Coprolalia

26 de Maio de 2018 . Por Totonho Laprovitera

Georges Gilles de la Tourette (1857-1904), epónimo do síndrome.

A coprolalia é um sintoma de uma doença chamada Síndrome de Tourette. 

Além da compulsão por falar obscenidades, a síndrome pode causar tiques nervosos, como piscar os olhos, lamber as mãos ou pegar nos genitais. 

A síndrome foi identificada pela primeira vez em 1885, quando o neurologista francês Gilles de la Tourette diagnosticou os sintomas em uma nobre dama parisiense. 

Agora, não é todo mundo que fala palavrão sofre dessa doença, não. Na maioria das vezes, trata-se apenas de falta de educação. 

(Imagem: Google)

Happy & Funny Day // Beach Park

16 de Maio de 2018 . Por Marília Queiroz e Nicole Pinheiro

Semana passada o F*hits team foi ao Beach Park, lugar perfeito para sair da rotina e recarregar as energias… Amo de paixão essa vibe! Todo mundo sabe o complexo incrível que é o Beach Park  Comporta resorts, spa, restaurantes da melhor qualidade e um super parque aquático com mais de 18 atrações – das radicais às moderadas, não é à toa que turistas o escolhem como principal destino, pois além se hospedarem com todo conforto, comem muitíssimo bem, se divertem e estão 100% conectados com a natureza local (a praia é espetacular). Acham que acabou por aí? Conheci um pouco mais a Sunwear e Love & Peace Rocks, marcas do Beach Park com perfil comfy and cool style. A Sunwear traduz a beleza da moda praia através de peças confeccionadas para o púbico feminino, masculino e infantil, já na Love & Peace Rocks você encontra roupas diferenciadas (de alta qualidade), acessórios, até comidinhas deliciosas!

1

5BC8C2C7-4E74-439B-BD02-685338B43484

C97D2A21-26CB-4B3A-BC95-55C4535170A6

1-675x588

beach-info-parque

beach-info-praia

cats

2

1

DC5C662F-2B5A-4967-8A9F-C293EFBD6F86

597FE4C0-92A0-4FA3-8B00-57E183D4FC38

// www.beachpark.com.br //

Beijos,

Nicole.

O post Happy & Funny Day // Beach Park apareceu primeiro em The Fashion Hall.

E já que não se fala de outra coisa salvo o casamento real, cá estou eu para dar minha palinha. Queiram saber que o único local, em todos os Estados Unidos, a vender os produtos do casal do ano fica aqui mesmo em Orlando. Precisamente no Pavilhão do Reino Unido – óbvio (risos) – dentro...

Read More

Gestão do mercado de luxo em Fortaleza

26 de Abril de 2018 . Por Omar de Albuquerque

A primeira edição do RioMar Trends traz Carlos Ferreirinha com a palestra “Novos Mercados, Novas Competências: como aprender com a Inteligência da Gestão de Luxo”. Será no Teatro RioMar Fortaleza, no dia 26 de abril, às 19h. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do local. A palestra faz parte do RioMar Trends, novo programa do shopping que promoverá palestras ao longo do ano, trazendo grandes nomes do cenário nacional para falar sobre diversos temas.

Com mais de 20 anos de atuação no mercado de luxo, moda, experiência como executivo sênior da Louis Vuitton na América Latina e fundador da MCF Consultoria – empresa que “traduz o luxo em gestão”, Ferreirinha é um dos principais formadores de opinião sobre o mercado do luxo conhecido nacional e internacionalmente, além de ser um renomado especialista do segmento no Brasil e na América Latina.

A palestra ministrada em Fortaleza por ele aborda as mudanças que o mercado vem sofrendo, seja com os novos comportamentos de consumo ou com a forma como as empresas estão se aproximando de seus clientes. “Também será discutida a Era da Transformação, onde o dinheiro muda de bolso, surgem novos costumes e hábitos de consumo. Essas mudanças criam novos mercados que demandam competências diferenciadas. Isso significa que devemos nos adaptar cada vez mais às tomadas de decisões de um público com padrões de exigência elevados. É preciso que as empresas busquem diferenciação através de uma ferramenta emocional cada vez mais considerada. A humanização e o toque humano voltaram a fazer diferença nesta nova era”, comenta Carlos Ferreirinha.

Sobre Carlos Ferreirinha
Graduado em administração de empresas, atua desde 1987 nas áreas de gestão de operações, desenvolvimento de negócios, marketing, vendas e comunicação. No Brasil, foi executivo de empresas como EDS (Electronic Data Systems) e Louis Vuitton, empresa pela qual também atuou em 12 países latino-americanos, sendo o primeiro executivo profissional de uma empresa de luxo na região. Até hoje é o mais jovem executivo que passou pelo grupo LVMH na posição de presidente, tendo assumido a posição de CEO da Louis Vuitton Brasil aos 30 anos.

