Em novembro de 2015, o rompimento da Barragem de Mariana causou o maior impacto ambiental da história do Brasil, e o maior do mundo envolvendo barragens de rejeitos. Com o intuito de retratam as memórias humanas de Minas Gerais, o fotógrafo baiano Christian Cravo trás para a CAIXA Cultural Fortaleza a exposição “Mariana”, dia 28 de agosto.

Baseada no livro de mesmo nome, a exposição traz 28 fotografias impressas em fine art, fruto do registro realizado durante três dias nos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. A mostra ficará aberta para visitação gratuita até o dia 13 de outubro, no número 287 da Avenida Pessoa Anta.

Christian Cravo, que já soma 28 anos de carreira, é atualmente um dos nomes mais respeitados da fotografia nacional. Segundo ele, a exposição exibe “objetos que pararam naquele instante em que a lama chegou. O momento eterno que representa o fim daquela sociedade”, afirma.