Arquitetura

CORAL APONTA ?CREME BRULÉE? COMO A COR DE 2019

16 de Outubro de 2018 . Por Omar de Albuquerque

Estudo da marca de tintas decorativas da AkzoNobel indica um tom quente de caramelo como destaque e mostra que os sentimentos de energia e propósito estarão em alta no próximo ano.

Pensar, sonhar, amar e agir são as quatro atitudes que darão o tom para o próximo ano, segundo o Colour Futures – estudo de tendências de cores da Coral, marca da holandesa AkzoNobel. A edição de 2019, que ouviu especialistas mundiais de diferentes áreas, incluindo as artistas plásticas brasileiras Carlota Gasparian e Adriana Pedrosa, aponta o tema “Deixa a luz entrar” e apresenta “Creme Brulée” como a cor de 2019. Trata-se de um tom quente de caramelo que pode ser tanto relaxante e revitalizante quanto estimulante e revigorante, dependendo da luz e das tonalidades ao seu redor. “Creme Brulée” vai bem com cores escuras, como preto e azul marinho; com mais suaves, como rosa e verde pálidos; e com laranjas e vermelhos vibrantes.

  “Esse estudo mostra que as pessoas se sentem energizadas e prontas para agir, ao mesmo tempo que querem criar lares que reflitam um senso de despertar, que transformem os pensamentos e sonhos em ações e que sejam convidativos. A cor ‘Creme Brulée’ traduz perfeitamente esse espírito e o mote de 2019”, afirma a gerente de cores e de comunicação de marca da AkzoNobel, Fernanda Figueiredo. Ela explica que, em 2018, a sociedade fechou suas portas para se refugiar e organizar as ideias. Agora, no entanto, ela se sente pronta para abrir as janelas e encarar novamente a realidade. “Nossa pesquisa de tendências revela que as pessoas ao redor do mundo têm um novo sentimento de energia, otimismo e propósito, o que se refletiu no tema”.

 Evolução das cores

Para a elaboração do Colour Futures são convidados, há 16 anos, profissionais renomados de todo o mundo para capturar o estado de espírito do momento. Pela segunda vez consecutiva, as artistas plásticas brasileiras Carlota Gasparian e Adriana Pedrosa levaram as impressões da América Latina para compor a pesquisa. Elas estiveram ao lado de outros dez especialistas que proporcionaram uma imersão em insights globais, o que ajudou o Centro de Estética da AkzoNobel na compreensão dos caminhos que seguem os consumidores e na criação de uma paleta que serve perfeitamente às necessidades deles.

Sobre a AkzoNobel

 A AkzoNobel é apaixonada por tinta. Somos especialistas e temos orgulho de produzir tintas e revestimentos, estabelecendo o padrão em cor e proteção desde 1792. Nosso portfólio de marcas de classe mundial – incluindo Coral, International, Sikkens e Interpon – conta com a confiança dos nossos clientes em todo o mundo. Com sede na Holanda, operamos em mais de 150 países e empregamos cerca de 35.000 pessoas talentosas que são apaixonadas em entregar produtos e serviços de alto desempenho aos nossos clientes.

Pesquisa e textos: Omar de Albuquerque  Fotos: Assessoria de Comunicação – Conteúdo à la carte

Brinquedos para crianças com deficiências

09 de Outubro de 2018 . Por Omar de Albuquerque

Para o mundo lúdico infantil, a designer alemã Renate Müller cria brinquedos feitos com tecidos, amos e um forte apelo de carinho e solidariedade, pois não se trata de simples brinquedos de ornamentos e sim peças especialmente criadas para crianças com deficiências motoras. Seus animais colorido vibrante, revestidos de juta e couro. Brinquedos, aliás, sempre fizeram parte de sua trajetória profissional, que já soma mais de 50 anos: ela começou cedo, ajudando na fábrica do avô, para depois cursar design nessa especialidade. As primeiras peças de sua série foram um pato, depois um rinoceronte e uma foca – foram expostas com grande sucesso na feira de Leipzig (Alemanha), no ano de 1967, e passaram a ser testadas por hospitais e clínicas psiquiátricas para exercícios sensoriais e treinamentos de equilíbrio e coordenação motora de crianças especiais. Sempre recebendo opiniões de médicos, professores de jardim de infância e até de seus filhos, essas piniões foram fundamentais para o aprimoramento de seus projetos. “É muito mais fácil deixar as crianças em frente da TV ou jogando com o celular. Os pais têm a obrigação de propiciar momentos de brincadeira para os filhos, nos quais eles possam se movimentar, usar o corpo, experimentar texturas, inventar histórias. Acho que hoje a infância ideal é aquela que combina de maneira equilibrada tecnologia com brinquedos que estimulam a imaginação. ” Afirma a designer.

FOTOS CORTESIA JOE KRAMM/R & COMPANY

 

Por Omar de Albuquerque 

Arquitetura para a 3ª Idade

08 de Outubro de 2018 . Por Omar de Albuquerque

Os cuidados da arquitetura e decoração para a vivência do cotidiano na terceira idade leva arquitetos e designers a pensar em uma casa segura, que não implica em deixá-la menos bonita. Pelo contrário! Com experiência no atendimento a clientes da terceira idade, esses profissionais selecionam o que é fundamental na hora de construir e decorar.

