento histórico, trazendo um recorte do cotidiano da sociedade cearense. Para se ter ideia das personalidades que já estamparam a capa, citamos: o industrial Ivens Dias Branco, chanceler Airton Queiroz, ex-governadores Ciro e Cid Gomes, ex-Beatle Paul McCartney, empresário Silvio Frota, tenor Plácido Domingo, prefeito Roberto Cláudio, estilista Lino Villaventura, chef Rui Paula, deputado Salmito Filho, além do presidente da Fiec, Beto Studart, do cantor Paulo José e do governador Camilo Santana. Em 2018, ao deixar o Diário do Nordeste, com uma bagagem de treze anos de jornal impresso, com o Portal Balada In sólido e reconhecido, e com a Revista Balada In presente em vários continentes, Pompeu alça novos voos. 

Em 2019, surge o INsider Group, braço de comunicação de seus negócios. Sob sua chancela estão as publicações impressas e digitais, divisão de eventos sociais e corporativos, relações públicas, produção de conteúdo para mídias impressas e digitais, consultoria de marketing, branding, publicidade e assessoria de comunicação, além de investimento no setor de hotelaria, no litoral cearense. “Este ano também inauguramos o Balada In Vip Lounge, espaço de relacionamento a beira-mar, vizinho ao Iate Clube. Um verdadeiro QG do Balada In”, afirma. 

FAMÍLIA E LAZER

Pompeu aprendeu com seus pais a importância da união e do amor familiar. Pai de Nicole Cordeiro Vasconcelos, fruto de seu primeiro casamento, e de Marco Antônio Pompeu de Castro Vasconcelos, de sua segunda união, Pompeu é casado com Marília Bezerra Lima Quintão Vasconcelos e pai de Pompeu Quintão Vasconcelos, de três anos. Com uma base familiar sólida, Pompeu aprendeu desde cedo que a vida, quando vivida de forma real e prazerosa, pode ajudar a fazer com que os desafios diários sejam enfrentados com mais facilidade. “Ao longo do tempo, vários obstáculos foram se apresentando. Entretanto, sempre estive preparado para a tomada de decisões. Mesmo que essas decisões mudassem o rumo da minha história profissional e até mesmo da minha vida”, ressalta. Desde cedo, tomou gosto pelas viagens que, segundo ele, é uma das mais eficientes formas de adquirir cultura e conhecimento. “Como dono de agência, sempre tive a oportunidade de viajar para diversos destinos. Conheço o Oriente, o Ocidente, conheço o Hemisfério Sul e o Hemisfério Norte. O bom de tudo isso é ainda ter a oportunidade de mostrar o melhor dessas viagens, através das nossas ferramentas de comunicação”, conta. Pompeu Vasconcelos, certamente, ainda tem muito a nos oferecer, com ideias inovadoras, conceitos de qualidade e, claro, com sua forma única de apresentar conteúdos pautados pela inovação, credibilidade, requinte, segmentação e zelo pelas pessoas.