Temas abordados na Palestra

NOVOS MERCADOS, NOVAS COMPETÊNCIAS: COMO APRENDER COM A INTELIGÊNCIA DA GESTÃO DO LUXO

 Objetivo do Programa
– Evolução do cenário do Luxo e Premium no Brasil e no mundo, com foco nas premissas e princípios básicos do segmento, seus serviços, códigos, símbolos, premissas e estrutura

  • Estabelecer uma cultura de valores diferenciada através da conscientização das mudanças dos hábitos de consumo e das ferramentas de gestão emocional
  • Promover o autoconhecimento e despertar a flexibilidade nos participantes para favorecer resultados de alto desempenho
  • Trabalhar valores e crenças emergentes para elevar a percepção imparcial das necessidades e oportunidades de relacionamento com clientes
  • Apresentar estratégias e técnicas emocionais de relacionamento e prestação de serviços

 

Principais pontos abordados

–        Consumidor de Luxo e Premium

–         Perfis comportamentais de clientes/ segmentação de Clientes

–          Entendendo os clientes a partir dos padrões de exigência dos consumidores de Luxo e Premium (tradicionais X novos afluentes)

–          Atributos da excelência, encantamento e obsessão por detalhes

–          Como se comunicar e se relacionar com consumidor com padrões de exigência elevado

–          Abordagem/serviços

–          Encantamento pela obsessão aos detalhes

–          A importância do storytelling

–          Refinamento do olhar (apresentação pessoal, detalhes, antecipação, sorriso com os olhos, entendimento ao cliente, transformação do não em SIM)

–          Como conquistar e manter clientes através das nossas atitudes

 

Serviço Palestra Carlos Ferreirinha

Data: 26 de abril

Local: Teatro RioMar Fortaleza – Piso L3 RioMar Fortaleza (R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Horário: às 19h

Telefone: (85) 3066-2000

 

POR Omar de Albuquerque 


Sérvulo Esmeraldo

02 de Janeiro de 2018 . Por Eduardo Oliveira

  Compor histórias em blocos de madeira não foi suficiente. Sérvulo Esmeraldo não era narrador, não lhe interessavam os causos feitos, as figurações fabulares. Suas obras continham um mundo próprio, esgotavam-se em sua realidade e se expandiam em vibrações matematicamente calculadas. A arte do garoto do Crato não cabia nos limites de seu território.

Mas foi esse território que lhe deu luz, sombras e movimento. Foi na Chapada do Araripe que reconheceu a importância da linha do horizonte. A linha. A luz. O Crato. Não à toa, foram esses os termos escolhidos para nomear sua “exposição dos sonhos”, marco zero das comemorações dos seus 88 anos, em setembro e outubro de 2016.

“Tudo começou no Crato”, costumava dizer, preparando o ouvinte para uma longa história. Uma história que saiu do Engenho Bebida Nova e passou por Fortaleza, São Paulo e Paris. Uma história de pinturas, gravuras, esculturas e joias. Da Terra da Luz à Cidade Luz, Sérvulo desafiou a física, desdenhou da gravidade e excitou audiências com a eletricidade estática de suas criações.

De criança, chamava de “astúcias” suas experiências, como conta em um esboço de autobiografia jamais finalizada. Alterava o curso das águas de um riacho, criando comportas e canais com varas de cerca. O grande casarão de janelas azuis, cercado pela natureza caririense, era o mundo de que dispunha.

Seduzido pelo efêmero, encontrou nos ciganos que fincaram acampamento na propriedade da família a representação do fugidio. Soube que outros mundos eram possíveis. Deles, aprendeu o gosto pelo cobre martelado, passando a produzir pequenas joias que estariam presentes em todas as fases de sua trajetória.

Descobriu Goeldi por acaso, em reportagem publicada em panfleto do Consulado Britânico sobre a gravura no hemisfério ocidental. Inspirado pelo mestre expressionista, decidiu virar xilógrafo. Chegou a ilustrar livrinhos de novenas antes de viajar a Fortaleza, onde travou contato com outros artistas e participou do VI Salão de Abril, em 1950.

Mas se suas vibrações não cabiam no Crato, tampouco se limitavam à Capital. Mudou-se para São Paulo, cidade em ebulição por conta da realização da I Bienal Internacional de Arte, em 1951. Fez grande amigos, estudou arquitetura e foi cronista de arte do Correio Paulistano até agarrar a oportunidade de ir para a Europa como bolsista do governo francês.

Quando por fim voltou ao Ceará, no fim dos anos 1970, já tinha trajetória estabelecida e obras espalhadas pelo Brasil - de São Paulo ao Acre - e em coleções particulares de todo o mundo. Em Fortaleza, virou símbolo de praças, avenidas, prédios públicos e universidades.

Sérvulo se despede mas continua. Como dizem, não é um adeus, mas um até logo. Vamos encontrá-lo outras tantas vezes, pelos lugares mais insuspeitos. Em nosso último encontro, em outubro do ano passado, me presenteou com um desenho. Na assinatura, escreveu “Esmeraldo. Tudo vivo” O artista dos ângulos exatos permanece tão firme quanto suas linhas.

