No próximo dia 21 de março, passada as festividades do Carnaval, Fortaleza vai parar com mais um grante evento: a Festa da Industria, tradicionalmente promovida pela FIEC em comemoração ao Dia da Indústria, quando são homenageadas com a Medalha do Mérito Industrial personalidades que transformam a Indústria cearense.

Este ano, quem recebe a honraria é a presidente do Sindicato das Indústrias de Frio e Pesca no Estado do Ceará, Elisa Gradvohl, o chanceler da Universidade de Fortaleza, Edson Queiroz Neto, e o secretário chefe de Gabinete do governador Camilo Santana, Élcio Batista. A festa conduzida por Beto Studart, que deveria ter acontecido em dezembro do ano passado, será realizada, mais uma vez, no buffet comandado por Auridéia Gualberto, 

Falando no presidente da FIEC, o empresário se manifestou agora a pouco em relação a morte do jornalista Ricardo Boeachat, prestando solidariedade aos familiares. “A morte do jornalista Ricardo Boechat deixa um vazio e um vácuo muito grande no aspecto qualitativo do jornalismo brasileiro. Homem neutro, “fazedor” de notícia séria, acompanhador do problema e das soluções brasileiras foi embora. Partiu de forma inesperada nos deixando órfãos, de certa forma, dessas notícias extremamente positivas, sinceras e verdadeiras, coisa que o jornalismo brasileiro tem uma deficiência. Era isso que o Boechat nos supria diariamente com seus comentários bem estudados, espontâneos e alegres sobre tudo. Sempre estava com alegria fazendo comentários de forma interessante que satisfazia todas as nossas curiosidades. Perdemos, nós brasileiros, um grande homem e um grande jornalista”, disse Beto Studart.

Élcio Batista e Beto Studart

Foto: Balada In

O primeiro livro de Marília Fiuza, que seria lançado pelo Instituto Brasileiro de Executivos e Finanças do Ceará nesta quinta-feira (21), no auditório da Livraria Cultura, foi cancelado devido a morte de um grande amigo da executive coach, Gilson Gomes Filho. A publicação é uma coletânea de artigos publicados durante três anos no Jornal Diário do Nordeste, período em que ela foi colunista.

O Ibef ainda não remarcou a nova data do lançamento, mas Marília irá realizar uma sessão de autógrafos na Livraria Leitura do RioMar Fortaleza, no dia 21 de março.  Servindo como processo de autoconhecimento, a escrita sempre esteve presente na vida da autora que agora tem o objetivo de fazer suas palavras chegarem mais longe. “Fico na expectativa de ser como uma semente jogada em terra fértil”, comenta ela.

Marília Fiuza

Foto: Balada In

O primeiro livro de Marília Fiuza, que teve sua data de lançamento adiada, será finamente apresentado ao público nesta quinta-feira (21) na Livraria Leitura do shopping RioMar Fortaleza. “Viver Melhor: Reflexões para o crescimento pessoal e profissional” é uma coletânea de artigos publicados durante três anos no Jornal Diário do Nordeste, período em que a executive coach foi colunista.

“Organizei todos os meus artigos e categorizei em três grupos de reflexões: autoconhecimento, espiritualidade e desenvolvimento profissional. O livro é repleto de provocações que estimulam a tomada de decisões, novos pensamentos e ações, explica Marília Fiuza. Segundo ela, a obra está longe de ser um guia com dicas de sucesso ou receitas da felicidade, “são os meus pensamentos compartilhados e embasados também em outras opiniões, com citações de dados científicos e pesquisas para fundamentar o meu ponto de vista”, completa.

No dia do lançamento, que acontece às 19h, avaria uma sessão de autógrafos e coquetel. Logo depois, Marília dará uma palestra com o tema “Viver Melhor” aos queridos amigos, convidados e o público em geral que marcar presença por lá. Fica a dica!

