O Museu Coleção Berardo, de Lisboa, recebe a exposição “Modernismo Brasileiro na Coleção da Fundação Edson Queiroz”. A mostra reúne 76 obras do acervo da instituição, apresentando os mais expressivos trabalhos criados por artistas brasileiros entre as décadas de 1920 e 1960. 

A presidente da Fundação Edson Queiroz, Lenise Queiroz Rocha, nos adianta que a exposição faz parte da itinerância iniciada em 2015 e conta com curadoria de Regina Teixeira de Barros e projeto expográfico de Daniela Alcântara. 

Um dos destaques da exposição será Duas Amigas, de Lasar Segall, pintura referencial da fase expressionista do artista. A mostra contará também com obras de Anita Malfatti, Antônio Gomide, Cícero Dias, Di Cavalcanti, Cândido Portinari, dentre outros.

“O recorte escolhido pela curadora possibilita também fazer as mais diversas associações entre a trajetória de nossos artistas e o contexto histórico e artístico internacional. Essas foram décadas marcadas por profundas mudanças políticas, econômicas, sociais e culturais em todo mundo", destaca o vice-reitor de extensão da Unifor, Randal Pompeu.

O coquetel de abertura da exposição será dia 26 de outubro às 19h no Museu Coleção Berardo em Lisboa. A mostra pode ser visitada até o dia 4 de fevereiro de 2018. Endereço? Praça do Império, 1449-003. 

Randal Pompeu e Lenise Queiroz Rocha

Foto: Balada In