Projeto Carmem Avila. Foto: Rafael Renzo

No último dia 1 de outubro foi celebrado o Dia Internacional do Idoso – Com o aumento da expectativa de vida da população brasileira, é importante cuidar de pontos relacionados à saúde e bem-estar. Nesse contexto está incluída a necessidade de pensar e planejar uma casa adequada para a terceira idade. Um projeto de arquitetura e decoração para idosos deve seguir orientações específicas para que a segurança e beleza possam estar presentes em todos os ambientes. Um time de profissionais especializados, entre a arquiteta Carmem Avila, Cris Paola, Erika Mello e Renato Andrade, pontuam as providências que farão toda diferença na vida do morador idoso.

Paredes claras e ampla iluminação natural -  Projeto Carmem Avila. Foto: Rafael Renzo

O primeiro item é a Iluminação, pede Paredes claras e ampla iluminação natural. Problemas de visão são comuns nesta idade. Dessa forma, uma casa banhada de luz natural facilita a vida. Portas e janelas devem ser grandiosas para oferecer o máximo de luz dentro da residência. Na pintura das paredes, recomendo cores branca ou mesmo usar paleta de tons claros.

Projeto do escritório Andrade & Mello. Foto: Luís Gomes

Outra recomendação bastante válida está relacionada à instalação de pontos de luz nos corredores e locais de circulação intensa. Além do teto, a iluminação indireta, na altura do rodapé, ajuda o morador na locomoção noturna, quando acorda para beber uma água na cozinha, por exemplo. Esse cuidado evita quedas e batidas inesperadas.

Um dos itens mais importantes são os desníveis e escadas, no projeto é sempre prudente evitá-los – e outra indicação importante. Para as escadas, recomenda-se sua execução em piso antiderrapante e sempre acompanhadas por um corrimão firme instalado à altura de 90 cm.

Já as Portas. O ideal é que elas disponham de largura suficiente para a passagem do idoso com auxílio de andador, por exemplo. A recomendação é considerar um espaço de 90 cm e, caso não seja possível, que não seja inferior a 80 cm.

O uso de tapete costuma ser fator de quedas e acidentes em residências de moradores idosos. Mas isso não quer dizer que não deva usá-los. Em uma sala, o tapete deve estar embaixo do sofá com as pontas fixadas com fitas antiderrapantes.

Projeto Cris Paola. Foto: Hamilton Penna

Por Omar de Albuquerque 

Novo Lar Doce Lar de Marcelo Rosenbaum

03 de Outubro de 2018 . Por Omar de Albuquerque

O famoso designer de interiores Marcelo Rosenbaum, enche seu apartamento de verde e brasilidade. Ao abrir pela primeira vez as portas de seu novo apartamento em São Paulo, Marcelo Rosenbaum não se furta a refletir sobre seu propósito no planeta hoje. Mais que um refúgio, ele vê o lar como um laboratório aberto a experimentações. Do 11º andar de um histórico edifício às margens da praça, o designer observa pela janela o caos multiétnico e cultural do mundo (bem menos perplexo do que Caetano ao cruzar a Ipiranga com a São João, diga-se). Ele está em casa. Não para se refugiar da poesia concreta de suas esquinas ou da feia fumaça que sobe apagando as estrelas. O mundo? Marcelo quer sair e abraçá-lo. Praça da República, Centro de São Paulo, a pouco mais de 1 km de onde, quatro séculos e meio atrás, Manuel da Nóbrega, José de Anchieta e outros parcos jesuítas acharam de erguer uma cabana-colégio para catequizar grupos tupis que eles mesmos reuniram na região – estabelecendo, no processo, as bases do que viria a ser a maior cidade do país inventado pelos portugueses e descoberto por Marcelo Rosenbaum.

Fonte e fotos: Revista CASA VOGUE

Por Omar de Albuquerque 

Le Toiny - Hotel no Caribe

19 de Setembro de 2018 . Por Omar de Albuquerque

Prepare a roupa de banho e o bronzeador: a temporada de calor no Hemisfério Sul está chegando e St. Barth, a ilha francesa mais badalada do Caribe, volta a figurar na lista dos viajantes de plantão. Isso porque em outubro a Ilha reabre completamente recuperada após a passagem do furacão Irma no ano passado e com isso os charmosos hotéis locais também voltam a funcionar.


 

É o caso, por exemplo, do Le Toiny. Com bandeira Relais & Chateaux, o hotel inaugura 8 novas suítes que seguem a decoração chique e cool em tons e tecidos neutros, mas com detalhes que dão uma pitada especial de cor. Elas se somam as suítes já existentes, totalizando 22 opções incríveis de acomodação, todas com terraço e piscina privativa. E se você quer viajar em família, não se preocupe, no Le Toiny as crianças são muito bem-vindas.


 

Outro plus que vem dando o que falar é a reabertura do Beach Club com nova piscina e bar. Para um perfeito dia na praia, a dica é aproveitar o espaço com um bom drinque, curtir a piscina com vista e, de quebra, degustar pratos servidos no restaurante. Destaque para a seção especial do menu completamente dedicada aos alimentos grelhados, preparados na churrasqueira.


 

Por falar em restaurante, tem novo Chef na área! Jarad McCarroll assume a cozinha do Le Toiny trazendo uma gastronomia refinada elegante, traduzindo o conceito do hotel.  Seu currículo é extenso: McCarroll estudou na Suíça, ganhou uma competição internacional de culinária, trabalhou no Ritz em Londres e em dois restaurantes de estrelas Michelin, o Harwood Arms e o Kitchen W8. Os clientes podem esperar um menu sazonal, com ingredientes orgânicos e muito saborosos, incluindo o melhor brioche da ilha.

 

Por Omar de Albuquerque 

#design #hotelnocaribe  #luxo #decoraçãodeluxo #arquitetura #ilhanocaribe #100%design