Marília Fiuza

Foto: Balada In

É fã da boa gastronomia francesa? Pois saiba que o Hotel Gran Marquise será palco da celebração mundial da culinária da França nos provimos dias 21 e 22 de março. É que o Goût de France entra no seu quinto ano com homenagens aos aromas e a cozinha mediterrânea francesa da região de Provence. Organizado por uma iniciativa do Ministério da Europa e dos Negócios estrangeiros da França, a ação pretende reunir receitas de aproximadamente 5 mil Chefs nos países participantes, para difundir a cozinha do País que é patrimônio imaterial da Unesco.  

No Brasil, o objetivo é de reunir mais de 100 restaurantes inscritos e, no Ceará, o parisiense e gerente geral do Hotel Gran Marquise, Philippe Godefroit, será o anfitrião do evento. “É uma honra conduzir a festa da gastronomia francesa no nosso Estado. A edição deste ano nos traz o desafio de promover gastronomia sustentável com a rica cozinha mediterrânea da região aromática de Provence”, comenta.

O tema da edição 2019 será sobre “Desenvolvimento sustentável através da gastronomia e um engajamento dos chefs com a preservação do planeta”. Após o Acordo de Paris sobre o Clima, a França deve estar na vanguarda da mobilização mundial pelo meio ambiente. Desta forma, o “Goût de/Good France” apoia a Fundação “No More Plastic”, engajada com a proteção dos oceanos e a redução dos materiais plásticos. Detalhe: 5% dos lucros das refeições servidas durante o evento serão revertidos à fundação.

Philippe Godefroit

Foto: Balada In

É fá da boa gastronomia francesa? Pois saiba que o Hotel Gran Marquise será palco para a celebração mundial da culinária da franca nos provimos dias 21 e 22 de março. É que o Goût de France entra no seu quinto ano com homenagens aos aromas e a cozinha mediterrânea francesa da região de Provence. Organizado por uma iniciativa do Ministério da Europa e dos Negócios estrangeiros da França, a ação pretende reunir receitas de aproximadamente 5 mil Chefs nos países participantes, para difundir a cozinha do País que é patrimônio imaterial da Unesco.  

 

No Brasil, o objetivo é de reunir mais de 100 restaurantes inscritos e, no Ceará, o parisiense e gerente geral do Hotel Gran Marquise, Philippe Godefroit, é o anfitrião do evento. “É uma honra conduzir a festa da gastronomia francesa no nosso Estado. A edição deste ano nos traz o desafio de promover gastronomia sustentável com a rica cozinha mediterrânea da região aromática de Provence”, comenta.

 

O tema da edição 2019 será sobre “Desenvolvimento sustentável através da gastronomia e um engajamento dos chefs com a preservação do planeta”. Após o Acordo de Paris sobre o Clima, a França deve estar na vanguarda da mobilização mundial pelo meio ambiente. Desta forma, o “Goût de/Good France” apoia a Fundação “No More Plastic”, engajada com a proteção dos oceanos e a redução dos materiais plásticos. Detalhe: 5% dos lucros das refeições servidas durante o evento serão revertidos à fundação.

Depois de percorrer algumas cidades do Brasil e a Europa, a exposição “Arte Moderna na Coleção Fundação Edson Queiroz” chega à Fortaleza reunindo algumas das mais expressivas obras de arte moderna criadas por artistas brasileiros ou radicados no Brasil das décadas de 1920 a 1960.

Com curadoria de Regina Teixeira de Barros, a mostra chega ao Espaço Cultural Unifor com 77 obras que vão deste as imagens sacras do período colonial à arte contemporânea. A coleção percorre cerca de quatrocentos anos de produção artística, tendo início com peças dos chamados "anos heroicos" (1920) do Modernismo brasileiro.

O lançamento acontece nesta quinta-feira (21), às 19h, dentro da programação da Semana de Arte da Universidade de Fortaleza. Por falar nisso, ontem (20) o auditório da biblioteca foi palco do lançamento do Catálogo da Coleção Fundação Edson Queiroz, dando start ao evento na Unifor.

A publicação reúne, em dois volumes, cerca de 870 obras de importantes artistas nacionais e internacionais, abrangendo cinco séculos da história da arte. Na ocasião, o historiador e curador Pedro Côrrea Lago realizou a palestra "Uma Coleção Excepcional", evidênciando os destaques da publicação.

Unifor

Foto: Reprodução