A mágia do natal - The Winter Forest

11 de Dezembro de 2017 . Por Flávia Benevides

O inverno está aqui e nessa época de final de ano, Londres encanta com as famosas luzes de Natal e feirinhas como o Winter Wonderland, que é uma espécie de parque de diversões que toma conta do Hyde Park na época de natal.

Mas o que quero mesmo mostrar é que existem muitos cantinhos escondidos pela cidade que a gente vai descobrindo por acaso e se encantando. Como é o caso desse aqui: The Winter Forest.

Uma linda Floresta de pinheiros cobertos de neve no meio da cidade. Por lá, comidas, drinks, musica, cinema e até um papai noel.

 

 

 Impossivel não entrar no clima do natal nesse cantinho tão mágico, né?

 

Cheers,

Flavia

Dicas para inovar na decoração de Natal

12 de Dezembro de 2016 . Por Carol Belchior

Montar a árvore de Natal é uma das principais tradições que marcam a data. O clássico pinheiro verde decorado com luzes e bolinhas coloridas é o centro da decoração da casa nos preparativos para celebrar o período natalino e um dos seus principais símbolos. E como estamos cada dia mais pertinho do Natal, vamos trazer aqui no blog algumas dicas para você que vai montar sua árvore, mas tem pouco espaço ou quer inovar na decoração este ano.

Uma das primeiras alternativas que podemos pensar para fazer uma árvore de natal bem diferente é procurar aproveitar o que você já tem casa: jarrinhos de planta com galhos secos, livros e até mesmo as bolinhas que você usou na decoração do último natal. Com um pouquinho de criatividade,  todos esses itens podem se transformar em lindas árvores. 

Arvore de natal de livros

Você pode enfeitar com alguns adornos natalinos um jarro de plantas ou galhos e voilá! Uma árvore de Natal em estilo rústico. A idéia cai bem para uma casa de veraneio na serra ou na praia.

Árvore de natal feita com galhos

E por que não deixar que o espírito ecológico também prevaleça no Natal e preparar uma decoração sustentável para comemorar a data? Usar materiais recicláveis é uma ótima maneira de contribuir com o meio-ambiente sem abrir mão de uma árvore de natal linda e criativa. Você pode ainda envolver a criançada nesse processo e aproveitar para ensiná-los um pouquinho sobre sustentabilidade. Papéis, folhas de revistas e jornais, garrafas pet e outras embalagens podem ser a matéria-prima do tradicional pinheiro natalino.

Árvore de natal feita de papel

Para ambientes pequenos, otimizar os espaços é sempre uma boa opção. Uma ideia para isso é aproveitar os tradicionais pisca-piscas para criar o desenho da árvore na parede. Depois é só finalizar com uma estrelinha na ponta e você tem que uma boa árvore de natal precisa.

Árvore de natal de luzinhas

Independente do modelo, material e decoração que a árvore de natal receber o que realmente deve importar é o significado dela para você e sua família. Essa é uma tradição que fortalece os laços familiares nos proporcionando momentos e lembranças especiais. Nas próximas publicações falaremos mais sobre a decoração de natal, mostrando a árvore que algumas personalidades da nossa cidade escolheram para seus lares.

Fotos: Reprodução


Bolo de Laranja com Gengibre

11 de Fevereiro de 2016 . Por Mirella Freire

Ingredientes
 1 laranja inteira, sem casca e sem caroços
 3 ovos inteiros
 1 xícara de leite vegetal (usei leite de coco)
 1 xícara de coco ralado seco
 1/2 xícara de farinha de arroz (ou qualquer farinha saudável)
 1/2 xícara de farinha de amêndoas (basta triturar amêndoas no liquidificador)
 1 colher de sobremesa de fermento em pó
 1 colher de chá de gengibre fresco ralado
 3/4 xícara de adoçante culinário (ou açúcar de coco, mascavo, demerara)

Modo de Preparo
No liquidificador bater a laranja, os ovos e o leite até que vire uma mistura homogênea.
Em recipiente a parte, juntar as farinhas, o adoçante e o fermento. Misturar.
Posteriormente juntar as 2 misturas e mexer bem. Colocar o gengibre ralado.
Untar uma forma média com óleo de coco, colocar a massa e levar ao forno médio (180º), pré aquecido, até dourar.
Incrível, essa mistura fica diferente e sensacional!

Bráz Fora de Série ? Do Brás ao Brooklyn

05 de Outubro de 2015 . Por Patrícia Mattos

Na sexta feira fui conhecer o novo Festival que a Pizzaria Bráz acaba de lançar chamado Bráz Fora de Série ? Do Brás ao Brooklyn! Desta vez, o Grupo trouxe diretamente do Brooklyn, em Nova York, o parceiro perfeito para suas experimentações. A … Continue reading

Clique aqui e leia o post completo.