Cotidiano

Em manutenção

29 de Novembro de 2017 . Por Totonho Laprovitera


(Foto: Totonho Laprovitera)

Totonho Laprovitera na ACLJ

26 de Novembro de 2017 . Por Totonho Laprovitera


Totonho Laprovitera assume a cadeira nº 38 (Patrono Cláudio Pereira) da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo. 

Discurso de Totonho Laprovitera:


Orgulho-me de fazer parte desta honrada instituição, como membro honorário, desde 2015. De lá para cá, de maneira plena, sempre tenho procurado participar de seus projetos, de suas ações e de sua história.

Nestes anos, tenho sido aprendiz de todos os confrades ? e confreiras ? vivenciando e compartilhando exercícios de saberes unidos às práticas do bem.

A companhia e o convívio com personalidades distinguidas no âmbito da cultura, das artes e da intelectualidade cearense, significam para mim que os verdadeiros inteligentes são humildes e acessíveis à partilha da mais legítima preciosidade de um ser humano: o conhecimento!


Estou muito feliz nesta tarde-noite! Ocupar a Cadeira de No. 38 da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, cujo patrono é meu saudoso amigo Cláudio Roberto Abreu Pereira, significa desempenhar a alta responsabilidade de quem acredita na imortalidade dos viventes através do afeto entre as pessoas queridas. Até hoje aprendo com Pereira. E sempre haverei de aprender, ora!

Tratar bem a todas as pessoas, sem diferenciá-las por suas naturezas e importâncias; ser colecionador de amigos e conservá-los, acolhendo-os com as suas virtudes e os seus senões; levar a vida de maneira simples e com muito bom humor; enfrentar os nossos desafios, levando em conta que a nossa razão maior é a de vivermos felizes.


?Camarero, um rum!?

Pereira, para mim e certamente para os incontáveis amigos seus, jamais morreu. Com sua alma inquieta e bondoso coração, creiam, seguiu para os universos dos espíritos que se mantém eviternos na grandeza de luz dos mil infinitos.

Colegas, essa Cadeira de No. 38 me será ?voadora?, pois nela viajarei céus e navegarei sonhos! Nela, desenharei com palavras a pintura de minhas expressões criativas. Nela, serei nós! Nela, seremos arte!

Muito Obrigado.

(Fotos: Rogério Lima/Baladain)

Solitudine, com Chico Pessoa

17 de Novembro de 2017 . Por Totonho Laprovitera